Poemas : 

POEMA A LUA

 
<br />Mercêdes Pordeus

Lua que testemunhas tantas alegrias e tristezas
Tantos sonhos realizados, outros desfeitos
Lua, que estás tão longe e ao mesmo tempo tão perto de nós
Que nos causa tantas felicidades e seus efeitos.

Lua, criação que nos foi oferecida pelo Senhor
Para nos acompanhar, e ao nosso lado caminhar
Bastando para ti olhar, à tua magnitude nos atermos
Para concluir, quão tamanha tua grandeza.

Lua, belas inspirações nos ensejas
És poema aos namorados que ao te olharem versejam
Lua, que estás aí pertinho de DEUS
Diz-me, onde estão os meus que partiram?

Que foram para tão longe de mim, transcederam
Será, oh! linda lua que deles também és testemunha?
No infinito onde te encontras, onde Deus te colocou
Sabiamente, esse mistério só pertence a Ele, e quem sabe a ti!

Soberana Lua...
A realidade perceptível é só uma : musa inspiradora
Continuas a ser a mais bela dos enamorados
E daqueles que com sabedoria a ti direcionam os olhares.

19/10/2004

Publicado em:
- 1ª Antologia Literária do Grupo Ecos da Poesia “O FUTURO FEITO PRESENTE, (2005), ISBN 85-9051170-1-2


Mercedes Pordeus

 
Autor
MERCEDES PORDEUS
 
Texto
Data
Leituras
23426
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 20/02/2008 03:21  Atualizado: 20/02/2008 03:22
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14931
 Re: POEMA A LUA p/ MERCEDES PORDEUS
Querida poetisa

Encanto e beleza em teus
versos escritos com destreza
já muitas vezes fiz esta pergunta

"Lua, belas inspirações nos ensejas
És poema aos namorados que ao te olharem versejam
Lua, que estás aí pertinho de DEUS
Diz-me, onde estão os meus que partiram?"
Parabéns

Beijo no coração