https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

Quatro Carrosséis

 
Tags:  Estações    sinestesia    carrosséis.  
 
Quatro Carrosséis
 


*.* Quatro Carrosséis *.*

Da paixão, dizeres de um simples tilintar.
Do pensamento, a neblina nebulosa irradia.
Dessa forma, congela-se todo o pensar,
deslocado na neve aos olhos da noite fria.


Do amor, o declínio da tristeza em folhas,
De senti-las caídas por cada ensejo.
Dessa forma, instiladas, uma... Caem todas,
decifradas em códigos ao impacto de um beijo.

Dos lábios, as palavras que deflagram.
Do olhar, o incandescente grito esvai perverso.
Dessa forma, adusto às sombras que vagam,
demonstrando o escaldar na saudade de um amplexo.


Do advento, infindos pensares de flores.
Do devaneio, a beleza tácita em idolatria.
Dessa forma, presunçosos aos trêmulos primores,
descartadas em procedência como lindas fantasias.

Dos instantes, passado taciturno não espero.
Dos alvitres, fractalmente à sua divindade.
Dessa forma, no tilintar da incandescência te venero,
deplorando um decair de flores transformadas em saudade.


oORegougar de Um Pensamento.
 
Autor
oORegougar))
 
Texto
Data
Leituras
762
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.