Poemas : 

Exercício Poético (Da Vontade de ser Criança)

 
Num abraço do tamanho do teu mundo
Entre músicas d'água a correr na fonte
A cor dos teus olhos, num simples beijo.
O vento frenético que te traz em desejo
Sossega agora suave na árvore do monte
Adormecendo contigo num sono profundo

As histórias de outrora contadas ao leito
Desfiam a noite num fino trago de alegria
Entre os sorrisos de mão dada pelos pais
O breve sonho são palavras intemporais
Um carinho com leves toques de magia
A memória dos primeiros passos sem jeito

O acordar nas frias manhãs de inverno
Trocado em cores de arco-íris é quente
Sabe a pássaros que cantam esvoaçando
Entre as copas das árvores namorando
Quando vadios gritam de forma eloquente
Que o prazer de ser livre é sempre eterno


A Poesia é o Bálsamo Harmonioso da Alma

 
Autor
Alemtagus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
96
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.