https://www.poetris.com/
Sonetos : 

PASSOS FALHOS

 
PASSOS FALHOS

Preciso acalantar meu coração aflito
porque não posso mais esparramar frangalhos,
mas como descobrir para um alívio atalhos
se em minha frente cai esse negror maldito?

Completamente tonto, angústias regurgito
entregue ao estupor, sentindo os passos falhos.
Morrendo, a transvazar pelos imensos talhos
temores infernais dentro de mim visito.

Severa prostração se nutre dos lamentos
crescendo a cada vez que as insistentes dores
espalha minha voz nesta vereda escura.

Apático refém desses castigos lentos
percebo o quanto têm os sonhos seus humores
imerso em solidão, sempre mordaz tortura...


Jerson Brito

 
Autor
jersonbrito
 
Texto
Data
Leituras
126
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/10/2017 13:29  Atualizado: 24/10/2017 13:29
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29219
 Re: PASSOS FALHOS
O amor é belo, mas muitas vezes sua essência nos castigam,nos proporcionado aquele insana dor.

martisns