https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 »
Offline
jersonbrito
CARROSSÉIS
CARROSSÉIS Passeiam nas alturas desvarios tocando a maciez de nuvens claras. A libertar as desin...
Enviado por jersonbrito
em 13/03/2018 22:17:32
Offline
jersonbrito
SONHOS PÁSSAROS
SONHOS PÁSSAROS Riscando a imensidão da ventania soprada por sorrisos envolventes lá vão meus so...
Enviado por jersonbrito
em 13/03/2018 22:16:52
Offline
jersonbrito
A DANÇA
A DANÇA Dos úmidos lençóis largados sobre a cama eflui suave olor que deixa entontecidos os noss...
Enviado por jersonbrito
em 18/01/2018 00:26:58
Offline
jersonbrito
TROVA 003
Cai a rude tempestade sobre o coração veleiro; são rajadas de saudade assombrando o timoneiro...
Enviado por jersonbrito
em 18/01/2018 00:25:22
Offline
jersonbrito
TROVA 002
Teu beijo, de mel um jorro, faz de mim barco sem leme e quanto mais te percorro mais de ardor o p...
Enviado por jersonbrito
em 18/12/2017 19:00:58
Offline
jersonbrito
LIBERTOS
LIBERTOS Encontram-se num beijo os desvarios fazendo os corações esfuziados baterem sem compasso...
Enviado por jersonbrito
em 18/12/2017 18:58:34
Offline
jersonbrito
ASSIMETRIAS
ASSIMETRIAS O coração é solo onde germina apenas a semente nele posta, dessarte da colheita não ...
Enviado por jersonbrito
em 02/12/2017 00:08:47
Offline
jersonbrito
LÁBIOS CAMINHEIROS
LÁBIOS CAMINHEIROS Na tua pele solto a fera audaz tocando devagar a maciez de um corpo que trans...
Enviado por jersonbrito
em 02/12/2017 00:08:04
Offline
jersonbrito
NOTÍVAGO
NOTÍVAGO Saiu pelas vielas da saudade desnorteado feito um cão sem dono, pungia a solidão, não t...
Enviado por jersonbrito
em 30/10/2017 22:56:16
Offline
jersonbrito
TROVA 001
Quando as esperanças mortas já não têm lugar no peito, nos olhos rompem comportas, a face tornand...
Enviado por jersonbrito
em 26/10/2017 23:31:37
Offline
jersonbrito
PEREGRINO
PEREGRINO Do meu sorriso o trágico destino assombra quando a noite vem, trevosa, falar-me da alg...
Enviado por jersonbrito
em 20/10/2017 16:24:50
Offline
jersonbrito
NAS ALTURAS
NAS ALTURAS Indóceis, sequiosas criaturas, nas asas de adoráveis brincadeiras, aos beijos, derru...
Enviado por jersonbrito
em 20/10/2017 16:24:03
Offline
jersonbrito
PASSOS FALHOS
PASSOS FALHOS Preciso acalantar meu coração aflito porque não posso mais esparramar frangalhos, ...
Enviado por jersonbrito
em 18/10/2017 21:13:05
Offline
jersonbrito
O VELHO CASTIÇAL
O VELHO CASTIÇAL Na gelidez da noite aterradora, parda histórias de um amor que eterno parecia, ...
Enviado por jersonbrito
em 17/10/2017 17:43:40
Offline
jersonbrito
ALARDES
ALARDES Teus lábios purpúreos nos meus imagino colados, famintos, ardendo em fogueira enquanto d...
Enviado por jersonbrito
em 13/10/2017 20:46:50
Offline
jersonbrito
FESTINS
FESTINS A parca luz presente nos jardins permite que perceba seus livores: hortênsias, margarida...
Enviado por jersonbrito
em 11/10/2017 15:49:16
Offline
jersonbrito
CATACLISMOS
CATACLISMOS Infestam-me as narinas com miasmas carcaças, de ilusões restos daninhos. Estão atorm...
Enviado por jersonbrito
em 11/10/2017 15:48:11
Offline
jersonbrito
CONSPIRAÇÕES
CONSPIRAÇÕES Trancado no conforto de conceitos, alheio a rigorosas tempestades, cultua as impolu...
Enviado por jersonbrito
em 09/10/2017 17:15:53
Offline
jersonbrito
RIOS DE FOGO
RIOS DE FOGO Faceiros, partilhamos balbucios buscando sintonia e completude. Os pensamentos lépi...
Enviado por jersonbrito
em 09/10/2017 17:05:52
Offline
jersonbrito
CACHOEIRAS
CACHOEIRAS Alucinado, em ti derramo sonhos. Da tua pele o gosto deixa ardendo a minha boca de pr...
Enviado por jersonbrito
em 09/10/2017 17:04:02
(1) 2 3 »