https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

A minha azeitona preta

 
A minha azeitona preta
 

A minha azeitona preta

Azeitona madurinha
Nos ramos fazendo enfeite
Vais deixar de ser pretinha
No lagar feita em azeite

Mas na rama a baloiçar
Não te tornes descuidada
Porque podes ir findar
No bico da passarada.

Resistes ao Inverno frio
E ao rigor dos temporais,
Não queiras perder o pio,
Escorraça esses pardais.

Dentro em breve o lavrador
Te prenderá em seus braços
E vais seguir com fervor
O caminho dos seus passos.

No lagar vais ser moída
Com a arte portuguesa,
Transformada em bebida
Para o bem da nossa mesa.

Vais sofrer outra faceta
Nesta tua caminhada
Deixarás de ser preta
Para vires a ser dourada.

Num trabalho complexo
Feito em ti com deleite
Mudas de nome e de sexo
E passarás a ser azeite.

Rama Lyon

 
Autor
RAMA.LYON
Autor
 
Texto
Data
Leituras
668
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
9
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/10/2017 11:37  Atualizado: 30/10/2017 11:37
 Re: A minha azeitona preta
*****
Deu água na boca em lembrar dos pratos azeitados

Holmes


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 30/10/2017 15:38  Atualizado: 30/10/2017 15:38
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: A minha azeitona preta P/RAMA.LYON
Achei uns versos muito engraçados e o tema muito saboroso, parabéns! Vólena
Coitada da azeitona
assim tão sacrificada...
mas como desliza bem
depois de tão mastigada.



Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/11/2017 21:59  Atualizado: 13/11/2017 21:59
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: A minha azeitona preta
Azeitona, na mesa, na cozinha, aos os pratos da outro sabores, detona. Belo poema, criativo


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 15/11/2017 11:35  Atualizado: 15/11/2017 11:35
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1336
 Re: A minha azeitona preta
Saboroso, poema! Gostei imenso caro Rama, sem dizer que adoro azeitonas!
Abraço carinhoso