https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

Só Espero

 
Tags:  vida    reflexão    rimas    futuro    social  
 
Só Espero
 
Que no próximo ano eu ame
Que eu crie amizades, que eu não mais me engane
Quero paz, quero felicidade, liberdade, eu quero muito mais
Eu quero ser capaz de tomar decisões reais
A dor irá se apresentar, eu sei
Só quero viver bem, quem sabe com alguém
Fui enganado, ludibriado, e meu coração foi despedaço
Por isso eu desejo, eu espero,
Que neste novo ano meu espírito seja revigorado.

Eu quero dançar, quero beijar, quero me expressar
Me sentir livre, compartilhar os sentimentos que em mim existe
Escrever mais um livro, escrever sobre harmonias e declines
Talvez eu crie um outro vínculo, que me tire deste vício
Há cadernos aqui no armário totalmente preenchidos,
Recheados de lágrimas e textos líricos.

Não quero continuar preso aqui, cativo, inativo, sem brilho
Deus, me dê um amigo, me sinto meio sozinho
Assim como os pássaros, que fogem do frio,
Eu espero ser capaz de evitar o exílio
Contato humano talvez é o que preciso
Espero que as depressões sejam reduzidas e amenizadas,
Pois elas prejudicam minha jornada
O meu coração está recluso, evitando sair do escuro
Preciso me libertar deste espaço minúsculo
Viver mais, tenho medo de, quando estiver velho, olhar para trás,
E ver que não sorri o suficiente para conquistar minha paz.

Viver como um sonhador amador
Saúde a todos, sentir saudades de poucos
Eu me magoei tanto nos últimos anos,
Que se tornou difícil acreditar que vá melhorar
Os planos que não foram concluídos deixam a desejar,
Mas ainda tenho esperança de um novo dia,
Um dia que eu sorria mais que a Monalisa.

Promessas já estarão prontas ao final de janeiro
Talvez não tenho o direito de pedir,
Mas é que preciso de motivos para prosseguir
Se não, não sei o que será de mim
Preciso acreditar que a situação vai mudar
Sou um ser humano iludido, fácil de enganar.

Assim como foi no ano passado,
Hoje escrevo o que espero
Talvez eu festeje em meu aniversário,
Ou que eu simplesmente sorria, com alguém ao meu lado
Mas é pouco provável, acredito que eu posso estar enganado,
Mistérios permanecem no aguardo
Porém, sei que este ano me trará felicidade,
Talvez não muita, mas só o necessário para alegrar minha humanidade,
Pois as vezes, o peso da vida chega a ser um fardo,
As vezes só quero que o tormento seja desligado
Estou esperançoso com este ano, estou inutilmente empolgado,
Para correr o risco de ser enganado e maltratado,
Mas também para sorrir com as pessoas, e eventos do acaso.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
225
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.