https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Na Boca da Poesia

 
Tags:  poemas    palavras    sonetos    poesias    a.j. cardiais  
 
Na Boca da Poesia
 
Não ponho palavra
na boca da poesia,
pois sei que é ousadia
e posso deixa-la brava.

Também não puxo a trava,
para rebuscar a linguagem,
porque é uma sacanagem
fazer uma poesia escrava.

Se sou adepto da liberdade,
procuro fazê-la à vontade,
ao meu bel prazer...

Poetar como um dever,
é muita responsabilidade
para quem quer espairecer.

A.J. Cardiais
31.07.2018
imagem: google


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

 
Autor
AJ_Cardiais
 
Texto
Data
Leituras
236
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.