https://www.poetris.com/
Spina : 

SOLIDÃO

 
SPINA ( Nova Forma Poética )

SOLIDÃO

Sozinho agora fiquei
Sem teu amor.
Chega a saudade!

Coração chora pelos teus carinhos,
Todo teu jeitinho de afagar.
A distância é uma maldade.
Tempo ingrato a nos separar!
Solidão, amargor, agora me invade.

Dueto:
Poeta Jüĺíô Ântôniõ Jüly ( África do Sul/Luanda )
Poetisa Vera Salviano ( Brasileira/ Raul Soares/MG )


Vera Salviano

 
Autor
verasalviano
 
Texto
Data
Leituras
190
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.