https://www.poetris.com/
Poemas : 

esperas

 
o teorema de pitot
nada diz sobre as linhas fechadas
quatro
a quatro neste quarto

é contra o vácuo
que me descrevo em círculo do
solo
ao céu

a ave deste templo fixa num
ponto
o futuro em
ponto
de fuga

a pele sobre o leito
espera
rio em atalaia
coberta
da tua expiração
atrás da noite

 
Autor
benjamin
Autor
 
Texto
Data
Leituras
143
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/10/2021 21:38  Atualizado: 10/10/2021 21:38
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17347
 Re: esperas
Poeta
Penso que seja um poema "saliente".
Trigonometria nada me diz (não há um triângulo, uma terceira parte ou lado),há linhas fechadas 4 a 4 neste quarto, o que defini como um casal lutando jiu jitsu amoroso! As esperas se referem à duração e ao início e final de cada combate! Rsrs
Desculpe se divaguei!
Apreciei a leitura!
Abraço!
Janna