https://www.poetris.com/
Prosas Poéticas : 

ME LIBERTA Ó FACEBOOK

 

Neste inicio de semana,
Estive aqui no facebook,
E mais pareço um maluco,
Do que um navegador,
Foi o diabo quem inventou,
Este presídio recluso,
Onde o cabra senta e fica,
E nada mas se qualifica,
Para tomar o seu tempo,
Aqui ele almoça e janta,
Alguns dormem com uma manta,
Largada em suas costas,
Porque não consegue ir,
Pra cama que tanto gosta.
Mas eu é quem mando em mim,
Me retiro e por fim,
Volto depois do descanso,
É sempre melhor assim.

Enviado por Miguel Jacó em 25/11/2021
Código do texto: T7393854
Classificação de conteúdo: seguro
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
176
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 26/11/2021 15:43  Atualizado: 26/11/2021 15:43
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6868
 Re: ME LIBERTA Ó FACEBOOK
Ahahah é por isso que quase lá não vou... Além dos problemas de coluna e tendinite que não permite que eu fique horas preciosas por lá.

Boa tarde! 🙌👏✋