https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

Faz de conta

 
Transforme água em vinho
A tristeza em alegria
E deixe voar os seus sonhos
Procure a sua liberdade
Descubra onde ela está.

Tudo é tão normal
Até mesmo o olhar mais profundo
Que dirige a mim
Na esperança de ver um sorriso
Onde não existe nenhum.

Faz de conta que é real
Que ainda sente emoção
Quando tudo está um caos
Na mente insana de pensar
Que o amanhã poderia ser diferente.

Não olhe mais dessa forma
Por que deixaria que descobrissem?
Os seus pés estão sobre areia movediça
Perceba a agitação da multidão
Quando olham a sua ruína.

Nem se preocupe em falar
Ninguém quer ouvir sua voz
Porque andam correndo de um lado a outro
Só desejam ver um final triste
Para que possam sorrir.

Erga suas mãos ao céu
O azul agora é tão real
Que não existe nenhuma nuvem
No deserto que está os seus pés
O sol nem consegue crepitar.

Agora pode abrir os olhos
Pode enxergar a sua volta
Não vês nada do que imaginou
Então esqueça tudo isso
Faz de conta que era apenas um sonho.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
117
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 30/06/2022 17:07  Atualizado: 30/06/2022 17:07
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade:
Mensagens: 2270
 Re: Faz de conta
.


Fiquei intrigada com seu poema, fiquei por muito tempo pensando em não escrever, mas eu não preciso hoje que a água se transforme em vinho, depois deste seu poema não penso que planejar o futuro seja ruim, peço a Deus inspiração para pintar sempre um lindo quadro para o meu futuro, o sorriso é sempre bom de admirar.
Eu concordo com você olhando para toda essa situação e se eu dissesse tudo o que penso algumas cabeças fracas desejariam morrer.
Eu acho que devemos pensar somente no pão que necessitamos hoje, às pessoas se distraem e agem como loucas, podemos ajudar mais não impedir que ande por caminhos tortuosos, que Deus nos ajude.

Abraços!