https://www.poetris.com/
Poemas -> Religião : 

Jesus Cristo

 
Tags:  Jesus  
 
Open in new window


imagem google

Que tudo comece,
mas que comece,
de algum jeito,
pequenino.

sem grandeza,
de uma sementinha,
que se nutra como a vinha
dá nobre natureza!

Sangue que derramou em teu corpo
Rei dos espinhos não dos diamantes.
Lembro-te em cada atmos de dor
És sem dúvida a razão do Amor!

Tão grande é o teu nome,
Que ninguém se sente só
Tão grande é o teu nome,
Jesus Cristo!

Ana Carina Osório Relvas/acor



A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor
🔹 https://acor13.blogspot.com/
🔹 Fotos acor - https://www.instagram.com/anacorelvas/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
124
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/11/2022 22:53  Atualizado: 22/11/2022 22:53
 Re: Jesus Cristo
vou navegar, posso! para começar devo dizer que me faz muita confusão ver um homem com uma coroa de espinhos. um mártir. depois se tudo começasse por ser grande talvez.. não houvesse mártires. os mártires da pátria. enfim. nós devíamos era ser reis dos diamantes e não da pouca vergonha. o sofrimento é uma pouca vergonha. nós não devíamos ter nascido para sofrer. sois sádicos ou quê! caralho, matastes jesus e agora que ele morreu dizeis que ele é grande! pois, estais completamente fodidos da cabeça. o verbo está mal. está no presente quando devia estar no passado. foi grande. e quando o foi vós, nós, humanos, matámo-lo. mais, absolvemos os ladrões e condenamos à morte o homem. aprendei a pensar correto senão um dia destes matais o mundo.
uma boa noite
ah... ninguém se sente só com o espetro do morto na cabeça! foda-se... mais vale só que sozinho!