Poemas : 

Água e silêncio

 


Sem significado. Uma folha de papel branca

ou cinzenta

uma sombra

e um labirinto de traços vazios. Como o poema.

Como este poema. Vazio.


Tudo trémulo. As mãos. Os olhos. A voz.

A água a atravessar o silêncio.


Depois da vidraça

a rua antiga é uma

memória cheia. Luz.


E o poema

vazio.


Disse-te sim filha vai

e sê feliz.


E tu foste.




 
Autor
maria.ana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
391
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
6
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sergius Dizioli
Publicado: 26/05/2023 12:05  Atualizado: 26/05/2023 12:05
Administrador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 2221
 Re: Água e silêncio
Por certo o conceito de plenitude carece de revisão. Uma única linha numa folha pode dizer mais que um volumoso compêndio. Dizia meu mestre: O segredo mais precioso de toda existência humana pode ser revelado, mas se quem lhe toma ciência não tiver as chaves, isso nada significará.

Disse-te sim filha vai
e sê feliz.
E tu foste.


Ai está. (Eis!). Nem sempre a chave está ao alcance de todos.

Saudações.


Enviado por Tópico
laivo´´de..asa
Publicado: 26/05/2023 21:03  Atualizado: 26/05/2023 21:03
Participativo
Usuário desde: 07/06/2015
Localidade:
Mensagens: 48
 Re: Água e silêncio/ para a maria.ana
Um poema

Lindo

O teu

Uma espécie
De largar de folhas
Num
Adejo
De poeta


Obrigado Maria.Ana


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 27/05/2023 06:33  Atualizado: 27/05/2023 06:33
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3671
 Re: Água e silêncio p/ maria.ana
olá maria.ana

o vazio desta composição poética está repleto de perda e amor incondicional. está a meu ver cheio de significado.

obrigada por o partilhares

atenciosamente
HC