https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Devolve-me os laços

 
Tags:  desilusão    decepção    regresso  
 
Querida, no teu coração de seda,
no desepero de mo meu anoitecer,
devolve-me os laços,
volta para mim!
Porque resistes ao inevitável,
pois o que perdemos são segundos sem sentido,
a qual nesses podem nascer novas ligações.
Ela queima como o sol,
subjuga mas não mata,
submete mas não tortura,
inflige mas não fere á queima roupa, vêm mais fundo até!
Descobrindo a ruptura e magoando no fundo da alma.
Tu és a estrela morta! Que continua a brilhar bem lá no céu.

 
Autor
deep felling
 
Texto
Data
Leituras
627
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.