https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

A tua perda

 
A nossa paixão navega por águas tumultuosas e límpidas,
atracando no cais dos sonhos perdidos,
levados pelas ondas,
já desaguados no imenso mar de tragédias.

No quebranto amoroso que as saudades deixam sob a âncora do insuportável tempo que nos separa,
tempo quedo, tempos ledos que só o coração conhece!...já desembarcado em terra.

E ao ver-te ao longe,
nessa caravela em que partiste
(chamada destino)
uma lágrima tua caiu ao mar, e de repente saltei para o mar, mas não consegui salva-la mas a tua caravela também se afundou sofridamente.

E eu sozinho no meio deste imenso mar com a esperança de salvar-te!...

Mas como encontrar a essência do nosso amor condesada numa só lágrima salgada,
no meio deste longínquo oceano desconhecido coberta também pelas lágrimas das mães e amdas que choraram a partida dos filhos da pátria que ousaram descobrir o mundo mas nunca a sua alma gémea?

 
Autor
deep felling
 
Texto
Data
Leituras
1250
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.