https://www.poetris.com/
 
Textos : 

28ª foto – A drosófila

 
Uma drosófila voava, insistente, em redor do gargalo da garrafa do vinagre.
A mãe descascava as batatas, enquanto os ovos, o feijão verde e o bacalhau já aguardavam, dentro do tacho, que se acendesse o lume para a cozedura. Era dia de “azeite e vinagre”. Era assim que se dizia a refeição.
A drosófila voava agarrada àquele cheiro agudo.
Na sala, o pai lia a edição de fim de semana daquele jornal diário que comprava há anos... há muitos, muitos anos e, nesses, nunca tinha deixado um problema de palavras cruzadas por resolver.
A televisão, ainda a preto e branco, ladeada por dois quadros, dava algum movimento à parede impavidamente rugosa.
A drosófila continuava a voar, ameaçando por vezes poisar na tampa da garrafa.
Os gaiatos, sentados no sofá, trocavam conversas de gente pequena.
A comida já cozia, quando a mãe entrou na sala para perguntar ao pai se abria outra garrafa de vinho ou se a que estava no armário chegava. Tinha para aí um copo. Abriu outra.
A drosófila ficou confusa. Vinho ou vinagre?
Os miúdos receberam ordens para ajudar a pôr a mesa. Atarefados mas numa correria pegada, fizeram saltar a toalha que desceu com suavidade sobre o tampo de madeira vidrada. Segura pelas pontas, foi aconchegada à simetria. Os pratos, os talheres, os copos, a garrafa de água, a do vinho, a do sumo, a do azeite, a do vinagre, o pão, tudo na mesa mesmo em frente da televisão.
A drosófila veio atrás sem saber a garrafa que escolher. Aromas fortes. Que confusão.
Vem a comida. Domina o cheiro a bacalhau cozido.
Todos sentados à volta da mesa.
A comida nos pratos. As batatas, o feijão verde, as postas de bacalhau, os ovos, um para cada um, o copo de vinho para o pai, a mãe bebe água e os putos vão no sumo.
A drosófila descobriu a cesta da fruta. Descobriu uma laranja meio podre entre as demais. Feliz, ficou por ali. Pelo menos até ao fim da refeição. Talvez, com um pouco de sorte, a fruta do repasto não fosse laranja.

Valdevinoxis


A boa convivência não é uma questão de tolerância.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
958
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
9
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 04/10/2008 18:24  Atualizado: 04/10/2008 18:24
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4246
 Re: 28ª foto – A drosófila
Acho bem interessante a maneira que vocês
nomeiam as coisas, as comidas, é diferente
ler algo assim tão próprio da cultura lusa.
Mas saiba que esse bacalhau me encheu a
boca d'água, eu adoro.
Pena esta laranja estragar tudo, beijos!

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 04/10/2008 18:27  Atualizado: 04/10/2008 18:27
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4246
 Re: 28ª foto – A drosófila
Só uma pergunta, essa drosófila é uma mosca?
Procurei no dicionário....


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 04/10/2008 18:28  Atualizado: 04/10/2008 18:28
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4038
 Re: 28ª foto – A drosófila
Uma foto muito familiar e feliz.

Gostei muito.

Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/10/2008 18:54  Atualizado: 04/10/2008 18:54
 Re: 28ª foto – A drosófila
Que maravilha de texto Valdevinoxis! Consegui entrar no tegumento da drosófila e entre vinho e vinhagre, acho que não suportaria o cheiro do bacalhau..rs..é um cheiro que me espanta..rs...E olha que ela preferiu a laranja podre...hehehe...será que era laranja:???

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 04/10/2008 20:06  Atualizado: 04/10/2008 20:06
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4246
 Re: 28ª foto – A drosófila
Obrigada Val!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/10/2008 20:18  Atualizado: 04/10/2008 20:18
 Re: 28ª foto – A drosófila
no ditado popular, saco vazio não fica em pé. pois, a família fica bem com o bacalhau, e a mosca; laranja podre está de bom tamanho. não sou indeciso qual a mosca... pode abrir o vinho que vou reler o texto. adorei ler.
abraço fraterno Val.
Silveira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/10/2008 22:04  Atualizado: 04/10/2008 22:04
 Re: 28ª foto – A drosófila
Entre o vinho e o vinagre: a podridão.
Escolha acertada, doutro modo poder-se-ía afogar. E como mosquinha-da-fruta, cumpriu o seu papel: Oxalá não tenha morrido, por intoxicação alimentar.
Contudo,se havia na cesta da fruta laranjas sãs, teria sido mais inteligente se escolhesse uma dessas, e se pudesse e tivesse força nas asas e na boca, deveria extirpar o podre da laranja, ou então deitá-la ao lixo.

Belo texto. Bela parábola.

Um abraço,

DM

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/10/2008 22:09  Atualizado: 04/10/2008 22:09
 Re: 28ª foto – A drosófila
Sou fã destas fotos e acho que estás a fazer trabalho cujo fim será inevitavelmente a sua publicação em livro.
Já te disse isto pessoalmente, e repetindo-me te digo que são excelentes retratos os teus Val.
Parabéns.