https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

PIANO EM TARDE DE CHUVA

 
PIANO EM TARDE DE CHUVA
 
Acabo por negar
teu rosto
e neste encontro
recolho teu corpo
nesta tarde de chuva

Serpentes loucas
filhas das gotas de água
comungam a minha sede
e a tua nudez me espera
na janela do provir

O meu pensamento
agitado de silêncio
ouve ao longe
as notas do piano
de Pour Elise

Mas, os meus olhos!...
Os meus olhos bebem
o mistério da ilusão
Um cálice sussurrante
e quente de solidão
a penetrar pela garganta
na voz da razão

A chuva que cai
vai escorrendo pela janela
e vejo teu rosto nela
tentando limpar
meus pecados.

E o piano toca
e nunca mais acaba…


Jorge Oliveira

VISITE E COMENTE O MEU BLOG

Mais poemas em:


http://afacedossentidos.blogspot.com/

Imagem © Lora Palmer
 
Autor
quidam
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2400
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
12
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 29/12/2008 17:34  Atualizado: 29/12/2008 17:34
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Não vou comentar o teu poema agora. Vou metê-lo nos meus favoritos e depois, talvez o comente, quando não me tocar tanto...

Beijo

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 29/12/2008 17:50  Atualizado: 29/12/2008 17:50
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
(...e nunca mais acaba...)
Belíssimo poema, imponente e suave como a verdadeira e eterna melodia!

Beijo

Amora

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 29/12/2008 18:48  Atualizado: 29/12/2008 18:48
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Jorge,
A poesia aflora em ti naturalmente e este poema é dos mais lindos que já li por aqui.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 29/12/2008 19:33  Atualizado: 29/12/2008 19:33
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12064
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Bebi este poema no silêncio deste dia de chuva ao som do piano que não para de te inspirar...
Jinho

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 29/12/2008 20:31  Atualizado: 29/12/2008 20:31
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Escreveste o poema, ao som do piano?
Ficaram palavras de cristal,
vou levar um toque de cristal!

Jinhos doces

Feliz ano novo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/12/2008 20:47  Atualizado: 29/12/2008 20:47
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Gostei do poema e da emoções que lhe estão juntas.

Enviado por Tópico
shirley
Publicado: 29/12/2008 22:12  Atualizado: 29/12/2008 22:12
Da casa!
Usuário desde: 22/06/2008
Localidade:
Mensagens: 351
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
O som do piano entoa por todos os cantos enquanto a mente viaja pelo desconhecido...sentimental teu poema. Gostei

Enviado por Tópico
AlmaReveladora
Publicado: 30/12/2008 00:07  Atualizado: 30/12/2008 00:07
Super Participativo
Usuário desde: 27/11/2008
Localidade:
Mensagens: 167
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Eu sou e quem Tu és,
Seus dedos são o toques na minha tecla,
Misterio já mais revelado,
Porque o Universo está do nosso lado....

bjss Poeta :)

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 30/12/2008 01:13  Atualizado: 30/12/2008 01:13
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3385
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Olá Jorge!

Suave, doce e quase um murmúrio de amor, belíssimo poema.
Parabéns e um 2009 de muitas alegrias.

Fhatima

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 30/12/2008 17:36  Atualizado: 30/12/2008 17:36
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
Passando para ler e desejar ao meu bom amigoum Ano Novo cheio de muita saude, pra voce e todos os seus!

Enviado por Tópico
Cíntia
Publicado: 31/12/2011 20:57  Atualizado: 31/12/2011 20:57
Super Participativo
Usuário desde: 01/03/2010
Localidade:
Mensagens: 149
 Re: PIANO EM TARDE DE CHUVA
E nessa tenebrosa tarde chuvosa em que o rosto lhe aparece descobrindo-lhe os pecados, surge então a canção que no piano dedilha e vem encantar os poetas do Luso... Parabéns! Charmoso seu poetar... Desejo-lhe Muitos poemas para seu 2012