https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Luz

 
Mergulho neste meu devaneio manchado pelos dissabores
de uma primavera que se transformou em Inverno,
de um doce que deixou de ser doce...
Procuro entender os seus desígnios
de modo a que a minha alma encontre a paz desejada,
paz há muito tempo roubada pela dor da tua ausência …
Esta dor inquietante, este desassossego permanente
que consome cada fibra do meu corpo…
Não aguento mais este estado de agonia!
Não aguento mais viver sem viver…
Não quero mais esta sombra que me rodeia!
Procuro uma luz no túnel que me conduza de novo à vida,
que me devolva os meus sentidos!
E eis que a vejo lá ao fundo!
Vou caminhando na sua direcção, até que a claridade me invade!
Como eu me havia esquecido do seu calor…

 
Autor
sandrine
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2584
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.