Poemas : 

INFINITUDE

 
INFINITUDE

Nova aurora chegará
e com ela a vida se inicia.
Cheia de cantoria
São os céus a falar
Ouço a Mãe Maria.
Diz ao meu coração
para não sofrer as saudades,
pois abriga minha tão doce Mãe
E ao seu lado sempre amados
meu Pai adorado.
Como é triste a dor da saudade
dos que partiram!
Que dor é essa meu Deus?
... esmoreço.
Acalma meu coração, dilacerado.
Infinitude
infinito.


Nanci Laurino
28/05/09

 
Autor
Nanci Laurino
 
Texto
Data
Leituras
808
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 29/05/2009 13:54  Atualizado: 29/05/2009 13:54
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: INFINITUDE
Como se fosse uma canção de Amor e Esperança... Um abraçooo! Abíl!o,