https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Desilusão

 
Tags:  desilusão  
 
Não sou o que querem que seja

Sou o que fiz de mim

Sou o que vivi e o que me fizeram passar

O que fiz com que eu passasse e o que passei sem ter culpa

Poderia saber fazer muita coisa, mas não sei

Com a minha idade, há quem já esteja farto de trabalhar

Com a minha idade, há quem saiba fazer mais do que alguma vez tentei

Poderia até já ser mãe, poderia até não ter cama onde me deitar

Vida injusta, toda a gente diz

Vida feliz, ninguém tem

Não posso voltar atrás e fazer o que nunca fiz

Apenas seguir em frente e tentar ser mais alguém

Palavras que não gostei de ouvir, me fizeram escrever

Palavras tais que me deviam motivar a agir

Força, não sei onde ir buscar se nem tenho de viver

Vergonha, não tenho nenhuma nem preocupação ao que me há de sobrevir

Um caso perdido?

Penso que não, porque ainda reflicto na mudança

Embora não tenha… sido feito um pedido

Embora não tenha, embora não tenha esperança

Eu ouvi coisas que não queria

Que poderia ter evitado

Passado perdido

Futuro que pode ser melhorado



O Silêncio inspira-me.

Do passado ao futuro presente*

Nice
 
Autor
EuniceContente
 
Texto
Data
Leituras
701
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 13/07/2009 15:31  Atualizado: 13/07/2009 15:31
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2778
 Re: Desilusão
"Nínguém é tão bom como todos desejam ou tão ruim
como dizem"

Abraços

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 13/07/2009 18:24  Atualizado: 13/07/2009 18:24
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: Desilusão
Gostei. os primeiros versos me fizeram lembrar um fragmento de uma poesia de Marta Medeiros: "de me que tanto falam quero que reste o que calei..."
beijo.

Maria