https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

RODINHA26-GIGANTES

 
MOTE

VEJO GIGANTES ENFADONHOS;
SERES QUE P´RA VIDA TRAGO ...
QUE LANÇO NOS MEUS SONHOS,
PARA O LADO ONDE NAUFRAGO,


GLOSAS

NA NOITE POSSUÍDA POR TROVÕES,
OUÇO VOZES E GRITOS MEDONHOS,
E NO ESCURO APAGADO POR CLARÕES,
VEJO GIGANTES ENFADONHOS.

E NO SONHAR DE GIGANTES POSSUO,
SERES QUE NO MEU SER EMBARGO;
E NA MINHA ILUSÃO CONSTRUO,
SERES QUE P`RA VIDA TRAGO.

NA MARÉ VIVA CAIEM AFLITOS,
HOMENS OUTRORA RISONHOS;
AGARRO-ME IMPUNE AOS SEUS GRITOS,
QUE LANÇO NOS MEUS SONHOS.

NAUFRAGO DE ONDAS BRAVAS E MAR,
AINDA TEU PEITO AGORA AFAGO,
P´RA QUE POSSAS NAUFRAGAR,
PARA O LADO ONDE NAUFRAGO.<br />........................................................................................................
Adamastor, o medo da viagem rumo ao desconhecido


O homem antes de ser o ente do ser é o ser do-ente

Livros:

Quase um Livro:
www.rodinha26.blogtok.com
Coisas da escrita:
www.avkd.blogtok.com
Um tratado:
www.gov.blogtok.com

Projectos Web:
Um Portal:
ww...

 
Autor
JSL
Autor
 
Texto
Data
Leituras
595
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 13/06/2007 13:50  Atualizado: 13/06/2007 13:50
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 679
 Re: RODINHA26-GIGANTES
Passo a passo
o exame do eu
pelo compasso
Do ser que é teu

O espelho olha
E sente-se velho
O olhar me tolha
Se olho o espelho

Por isso sei
Que muito esqueci
E no espelho vi
O que recordei

O passado passou
O presente passa
Passo a passo vou
á minha praça.