https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Ontem

 
Ontem ao me ligar,
Confesso não entender
Senti em cada suspiro:
Meu amor ainda é seu...
Dizias que me amas
E que estás a sofrer
E que teu coração ainda é meu...

Ontem ao me ligar,
Calei-me ao lagrimejar
Pois não posso
Negar o que sinto em mim...
Assim apenas ouvi o teu declarar
Não disse que a amo,
Mas ao te ouvir dizia sim...

Ontem ao me ligar,
Nada falei a ti
E pensei viver um sonho...
Até que a ligação teve um fim
Assim morri em mim
Não estás mais aqui...



"Morremos gestantes da ansiedade que nada espera."

 
Autor
Junior A.
Autor
 
Texto
Data
Leituras
799
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
sebastiaoalves
Publicado: 08/07/2006 00:08  Atualizado: 08/07/2006 00:10
Participativo
Usuário desde: 22/04/2006
Localidade:
Mensagens: 49
 Re: Ontem
Ao grande Junior A

O que aconteceu ontem é muito sutil...
O que tivemos se muda em necessidades...
Vemos as imagens belas em nossa mente,
Sem entender, daquilo que nos feriu...
São sombras do que foi sentido docemente,
Nuances do que desconfiamos se existiu...

Essas borradas sombras quase sem rosto
Não satisfazem nosso espírito já febril...
Frias, são apenas o mover do pensamento,
São vazias daquilo que o coração sentiu...
Em fim acordamos do nosso fraco devaneio
E sentimos que ele esvaziou o nosso ser
Medroso ante a imagem da face que partiu!


Belo caro amigo... até mais. Grande abraço...