https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 11 »
Textos deste autor
Offline
Azke
"versos de fé e devoção,(também)
"Ó musas, com o vosso alto engenho, ajudai-me; ó memória, que escreveste o que vi, que s...
Enviado por Azke
em 19/09/2018 02:38:54
Textos deste autor
Offline
Azke
"O complemento, a palavra deixada e mais um pouco de dor.."
“Débil vontade! Entrega-me esses punhais. O sono e a morte são maquiagens. Nada mais. (...)” (...
Enviado por Azke
em 24/08/2018 05:13:23
Textos deste autor
Offline
Azke
"Tempestade," + 1
"Mesmo que sejas tão casta quanto o gelo, e tão pura quanto a neve, não escaparás(...)&quo...
Enviado por Azke
em 20/08/2018 01:47:46
Textos deste autor
Offline
Azke
"(para)sempre, e(ainda) será.."
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 18/08/2018 04:17:03
Textos deste autor
Offline
Azke
"ela-não:é."
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 09/08/2018 02:19:56
Textos deste autor
Offline
Azke
"Referência,"
"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros, ...
Enviado por Azke
em 31/07/2018 02:31:57
Textos deste autor
Offline
Azke
"à janela de si,"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 29/07/2018 06:48:43
Textos deste autor
Offline
IsabelRFonseca
CORVO ╭✿
Anda um velho corvo Murmúrio do reflexo De algo que desconheço Na escuridão, coisa sem nexo Frut...
Enviado por IsabelRFonseca
em 05/07/2018 09:52:06
Textos deste autor
Offline
Azke
um pouco mais de um qualquer outro soneto
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 09/06/2018 03:12:59
Textos deste autor
Offline
Azke
"Cânone"(,pelos cantos do teu nome..)
"Se tem de ser já, não será depois; se não for depois, é que vai ser agora; se não for ago...
Enviado por Azke
em 17/05/2018 03:08:59
Textos deste autor
Offline
Azke
"olhos fechados e página refém,"
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 16/05/2018 02:38:26
Textos deste autor
Offline
Azke
"tão imagem, quanto página.."
“Quem, tendo um coração para amar e nesse coração a coragem suficiente para tornar conhecido o se...
Enviado por Azke
em 07/05/2018 02:52:35
Textos deste autor
Offline
nereida
Solamente
Yo solamente yo Tan solita como nací Sin saber donde estaba Tan...
Enviado por nereida
em 30/04/2018 20:06:56
Textos deste autor
Offline
Azke
"soneto de te ter sede,"
"Se tem de ser já, não será depois; se não for depois, é que vai ser agora; se não for ag...
Enviado por Azke
em 24/04/2018 02:06:23
Textos deste autor
Offline
Azke
"Versos Adversos,"
"Se tem de ser já, não será depois; se não for depois, é que vai ser agora; se não for ago...
Enviado por Azke
em 18/04/2018 03:01:50
Textos deste autor
Offline
Azke
"o crente,"
"Mesmo que sejas tão casta quanto o gelo, e tão pura quanto a neve, não escaparás(...)&quo...
Enviado por Azke
em 13/03/2018 02:52:08
Textos deste autor
Offline
Azke
"incômodo soneto,"
“Tiveste sede de sangue, e eu de sangue te encho.” (Purgatório) Dante Alighieri há...
Enviado por Azke
em 11/03/2018 02:14:53
Textos deste autor
Offline
Azke
"Sede,"
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 05/03/2018 01:22:10
Textos deste autor
Offline
Azke
"calor excessivo, parte refém"
"Duvida da luz dos astros, de que o Sol tenha calor, duvida até da verdade, mas confia em ...
Enviado por Azke
em 23/02/2018 01:06:12
Textos deste autor
Offline
Azke
"para te ser este lado,"
"Mesmo que sejas tão casta quanto o gelo, e tão pura quanto a neve, não escaparás(...)"...
Enviado por Azke
em 20/02/2018 01:25:34
(1) 2 3 4 ... 11 »