https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Textos deste autor
Offline
Hush
Histórico do ata e desata
Este texto pode ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis.
Enviado por Hush
em 25/08/2018 02:28:52
Textos deste autor
Offline
Hush
Orégãos da cidade
Este texto pode ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis.
Enviado por Hush
em 25/08/2018 02:25:17
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
GUERRA E PAZ -
Guerra e Paz Elen de Moraes Kochman Um dia nós germinamos duma mesma sementeira e dela nós nos...
Enviado por elendemoraes
em 14/04/2016 17:01:52
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
O caso Araceli
O caso Araceli Em dezoito de maio de um mil novecentos e setenta e três A menina Araceli pegou...
Enviado por João Marino Delize
em 09/06/2014 19:06:57
Textos deste autor
Offline
Zaymon-Zarondy
DES_EN_CANTO
De repente Assim do enorme nada Aparece o imenso tudo Mesmo de forma absurda E atordoados Entramo...
Enviado por Zaymon-Zarondy
em 29/12/2011 23:45:29
Textos deste autor
Offline
ramedaol
Sob os desígnios do rock
Meu novo livro já está disponivel!!! A história retrata uma luta de alguns jovens para montar um...
Enviado por ramedaol
em 21/05/2011 12:38:12
Textos deste autor
Offline
ednarandrade
Branco como a Lua...
Este é o meu grito, meu lamento, meu protesto e também a minha dor a todos aqueles que assim, c...
Enviado por ednarandrade
em 25/11/2010 14:01:22
Textos deste autor
Offline
Alberto da fonseca
E NÓS, O QUE FAZEMOS?
A que é que serve Falar da mocidade, ou da juventude Das inocentes crianças? Poucos dão atenção ...
Enviado por Alberto da fonseca
em 23/10/2009 13:22:11
Textos deste autor
Offline
AntonioCarvalho
1973
Sobe o pano Da ironia, do actor Perdido na sua história. Expondo-se no seu palco, Ao seu amor, à ...
Enviado por AntonioCarvalho
em 20/09/2009 00:34:52
Textos deste autor
Offline
Icaro_Maceió
Arrancas de mim
Queria entender como arrancas a dor de mim? Qual arma tens? Que quando beija a minha boca, costur...
Enviado por Icaro_Maceió
em 18/09/2009 15:12:41
Textos deste autor
Offline
Vera Sousa
Momentos de prazer, vida de dor
Foi só uma vez… Entreguei o meu corpo Ao prazer do momento E vida aconteceu Invadindo-me o ser E...
Enviado por Vera Sousa
em 30/03/2009 15:05:12
Textos deste autor
Offline
PoetaSenior
..."Fado Falado"...
Rostos colados Atrás de uma janela, Onde o sol quando bate Mais os prende a ela! Ouvem...
Enviado por PoetaSenior
em 29/10/2008 20:14:15
Textos deste autor
Offline
deep felling
Droga maldita
Os meus olhos são pretos de tanto sofrimento, as minhas mãos escuras de tanto mal cauado e as min...
Enviado por deep felling
em 05/10/2008 14:15:15
Textos deste autor
Offline
Alberto da fonseca
CORPOS NUS DANÇAM COM A MISÉRIA
Vivemos uma vida, sem sorrisos nem esperança. Não se vê nas nossas ruas os sorrisos da criança. V...
Enviado por Alberto da fonseca
em 26/09/2008 13:13:41
Textos deste autor
Offline
Diogommalves
Droga
É porque as drogas nos fazem esquecer que as tomamos... é porque é mais fácil fugir a ficar de pé...
Enviado por Diogommalves
em 22/09/2008 14:32:10
Textos deste autor
Offline
MariaSousa
Ilusão mais iludida
Os seus únicos vícios da vida São maléficos e podem matar São duma pobre alma só, perdida No mun...
Enviado por MariaSousa
em 17/09/2008 21:55:36
Textos deste autor
Offline
deep felling
Drogas
Preciso dos meus medicamentos, dos meus anti-depressivos e tranquilizantes, para não aumentar o ...
Enviado por deep felling
em 15/07/2008 14:49:43
Textos deste autor
Offline
deep felling
As elites
Até no topo do mundo, a droga que destroi destinos, são sentidos no submundo das estrelas e nos a...
Enviado por deep felling
em 11/07/2008 11:39:08
Textos deste autor
Offline
Paulolx
IMprovisos sob Crystal
A vida arranha-me por dentro. Sinto os dentes do ferrugento garfo esmiuçando o meu tilitante cére...
Enviado por Paulolx
em 17/03/2008 23:34:13
Textos deste autor
Offline
Paulolx
Vi a Luz
Acordei tarde e a a boas horas. Na minha almofada o cheiro a lobisomen lembrou-me que dormia em c...
Enviado por Paulolx
em 16/03/2008 20:44:29
(1) 2 »