https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de goianomesmo

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de goianomesmo

sou um caipira asumido gosto di simplicidade nas minhas coisas vç so encontrara coisas do interior


oia preu sôooooooo

 
quiria ieu sabe pruquê
ieu óio procê
i ocê nun óia pra eu

cê só óia pru joãzim
i insquece qui têm ieu
u quê qui u joãzim têm
qui num têm ieu

condo u joãzim chega perto
sua feição da di mudá
i condo ieu chego perto
ieu só iscuito sai pra lá

desce jeito cê judia
du meu pobre coração
desce jeito ocê mi faiz
é morre na solidão

óia preu meno uma veizinha
pra mim vê u seu oiá
qui parece duas jabuticaba
numa noiti di luar

oçê num sabe cuma é tristi
amá i num cê amado
ocê num sabe como é tristi
oiá i num cê oiado

por isso ieu ti peço
óia preu.........
 
oia preu sôooooooo

DIA DA MULHER NÃO A SER COMEMORADO MAS SIM A SER REFLETIDO

 
U MUNDO TÁ CAMINHANO, NÃO SI SABE PRA ONDI. PUR CONTA QUI AS MUIEZADA TÁ MISTURANO AS COISA, ELAS QUEREM A TAR LIBERDADI, TRABAIÁ FORA, I TÃO SI ESQUECENDO DU PRÍNCIPIO FUNDAMENTAL DA MUIÉ: DEUS CRIO A MUIÉ PRA FAMIA, PRUS FIO, AO SAÍ PRA TRABAIÁ, AUTOMATICAMENTE, A IDUCAÇÃO DUS FIO É TERCERISADA, E ESSA TERCERIZAÇÃO SI TRANSFORMA EM UMA CORRENTI FACIR DI INTENDE, EXEMPLO:
-SÃO 3 MÃES; A PRIMEIRA, TERCERIZA PRA SEGUNDA, QUI TERCERIZA PRA TERCERA, MAIS GERALMENTI A TERCERA NÃO TEM CUNDIÇÃO DI TERCERIZÁ, U QUI ACONTECE? FILHOS SOZINHOS EM CASA A DEUS DARÁ, GERALMENTE CRIANÇA CUIDANDO DE CRIANÇA, DAÍ É UMA COMBINAÇÃO EXPLOSIVA, PORQUE CRIANÇA NÃO RESPEITA CRIANÇA, I QUEM VAI TÁ LÁ PRA ENSINAR O PRÍNCIPIO DE QUALQUER EDUCACÃO, QUI É O RESPEITO AO PRÓXIMO! ESSA COISA NÃO VAI DÁ CERTO, DAQUI A ALGUM TEMPO A MULHER VAI CER APENAS UMA FÁBRICA DE GENTE! FAIZ PÕE NO MUNDO I PRONTO.
É MUITO TRISTE VER QUI A FAMÍLIA ESTÁ ACABANDO POR CONTA DISSO!
ANTIGAMENTE OS PRÍNCIPIOS ERAM OTROS, CÊ TINHA EDUCAÇÃO, RESPEITO, AMOR, UNIÃO ENTRE PAIS E FILHOS, A MININADA DE HOJE NÃO SABE NEM DA BENÇA PRUS MAI VEI, TÁ FICANO INSQUISITO, NESSA ÉPOCA DI DIA DA MUIÉ SI FALA MUITO QUI A MUIÉ CONQUISTO ISSO, CONQUISTO AQUILO, CHEGO ALI, CHEGO AQUI, I ESQUECEM QUI ELA TA PERDENDO O PRINCIPAL, A RÉDIA DA FAMÍLA! É MUITO TRISTI U QUI TÁ ACONTECENO I NINGUÉM TOCA NU ASSUNTO. ENTENDO, VIROU UM COMODISMO GERAL, GRANDI PARTI DU FLAGELO HUMANO QUI TÁ ACONTECENDO HOJE É POR ISSO, IEU PEÇO:
-MUIÉZADA SI PÕE NU SEU LUGAR QUI AINDA A TEMPO, A MUDANÇA DO MUNDO DEPENDI SIM DE VOÇÊS! DEDIQUEM PELO MENOS 15 ANOS DI SUAS VIDAS AOS FILHOS, PRA NÃO CHORAR DEPOIS E FICAR SI PERGUNTANDO AAAII MEU DEUS ONDE FOI QUI EU ERREI? QUE QUI EU FIZ DE ERRADO?
GERALMENTE NA PORTA DE UMA DELEGACIA, DE UMA FEBEM, OU NO LEITO DE UM HOSPITAL, NÃO SOU MACHISTA SOU APENAS REALISTA, POR ISSO PRA MIM O TAR DIA DA MUIÉ NÃO É PRA SER COMEMORADO É PRA CER REFLETIDO!
 
DIA DA MULHER NÃO A SER COMEMORADO MAS SIM A SER REFLETIDO

minha isca pra pesca e pinga

 
Fui passá férias numa cidadinha nu interio du goiás pur nome Artulândia, i la passa um rio pur nome riiiii Du Pexe.
Certo dia aresorvi i da uma pescada, juntei as traia, comprei uma garrafa di pinga, i lá fui eu, chegano na bera du riiiiiii, sinti farta du principar: as isca, tinha insquicido as isca, mas como era pirtim, eu pensei;
-Vô lá buscá, nu qui ieu levanto vejo uma cobra cum sapim na boca, i num tem isca melhó? Pensei...
-Vô jogá pinga na boca dessa cobra! Ela larga u sapim ieu uso ele di isca, i assim fiz, peguei 2 trairona, passa um poquim talá a cobra cum otro sapim na boca, soquei pinga nela di novo, ieu acho qui a bicha era arcóolotra pruque di 10 im 10 minuto tava ela lá cum sapim na boca, i assim foi a tardi toda, pur finar iela já tava trazeno inte minhoca, agora toda veiz qui ieu vorto lá pra pescá, é só leva uma garrafa di pinga ka isca ta garantida! A bichinha ven nu faro, dispois dizem qui num dá pra pesca cum pinga! Pois ieu pesco uai sôoooooooo!...
 
minha isca pra pesca e pinga

SEGREDO E SEGREDO UAI SÔOOOOOOOOOOO

 
Certa veiz arresorvi dá uma passiada nu Amazonas, já qui era u sonho da minha vida. Fui, cheguei lá im Manaus luguei um barco i fui passia pelos rio da rigião, fiquei maraviado cum tanta beleza, nóoooosinhora... já chegano di tardinha deu uma pani nu barquim, incostei na marge du rio quando di repente pareceu um sujeito careca cuma vistimenta isquisita falano instranho, i mi prigunto si precisava di ajuda, inspriquei a situação prele, i ele mi atendeu prontamenti mi levano pra uma inspécie di vila, mata a dentro, ondi mi insprico qui eles fazinhan parte duma ceita, me deu comida, água, fui tratato qui nen um rei, como já era noite mi convidaro a pernoitar, inspricando qui notro dia cedo concertariam meu barco, mi levaru pum quartim muito simpris, porém muito limpo e cofortável, no otro dia bem cedo, acordei antes di sai u soli, com uma música linda, só não dava pra sabe di onde vinha aquela bela canção, perguntei pru lider da ceita a respeito, nu que iele mi respondeu:
-Sinto muito mas voçê não podi saber di ondi vem a música, é nosso segredo! Pra saber voçê tem qui fazer parte da nossa comunidade.
Foi uma decepição mais respeitei a dicisão deles. Lá pru mei dia eles cabaro di ruma u barco i ieu parti cum a promeça di regresar em breve.
Vortei pra casa, mais nunca insquici aquela linda canção, i aquele povo tão iducado.Passado uns 5 anos vortei lá, só qui desta vez fiquei lá por um mês, i todo dia a mesma canção, tentei discobri di ondi vinha, num tinha jeito, era um mistério grande dimais, toda vez qui ieu indagava sobre u assunto a resposta era a mesma, só cê voçe fazer parti da comunidade.
Mais uma vez regressei pra minha cidade mas aquela canção não saia da minha cabeça, cansado di trabalhar, viúvo, i com uns fiu tudo incamiado, vendi tudo i regressei aquela comunidade pra fica, i faze parti da ceita. Chegano lá mi inspricaro qui pra sabê di onde vinha a música teria qui inspera por 7 anos, purque ieu tinha qui passa por um processo de purificação, disso, daquilo, mai uma veiz respeitei a vontade du lider.
Finalmente passaru uns bendito 7 anos, chegou u grandi dia di discubri di ondi vinha tão bela canção, u lider pegou minha minha mão, i cumeçamos caminhar rumo a um templo, onde tinha uma entradinha qui dava pra um jardim lindo, depois uma porta di madera, mais uma di ouro, otra di esmeralda, mais uma de pérolas, i assim foi por mais 12 portas, ieu já tava muito emocionado com tanta beleza, até qui chegou u lugar qui ieu esperei 15 anos da minha vida pra conhecê.... só sinto num pode conta proçeis quii lugar é esse, afinar c num faiz parti da ceita i segredo é segredo... uai sôoooooooooo
 
SEGREDO E SEGREDO UAI SÔOOOOOOOOOOO

a cruza dus pexim

 
Tava cum dinherim sobrano i arresorvi mexe cu criação di pexe, comprei uma chacrinha com trêis lagoa dentro, quiria perfeissuá u ramo i fiquei pensano u que qui ieu pudia fazê a respeito, ai pammmmmmm........, vei uma idéia!
Vô fazê um novo tipo di pexe! Iguar eles fizeru cuns cachorro. Criaro o pit buuu i u roti i vai, cumecei istuda, i vei a luiz, si ieu pega um bagri qui é di coro i num têm ispim, i cruza cum piau qui e de iscama i têm ispim, ieu vô uni u urtir ao gradável, vai fica uma carne super saborosa. Cumecei meu inspremento atravéis da tar da siminação tifisiar, gastei qui tinha i qui num tinha nu tar projeto.
Passado uns dia vei u resurtado nasceu a dita cria, divinha que qui nasceu?
-Um baita dum sapim qui ié di coro, tem u corpo iscamoso i feio pra daná. Prindi qui si tá ruim num dianta fazê gambiarra qui piora, resurtado du inspremento, tivi qui vende a chacrinha pra pagá as continha e tomei naquele lugar inté incostá, cum brita, cascai, i sem água pra maciá, curuis......
 
a cruza dus pexim

DECLARAÇÃO DI AMO DU MATUTO

 
Caboclinha ci oçê subesse
como é tristi o meu pená,
vê oçê passa todo dia
i nen pode mi incosta.

Caboclinha ci ocê subesse
como e lindo seu oiá,
nem oiava pras istrela
pras bichinha num invejá.

Caboclinha si oçê subesse
a vontade qui mi dá
de passa a mão nu seu cabelo
qui parece as onda du mar.

Caboclinha ci oçê subesse
como e lindo seu requebra,
num ia na bahia
pras baina num copiá.

Caboclinha meu desejo
é nu seu corpo marejar,
como mareja um barquinho
balançando pra lá, pra cá.

Caboclinha si oçê dexasse
eu ao menos buliná,
nesse seu rostinho
um beijino eu ia dá.

Coboclinha vem cumigo
vamo junto pro cartóro,
cê vai cê minha santinha
ieu vô cê seu oratório.
 
DECLARAÇÃO DI AMO DU MATUTO

to pur intende

 
Eu aqui nu meu ranchinho
nun intendo não,
cumé qui funciona
essa tar clobalização.

Uns gringo faiz uns negoço
qui num dá pra intende,
u negoço desse nun da certo
i nóis fica a padessê.

Nu Brasir quem num trabaia
tem sálaro a recebê,
us poliça prende us ladrão
i us devogado vai lá vê,
caba sortano uns trêm
pra dinovo eles prendê.

Imposto é qui nun falta
só num vejo u trêm rendê,
gasulina virô oru, tá difici bastece,
u sálaro qui nóis ganha num dá
nem pra nóis cumê.

Sálaro di pulitico dá pra genti
percebe, constrói inté castelo,
sem a gente nem sabê, nóis
só fica sabeno si a grobo
intercedê.

Tem uma tar di fome 0
qui ieu tô pur intende,
tanta genti passano fome
só u lula é qui num vê.

A droga rola solta
i uns jove a cê perdê,
tão si matano a riviria
da tristeza inté di vê.

Quero vê daqui 10 ano
quê qui vai assusedê,
uns jove num qué nada
i quem é qui vai querê.

Impregado trabaia 1 ano
toma a firma du patrão,
só eles têm direito
depois da tar negociação.

Tem uns tar di sem terra
qui é só pra ingrês vê,
quando u incra da a terra
sai correno i vai vendê.

Bnds é um banco
pra dinhero imprestá,
só rico qui consegue,
i u pobre qui pricisa
nun adianta nem chorá.

Estrupadô vai preso
direitus humano à intercedê,
coitada da vítima
nu pronto socorro
a padecê.

As coisa tá tudo errada
só us home qui num vê,
quando Jesuis vorta na terra
quero ve que qui vai ce....
 
to pur intende

DECLARAÇÃO DI AMO DU MATUTO

 
Caboclinha ci oçê subesse
como é tristi o meu pená,
vê oçê passa todo dia
i nen pode mi incosta.

Caboclinha ci ocê subesse
como e lindo seu oiá,
nem oiava pras istrela
pras bichinha num invejá.

Caboclinha si oçê subesse
a vontade qui mi dá
de passa a mão nu seu cabelo
qui parece as onda du mar.

Caboclinha ci oçê subesse
como e lindo seu requebra,
num ia na bahia
pras baina num copiá.

Caboclinha meu desejo
é nu seu corpo marejar,
como mareja um barquinho
balançando pra lá, pra cá.

Caboclinha si oçê dexasse
eu ao menos buliná,
nesse seu rostinho
um beijino eu ia dá.

Coboclinha vem cumigo
vamo junto pro cartóro,
cê vai cê minha santinha
ieu vô cê seu oratório.
 
DECLARAÇÃO DI AMO DU MATUTO

nunca subestime a tiligencia da sua caboquinha prestenção uai sôoooo

 
certa veiz eu mais 4 cumpanhero resorvemo tirá uma semaninha di forga longe das muié, pra muda a rotina um tiquim, inventemo uma pescaria só di mintira, cheguei im casa i falei pra muié qui ia fica uma semana fora, pois ia da uma pescada cuns amigos lá pras banda du rio Araguaia, i qui era pra ela ruma minhas traia di pesca e umas ropinha preu, i qui num insquessece du principar meu pijama, porque sem iele ieu num cunseguia drumi.
Notro dia, cordei cedo, puis uns trêm nu carro i fui ao incontro dus cumpanhero, fumo pra cidadi vizinha e pruveitemo bastante.... só na muizada, cervejada, farraiada da boa, nem drumi num drumia, ao chega im casa traveiz a muié prigunta:
-I uns pexe? Nu qui rispundi;
-Aaaaaaa..., uns fiscar tomo tudim! inda quase qui fumo preso! Nóis num sabia qui tava na tar da piracena, ai iela prigunto:
-I u pijama? pruque qui oçê num uso? Rispundi;
-Cê deve di te insquicido di coloca iele na mala, pruque ieu num vi ele. Aí ela respondeu:
-Num sei ci oçê noto qui sua mala tava muito cheia e não cobe, daí ieu coloquei junto cas suas traia di pesca.
Daí cês pensa num cara qui tremeu na base, não tive inspricação cunvicente pra da prela, risurtado..., pirdi a muié, i prendi...
Nunca subestime a inteligença duma muié, u trêm é isquisito, tá doido sôoooooooo.........
 
nunca subestime a tiligencia da sua caboquinha prestenção uai sôoooo

Vô fala um tiquin di mim,
porque nun têm muito
u qui eu falá,
sô apenas um goianinho
qui sô qué amigo incontrá,
pra falá di coisas boas
i argumas idéias trocá.

Sô goiano com orguio
não nego meu naturá,
si oçê mi chama di goiano
mas aleg...