https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de AnaFlor

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de AnaFlor

Voltei

 
Renasço de uma tristeza
Não faço versos sem beleza
Tempos tristes já lá vam
Vivo agora um presente feliz

Escrevo alegria
Que vem de uma
Nuvem escura que
Foi-se embora

Volto de algo
Esquecido nas gotas
Que já se infiltraram
No solo triste e seco

Vivo neste momento numa
Gota de água que está num
Solo fértil!

AnaFlor
 
Voltei

Sabores

 
Paladar,
Que só a mim,
É que me contas
O que sentes,
Quando estás mal humorado,
Apetece-te ficar todo o dia azedo,
Mas quando estás feliz,
Ficas doce , e até sorris!

AnaFlor
 
Sabores

Música

 
Músico, quando tocas, consegues
Unir as pessoas
Simplesmente com a tua música,
Inventas e
Compões
Alegria

AnaFlor
 
Música

Insónias

 
Noite escura e fria
Sem nenhuma alegria
Parece que me queres mal
Será que não gostas de mim afinal?
Estou cheia de sono
E isto é algo infernal
Mas tento aguentar a tortura
Que para mim está a ser muito dura
Já fiz o que pude e tudo demais
Isto nunca seria o que eu queria, jamais!
Ainda não peguei olho esta noite
Sinto-me cansada e triste
 
Insónias

coca cola

 
Um gás espumante
Um bocadinho picante
A sensação refrescante
Que liberta a mente.

É aquela tal coca cola
Que para as crianças parece uma cervejola
Que é fria mas efervescente
Mas que com ela toda a gente fica contente!

AnaFlor
 
coca cola

Pipoca Sortuda

 
Convido-te a vir ao cinema
Vamo-nos divertir,
Acredita vale a pena

Os dois pediram um pacote de pipocas
E entraram numa sala escura
Só não sabiam que iam com pipocas
malandrocas
E que entraram numa sala de loucura

Começaram a ver o filme
E a devorá-las a todas
Só sobrou uma,
Escondida entre elas

Tal como no filme
Começou um romance entre eles
E a pipoca malandroca e sortuda
Que ficou a assistir àquilo tudo muda
Na sala escura da loucura

AnaFlor
 
Pipoca Sortuda

Labirinto

 
Paredes infinitas
Muito esquisitas
Já estou a ficar baralhada
E também cansada

Onde estou, onde estou
Parece que não me lembro quem sou
Tonta estou a ficar
Ou será até mesmo a alucinar

Agora até ando de lado
Preciso de algo fresco como um gelado
Os olhos já não vêm claramente

Já não estou de saúde como antigamente
No final disto tudo caio
E desmaio

AnaFlor
 
Labirinto

Cachoeiras

 
Cachoeiras lindas,
Que me fazem sonhar,
Ao longo do dia,
O som das águas límpidas,
Que refrescam o meu coração,
Frescas lavam a minha alma,
E suaves, fazem me massagens,
Nos pés, com a sua doce água.
 
Cachoeiras

Matar

 
Assassino, da tua boca sai um M
Mas como gostas do A,também o disseste
Um T sangrento saiu de ti
Tal como um outro A, mas mais maléfico
E para terminar, gritaste um R

E eu bem sei, que tu só sabes dizer Matar.

AnaFlor
 
Matar

Destino

 
Homem de fósforo na mão
Que acendeste uma vela
Em cima dela há uma chama
Uma chama que a faz triste
Pois sabe que irá derreter
O seu pavio se queimará
E quando toda arder
Imagina que para nada mais servirá
Por isso agora a vela chora
Com lágrimas de cera
E a vida que lhe parecia curta
Foi uma grande vida de luz repleta.

AnaFlor
 
Destino

Acordes

 
Há uns Maiores e outros menores
Uns feitos com alguns sustenidos
Outros com alguns bemóis
Existem assim muitas famílias

Irmãs umas das outras
Cada uma com o seu som
Saem limpas e belas
São todas diferentes em tipo e tom

Às vezes chateiam-se umas com as outras
E assim saem os menores
Normalmente têm sons esquisitos
Mesmo assim com eles consegue-se
Fazer textos de música escritos

Ao contrário os Maiores
Reflectem sons mais bonitos
Mais belos e mais perfeitos
Fazem assim um poema engraçado ,
E Cheio de cores!

AnaFlor
 
Acordes

Solidão

 
Não acreditamos na realidade
Mas, na verdade
Quando estamos sós,
Morre uma parte de nós.

Um vazio interior
E exterior faz com que tudo
Pareça pior.

A Solidão
É quando se está sozinho
De Alma e de Coração.
 
Solidão