https://www.poetris.com/
Artigos > Luso-Entrevistas > Luso do mês > Maio 2008 - Ledalge

Maio 2008 - Ledalge

Publicado por Luso-Poemas em 12-May-2008 19:30 (8145 leituras)

Introdução

A Ledalge apresenta-se aos leitores como alguém que vive e ama a escrita, como mãe extremosa e mulher de corpo inteiro. Não temos a mais pequena dúvida que assim é, afinal de contas, basta lê-la.
Nesta entrevista a poetisa, qual Florbela (sobre quem assume a admiração), que se dá ao leitor com toda a força e eloquência, desnuda-se de uma forma sincera e única.
A Núria que se veste de Ledalge, a poetisa que se reveste de magnífica sonetista mostra-se como nunca se mostrou, com todas as manias e virtudes, neste espaço de justo destaque onde, a vontade é largamente ultrapassada pela necessidade de lê-la.
Nesta conversa, tivemos como elemento convidado a nossa empenhada e querida Pedra Filosofal.

Auto-Biografia

NÚRIA CARLA FIGUEIREDO SILVA, NASCIDA EM 03 DE ABRIL DE 1966, BRASILEIRA, NATURAL DE PARANAGUÁ, PARANÁ. CIDADE
ONDE RESIDE ATÉ HOJE.
CASOU-SE AOS 16 ANOS; MOTIVO PELO QUAL ABANDONOU OS ESTUDOS. RETORNANDO SOMENTE AOS 36 ANOS PARA CONCLUIR O ENSINO MÉDIO. INGRESSA, APÓS NA FACULDADE DE LETRAS ( FAFIPAR), CURSO ESTE QUE CONCLUIRÁ NO CORRENTE ANO. ESTÁ CURSANDO TAMBÉM O 2º ANO DE DIREITO NO (ISULPAR), CURSO QUE LHE TRARÁ BOAS PERSPECTIVAS PARA O FUTURO.
É MÃE DE 4 FILHOS, COM IDADES DE 23;20;17 E 13 ANOS. CUJA JUNÇÃO DAS INICIAIS DOS SEUS NOMES DERAM LUME AO PSEUDÔNIMO LEDALGE (LEONARDO, DANILLO, ALANNA E GEOVANNE).
COMEÇOU A ESCRITA COM O POEMA TRISTE OLHAR, UM POEMA DEDICADO AO FILHO LEONARDO.
NA FACULDADE DE LETRAS TOMOU GOSTO PELA LITERATURA, PELOS SONETOS FLORBELIANOS E NÃO MAIS PAROU DE ESCREVER.
PARTICIPOU RECENTEMENTE EM CO-AUTORIA NO LIVRO DE VILMA BELFORT (FIQUE COMIGO) NO POEMA NADA DEMAIS.
PARTICIPARÁ DE DUAS ANTOLOGIAS AINDA ESTE ANO E NO ANO VINDOURO LANÇARÁ SEU TÃO SONHADO LIVRO DE SONETOS.


Entrevista

Paulo Afonso (PA): Núria, por detrás da Poetisa, há uma mulher. Que podemos saber dessa condição?

Ledalge (Le): SOU NÚRIA CARLA FIGUEIREDO SILVA, NASCIDA EM PARANAGUÁ, PR, BRASIL. TENHO 42 ANOS, SOU UMA MULHER DE PERSONALIDADE FORTE, QUE NÃO TEM MEIAS PALAVRAS. ESSA INTENSIDADE JÁ ME TROUXE DISSABORES, CONFESSO, MAS NÃO MUDAREI NUNCA MEU JEITO DE SER.
SOU CASADA HÁ 25 ANOS, TENHO 4 FILHOS COM IDADES DE 23,20,17 E 13 ANOS. VEM DAS INICIAIS DO NOME DELES, O MEU PSEUDÔNIMO
MUITA DA FORÇA INTERIOR QUE TRAGO, É DEVIDA À CORAGEM DE SER UMA MÃE ESPECIAL. NÃO PODERIA DEIXAR DE CITAR MEU FILHO LEONARDO, PORTADOR DE AUTISMO E QUE ME CHAMOU À VIDA, ME MOSTROU COMO SER FORTE E JUSTA. DEVO A ELE MEU PRIMEIRO POEMA “TRISTE OLHAR”, NUMA TARDE EM QUE ELE MUITO DOENTE, ME OLHOU NOS OLHOS E ME PEDIU AJUDA. ALI NASCERIA A POETISA LEDALGE E ALI A MULHER NÚRIA SERIA PLENA.
SOU UMA MULHER DE MUITA SORTE, POIS TENHO UMA FAMÍLIA UNIDA, NO ENTANTO, O MEU LADO DE ESCRITORA NÃO É TÃO EVIDENCIADO AQUI EM CASA. NÃO OS FORÇO A ACEITAR A MINHA CONDIÇÃO DE ESCRITORA. RESPEITO OS PONTOS DE VISTA DELES
A MULHER NÚRIA É UMA MULHER COMUM, MAS QUE TEM MUITOS OBJETIVOS. UM DELES É CONCLUIR O CURSO DE LETRAS QUE, INFELIZMENTE, DEIXEI EM SEGUNDO PLANO. HOJE, FAÇO O 2º ANO DE DIREITO E ACREDITO QUE ENCONTREI MEU CAMINHO PROFISSIONAL, VISTO QUE, ATÉ HOJE FUI APENAS UMA DONA DE CASA QUE MUITO SE DEDICOU AOS FILHOS.
QUERO AGORA CAMINHAR COM MINHAS FORÇAS E PROVAR À SOCIEDADE QUE A MULHER TEM SEU LUGAR AO SOL, SE ASSIM O PROCURAR

Godi (Go): Querida Núria Carla, sabe-se, que as novas tendências literárias trazem abordagens muito interessantes. Por exemplo, uma sobre o poema: ele não é fácil nem difícil. Em uma leitura, dependerá do investimento e dedicação do leitor.
Primeiramente, quando começou a escrever? Assim, como autora, peço-vos a falar um pouco sobre a palavra poética e o seu poder de reconstruir o mundo real e construir o universo poético.

Le: COMECEI A ESCREVER POEMAS DE FORMA EMOTIVA, SEM NENHUMA PRETENSÃO DE MOSTRAR MEUS ESCRITOS. MAS ISSO SE DEU AOS 36 ANOS, PORTANTO HÁ EXATOS 6 ANOS.
QUANDO INGRESSEI NA FACULDADE DE LETRAS, TIVE OS PRIMEIROS CONTATOS COM O UNIVERSO POÉTICO, COM OS AUTORES DO ROMANTISMO BRASILEIRO. O ENCANTO SE AMPLIOU AO CONHECER FLORBELA ESPANCA, NÃO SOMENTE A SUA VIDA PESSOAL, MAS A ESCRITA VISCERAL, DJUANISTA, EXCESSIVAMENTE PASSIONAL. NÃO ME SINTO DISCÍPULA DELA, MAS DIRIA QUE ELA ME ENCANTA DE UMA FORMA INEXPLICÁVEL.
ESCREVO EM SITES LITERÁRIOS HÁ 3 ANOS E MUITO APRENDI. MAS, A EVOLUÇÃO É CONTÍNUA E NEM MESMO EU SABIA QUE PODERIA FAZER SONETOS COM A DESENVOLTURA COMO SE RESPIRA.
JÁ PENSEI EM PARAR DE ESCREVER POR VÁRIAS VEZES, MAS ALGO DENTRO DE MIM ME CHAMA PRA ESSE UNIVERSO MÁGICO QUE É A ESCRITA. ADMIRO A ESCRITA DO MUNDO, FAÇO DO MEU MUNDO ALGO SUPERIOR, QUE CONSEGUE TRANSPOR OS PROBLEMAS COTIDIANOS. O AMOR É MINHA ROUPA NA ESCRITA.

Valdevinoxis (Val): De todas as formas poéticas, porquê a inclinação para os sonetos?

Le: ESSA É A MAIS FÁCIL DAS RESPOSTAS; NASCI COM UM SONETO CRAVADO AO PEITO. DE NOVO, NÃO DEIXAREI DE CITAR FLORBELA ESPANCA.
O SONETO ESTÁ PARA LEDALGE, COMO A ÁGUA ESTÁ PARA A NUVEM, NO ENTANTO, SOU ADEPTA DA FORMA LIVRE PARA O SONETO, PORQUE EU OS FAÇO IMPULSIVAMENTE. A IDÉIA VEM E A FORMATO EM POUCOS MINUTOS. NÃO SEI EXPLICAR ESSA TENDÊNCIA, É COMO SE EU TIVESSE PRESSA; UMA PRESSA EM DEIXAR MEUS VESTÍGIOS DE VIDA, COMO SE A CADA NOVO VERSO, EU AMASSE O MUNDO INTEIRO, OU O ODIASSE. NÃO SEI O QUE ME MOVE NESSE SENTIDO MAS, SEI QUE É A MINHA DIGITAL QUE ALI DEIXO.

Go: Pergunta de análise crítica a tua obra, Ledalge:
Essa pergunta a Ledalge, cabe no seu modo principal de transmissão poética: o soneto. Este multissecular molde poético-lírico, forma grande parte (a quase totalidade) de sua obra poética. Duas coisas eu destaco o talento de Ledalge no soneto: Tanto no soneto formal, metrificado, quanto nos versos mais soltos e de rimas toantes mostram sua enorme fertilidade poética e sua imensa versatilidade, através de um condensado conteúdo e de inefável melodia. A partir da forma como escreves como você observa o soneto praticado na atualidade e no nosso luso-poemas?

Le: A FORMA CLÁSSICA É ADMIRÁVEL. OS DECASSÍLABOS HERÓICOS SÃO MESMO OS
MAIS PRATICADOS NOS SITES ONDE TENHO A SORTE DE ESTAR. MAS, QUANDO EU QUERO FAZER UM SONETO HERÓICO, TENHO QUE PÔR FREIOS NOS MEUS INSTINTOS...E ISSO ME ABORRECE. MAS, COMO NO SONETO “SAFO E PROMÍSCUA”, EM QUE EXPUS O MUNDO DA FEMINILIDADE EXACERBADA, O RESULTADO FOI SOLTO E GRATIFICANTE.
ACREDITO QUE A TENDÊNCIA MODERNA É A LIBERDADE FORMAL MAS, UM BOM SONETO AINDA LEVA A MARCA DA MÉTRICA.
JÁ EXPERIMENTEI POR VEZES FAZER SONETOS HERÓICOS, QUE NÃO TIVERAM AMPLA ACEITAÇÃO DOS LEITORES. ACREDITO QUE A MARCA DE LEDALGE É A LIBERDADE. ALI A EMOÇÃO EXTRAVASA NUA E CRUAMENTE NADA CONTRA OS CANONES, A FORMA PURISTA. TANTO É QUE ADMIRO FRANCISCA JÚLIA, NOBRE POETISA DO PARANASIANISMO BRASILEIRO E MINHA QUERIDA BELA NO SITE. ENFATIZO OS SONETOS DE GODI, HENRIQUE PEDRO, Q14. SÃO FABULOSOS TALENTOS, QUE CONSEGUEM METRIFICAR COM CLASSE E PROFUNDIDADE.

Pedra Filosofal (PF): Já mencionaste, diversas vezes, Florbela Espanca como tua referência e impulsionadora da tua forma de estar na escrita. Que outros autores, consagrados ou não, te influenciam, seja de uma forma positiva ou negativa.

Le: FLORBELA ESPANCA É A MUSA MOR DA MINHA POESIA MAS TENHO INFLUÊNCIAS DE AUTORES POUCO CONHECIDOS. VOU CITAR AQUI, JUSTAMENTE, OS QUE ME APOIARAM E ME DIRECIONARAM NESSA ARTE: MARCOS LOURES E LUCAN. SOBRE ELES POSSO GARANTIR QUE ME LEVARAM PELOS BRAÇOS AO SONETO.
A FONTE DA INSPIRAÇÃO É A FEMINILIDADE, O ATO DE SER MULHER E AMAR SEM FREIOS. EU TENTO MOSTRAR QUE A MULHER É FONTE DE DESEJO, FONTE DE SOLUÇÕES, QUE ELA MOSTRA SUA INTIMIDADE SEM AMARRAS. TALVEZ SEJA UMA FORMA DIRETA DE AGIR MAS SOU INTENSA NAS LETRAS. NÃO SABERIA SER PUDICA NELAS.

Val: "JÁ EXPERIMENTEI POR VEZES FAZER SONETOS HERÓICOS, QUE NÃO TIVERAM AMPLA ACEITAÇÃO DOS LEITORES". Escreves para quem te lê? Escreves para te lerem? Ou escreves para ti? Já agora e por curiosidade, porquê em maiúsculas?

Le: MAIÚSCULAS? PORQUE É UMA MANIA MINHA ESCREVER SEMPRE ASSIM.
ESCREVO PRA QUEM ME LÊ MAS, ESCREVO PRA MIM. EU CHEGO AO MEIO TERMO E, SE NÃO ESCREVESSE DE FORMA NATURAL, COMO EU SOU MESMO, DE QUE ADIANTARIA MOSTRAR AOS OUTROS?
EU ESCREVO PRA MINHA ALMA, MAS SE A MINHA ALMA É LIVRE, PRA QUE AMARRAS?
CONSEGUE ENTENDER ESSE PARÂMETRO?
EU JÁ DELETEI 3 VEZES MINHAS PÁGINAS DO RECANTO DAS LETRAS, JÁ JOGUEI FORA MAIS DE 1200 TEXTOS, MAIS DE 50 MIL LEITURAS.
EU ESCREVO PRA MIM, MAS PRA QUEM ME LÊ, PORQUE MUITAS VEZES, AQUELE LEITOR NECESSITA DAQUELE POEMA NAQUELE MOMENTO. MUITAS VEZES, ELE SE AGARRA NAQUELE CONTEXTO E ATENUA SEUS PROBLEMAS. ESSA É FUNÇÃO DO POETA SER UM VEÍCULO DE VIDA.

PF: Núria, um dos problemas que os autores enfrentam hoje em dia é a questão do plágio. Com a publicação em blogs e sites de escrita como o lusos, o plágio fica facilitado. Que achas de quem plagia e como te sentes como possível "vítima" de plágio.

Le: ACREDITO QUE A CONTRAFAÇÃO E O PLÁGIO ANDAM DE MÃOS DADAS. PENSO QUE É UM ATO MEDÍOCRE, COVARDE, QUE PRECISA SER LARGAMENTE COMBATIDO. PARA ISSO EXISTE AQUI NO BRASIL A LEI 9610, QUE PROTEGE O AUTOR CONTRA ESSA INVASÃO AO SEU PATRIMÔNIO MORAL. TENHO RECEIO QUE ISSO JÁ ESTEJA ACONTECENDO COM MEUS SONETOS, MAS SE UM DIA SOFRER ESSE TIPO DE INVASÃO, NÃO TEREI NENHUM RECEIO DE PROCURAR OS MEUS DIREITOS.

PA: Núria, entre a mulher e a poetisa, ou em ambas, há algum grande desejo que aqui possa ser partilhado?

Le: O GRANDE DESEJO DA MULHER É IR A PORTUGAL E ESSE REALIZAREI EM BREVE, QUANDO EU VOLTAR ÀS MINHAS ORIGENS. ESTEJAS CERTO DE QUE BEIJAREI O CHÃO LUSITANO
A VONTADE DE PISAR O SOLO LUSITANO É TÃO INTENSA, QUE É COMO SE ALGO ME CHAMASSE NOVAMENTE PARA AQUELE LUGAR. UM DOS DESEJOS QUE HEI DE REALIZAR É VISITAR O TÚMULO DE FLORBELA. ESSE MOMENTO SERÁ TÃO GRANDIOSO, COMO FOI O NASCIMENTO DOS MEUS FILHOS. POSSO PARECER UMA SONHADORA, MAS SE EXISTE UM GRANDE SONHO MEU...É IR A PORTUGAL!!!

PF: O luso-poemas é um site com utilizadores portugueses e brasileiros, na sua grande maioria, o que tem levantando algumas polémicas, por formas de estar e de ser diferentes. É normal, claro.
Uma das polémicas que tem "assaltado" o Luso com maior ou menor frequência é o acordo ortográfico, com fortes posições a favor e fortes posições contra. Qual é a tua opinião?

Le: NÃO DOMINO MUITO O ASSUNTO MAS, ACREDITO QUE CADA PAÍS TEM QUE ATENDER AS ASPIRAÇÕES DE SEU POVO. CULTURAS DIFERENCIADAS DEVEM SER RESPEITADAS. DEVEMOS TER EM MENTE QUE O QUE TEM QUE SER VISTO ACIMA DE TUDO É A LITERATURA, INDEPENDENTE DE ACORDOS OU DESACORDOS.
SOU UMA APRECIADORA DA BOA ESCRITA E PRA UM AUTOR, O QUE BASTA É ISSO, A FORMA COMO SE ESCREVE. NA MINHA OPINIÃO É FATOR DE PREFERÊNCIA MAS, SE VOCÊS PUDEREM ME DAR UMA LUZ A RESPEITO DISSO, ADORARIA SABER MAIS.

PA: Núria, sem receios, e na totalidade, como é, por ti, visto o site Luso-poemas?


Le: O SITE LUSO POEMAS A PRINCÍPIO POUCO ME INTERESSOU PORQUE EU NÃO INTERAGIA DIRETAMENTE COM OS POETAS MAS, POSTERIORMENTE VI QUE ALI ERA O MEU LUGAR, UM LUGAR ONDE A ESCRITA É VALORIZADA, ONDE A FIGURA DO POETA É DINAMIZADA. ACREDITO QUE EXISTE UMA GRANDE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO SITE, PORQUE, ACIMA DE QUALQUER COISA, ACOLHE PESSOAS DO MUNDO TODO SEM DISTINÇÃO E SEM RÓTULOS.
VEJO ALI HARMONIA, EMBORA SAIBA QUE PESSOAS SÃO PESSOAS E QUE ÀS VEZES SE ENVOLVEM EM QUERELAS. MAS O SER HUMANO É ASSIM: CONFLITUOSO.
VEJO O SITE COM MUITO RESPEITO E SEI QUE ALI SE PENSA EM ARTE LITERÁRIA.
UM SITE DE CREDIBILIDADE, ASSIM O DEFINO.

Val: Pegando no fio desta meada, o que é que para ti está mal no site. De um modo cirúrgico e sem meias medidas, sobre o que é que agias ou o que é que mudavas?

Le: NÃO VEJO NADA DE MAL QUE MEREÇA CORREÇÃO. DIZEM QUE EM TIME QUE ESTÁ GANHANDO NÃO SE MEXE. PELA PARTE QUE ME CABE NO SITE, APRECIO A POSTURA DA ADMINISTRAÇÃO. O QUE EU QUERIA ERA A MAIOR INTERAÇÃO DOS POETAS COM A ADMINISTRAÇÃO MAS, SOU BEM CONSCIENTE DE QUE NÃO TERIAM TEMPO HÁBIL PARA TAL.
TIRARAM OS POLEIROS DE LEITURAS... ÓTIMO, ISSO EVITA ESTRELISMOS.
EU IA ESQUECENDO, PODERIAM AUMENTAR O NUMERO DE TEXTOS DE 5 PRA 10.

PF: Núria, disseste à pouco que tinhas apagado diversas páginas de poemas teus em sites de escrita. Poemas com muitas leituras, talvez até comentados por pessoas que gostaram de os ler. Disseste também que escrevias para ti, mas também para quem te lia, E que achas que, muitas vezes, aquele leitor necessita dum determinado poema naquele momento. Quando apagas os teus poemas, eles deixam de poder ser lidos, logo deixam de poder ajudar novos leitores ou de serem relidos pelos antigos, podes comentar?

Le: MINHA CONSCIÊNCIA FICA DORIDA, CONFESSO, MAS ACIMA DA POETA ESTÁ A MULHER. OS FATOS QUE ME FIZERAM EXCLUIR AS PÁGINAS FORAM MAIS IMPORTANTES DO QUE QUALQUER COISA. JÁ CHOREI, APÓS APAGAR AS PÁGINAS. MAS, VOLTEI. QUEM ME LÊ E MUITOS CONHECEM MEU TEMPERAMENTO, MINHA HISTÓRIA DE VIDA; ME ACOLHEM DE BRAÇOS ABERTOS.
HOJE EM DIA, ESTOU SELETIVA. PREZO PELA QUALIDADE DO LEITOR E NÃO POR QUANTIDADE.
LEDALGE NO RECANTO DAS LETRAS É CONHECIDA COMO A SONETISTA, NÚRIA NO RECANTO É CONHECIDA COMO POLÊMICA.
SE UM DIA, EU TIVER APENAS UM LEITOR LENDO UM TEXTO MEU, PODEM TER CERTEZA DE QUE AQUELE SER HUMANO SERÁ RESPEITADO. UMA COISA EU QUERO DEIXAR CLARO: AGORA É A POETA QUE FALA
A MULHER NÚRIA TEM SEUS CONFLITOS E TALVEZ POR ISSO SUSTENTE A LEDALGE.

PA: É importante que nos leiam, todos sabemos disso, mais o que dizer em relação aos comentários?

Le: OS COMENTÁRIOS TÊM SIDO VALIOSOS PRA MIM. COM TODO ESSE TEMPO DE SITES LITERÁRIOS, APRENDI A SELECIONAR O REAL COMENTÁRIO DO ILUSÓRIO. POR ISSO, OPTO QUASE QUE EXCLUSIVAMENTE PELO LUSO. PORQUE ALI, SE O POETA NÃO TIVER TALENTO, NÃO TERÁ VIGOR PRA PROSSEGUIR.
TENHO NOTADO COMENTÁRIOS DE BONS CRÍTICOS, MAS NÃO POSSO ESQUECER DE QUE TEMOS QUE INTERAGIR COM AMIZADE E CUMPLICIDADE.
QUANDO EU SINTO QUE UM TEXTO NÃO ME IMPULSIONA A COMENTAR, NÃO TENHO COMO FANTASIAR UMA INVERDADE.
VAMOS TER EM MENTE QUE ALI SE AVALIA A ESCRITA. ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE. SOMENTE ASSIM, COM VERDADEIROS COMENTÁRIOS É QUE O POETA BUSCARÁ MELHORAR A SUA LAVRA.

Val: Núria ou Ledalge, vou-te pedir que te faças a pergunta que não se fez e que deixes uma mensagem para quem te leu nesta entrevista.

Le: A PERGUNTA É: QUAL O MAIOR MOMENTO POÉTICO MEU?
EU, SEM DÚVIDA ALGUMA, CITO COMO MAIOR MOMENTO POÉTICO MEU, A PARTICIPAÇÃO NO AUDIO BLOG DE LUÍS GASPAR. LUGAR AOS OUTROS 71.
POR CURIOSIDADE ENVIEI MEUS SONETOS A ELE E, EM EXATOS 15 DIAS, LUÍS ME ENVIA EMAIL DIZENDO "SEU PROGRAMA ESTÁ NO AR".
FOI UM PRÊMIO LITERÁRIO PRA MIM, VINDO DUM SOLÍCITO RADIALISTA. SE NÃO ME ENGANO, ELE MAL ME CONHECIA E ABRAÇOU A IDÉIA DE FAZER UM PROGRAMA SOMENTE COM SONETOS.
A PARTIR DAQUELE DIA PENSEI: ACHO QUE ESCREVO MESMO!
UMA MENSAGEM:
EU DIGO A VOCÊ, MEU LEITOR, QUE NA VIDA AS PEQUENAS COISAS, OS PEQUENOS MOMENTOS SEMPRE VALERÃO À PENA.
SE VOCÊ É POETA, TENHA DENTRO DE SI DE QUE ÉS UM TRANSFORMADOR SOCIAL. DE QUE LEVAS ALEGRIA A MUITOS LARES DO MUNDO.
NÃO TENHO GRANDES AMBIÇÕES NA VIDA. APENAS PENSO QUE SERIA INJUSTO COMIGO MESMA DEIXAR MEUS ESCRITOS TRANCADOS EM PORÕES DO TEMPO, EM DIÁRIOS ESCONDIDOS E SOMBRIOS. QUERO DIVIDIR COM TODOS VOCÊS, PARTES DA MINHA VIDA, QUE NÃO É TÃO DIFERENTE DAS VOSSAS.
APENAS ACHO QUE QUEM É POETA, NASCE POETA E NÃO HÁ DICIONÁRIO DO MUNDO QUE SEJA CAPAZ DE TRANSFORMAR ALGUÉM.
DIZEM QUE O POETA É UM FINGIDOR? ACHO QUE O POETA É UM ESPERTO... ELE NÃO FINGE, ELE DESLIZA, ELE SE EMBRIAGA COM UM VELHO VINHO E SOLTA SUAS VERDADES.
SE HÁ UMA COISA QUE FIZ BEM NA VIDA, FOI TER FEITO VERSOS...ESSES SÃO MEUS E DO MUNDO QUE ME VÊ!


Navegue pelos artigos
Artigo anterior Abril 2008 - José Torres Junho 2008 - António Paiva Artigo seguinte
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 12/05/2008 20:26  Atualizado: 12/05/2008 20:26
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 680
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Aproveitei a entrevista para conhecer um pouco mais a poeta. Sensibilizou-me profundamente o facto de escrever em MAIÚSCULAS, porque sou um defensor do uso generalizado dessa forma de apresentar a escrita. Se o mundo escrevesse somente em maiúsculas e conforme fala seria mais fácil a compreensão geral e o fim do analfabetismo.

Ledalge prometo-te a leitura aos teus sonetos, que como qualquer forma de mostrar poesia, me agrada sobremaneira.

Onde te posso encontrar!...
Se te encontrei no amor dos teus
Os quais senti como puros poemas
Da Flor Bela que és tu a mãe.

Muitos são aqueles que teimam em estudar mas os poetas são os maiores teimosos da aprendizagem ...

Estuda-se para um diploma e aprende-se para se formar.
Felicidades ...

J


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 12/05/2008 20:26  Atualizado: 12/05/2008 21:12
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Honro-me muito em deixar o meu primeiro comentário no “Poeta do Mês”, para a Núria, esta poetisa que tanto me tem acompanhado e que me tem feito devorar os seus escritos (ainda não li todos, mas hei-de conseguir). Fico muito satisfeito, e, sem menosprezar os restantes poetas, penso que esta distinção é muito merecida, pois pelo que tenho lido da Núria, ela não é apenas uma poetisa de valor, mas também um mulher, boa mãe e sobretudo um pessoa que se sabe assumir como tal, que para mim, é um exemplo raro de encontrar.
PARABENS LEDALGE!


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 12/05/2008 21:01  Atualizado: 12/05/2008 21:01
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Olá Núria,

Fiquei muito contente de ver que este mês é tua esta distinção. Merecida, sobre vários aspectos: pela boa escrita, pela beleza dessa escrita e pela pessoa que se encontra em cada soneto teu.

Parabéns, Amiga!

Adorei a entrevista por te ficar a conhecer um pouco melhor.

Felicidades e muito sucesso.

Beijo cheio de Poesia


Enviado por Tópico
Pedra Filosofal
Publicado: 12/05/2008 21:20  Atualizado: 12/05/2008 21:20
Colaborador
Usuário desde: 17/09/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 1279
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Foi mais uma conversa que uma entrevista. Já conhecia a Núria/Ledalge e claro, foi uma excelente oportunidade para conhecer ainda melhor. Um destaque merecido pela pessoa e pela escrita.
Um beijo


Enviado por Tópico
Luis F
Publicado: 12/05/2008 21:46  Atualizado: 12/05/2008 21:47
Colaborador
Usuário desde: 15/08/2007
Localidade: Alcochete
Mensagens: 1184
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Antes de dizer outras palavras, começo por dar os parabéns à excelente poetisa Ledalge e afirmar que esta distinção, é merecida.

Ler esta entrevista, é ficar a conhecer um pouco mais da obra e da vida da pessoa, que se esconde por detrás das belas e perfumadas palavras, que encanta o nosso Lusos.

Mais uma vez amiga, para mim é uma honra ler e conhecer-te mais e melhor nesta distinção.

Com amizade
Luis


Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 12/05/2008 22:38  Atualizado: 12/05/2008 22:38
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Começo por constatar, com total agrado, que esta entrevista mantém o elevado padrão profissional e literário a que os seus produtores já nos habituaram, a que não será indiferente, certamente, a riqueza de carácter, personalidade e talento dos entrevistados. Aplaudo, congratulo-me e apresento à Administração e a Ledalge os meus parabéns sinceros.
Núria Figueiredo é uma das poetisas que conheci no Luso que muito estimo e aprecio. O essencial da sua personalidade e talento já o conhecia. Fui-o descobrindo nas muitas leituras dos textos que nos dá a conhecer, aqui no Luso.
A entrevista revela-nos agora muitas outras particularidades que, muito embora acessórias na definição do perfil intelectual, não deixam de ser enriquecedoras e melhor recortam a mulher, que é mãe sofrida (haverá mãe que o não seja?!) que sabe estar na vida em plenitude.
A obra poética de Ledalge, aquela que nos é dado conhecer, centra-se exclusivamente no soneto. Ledalge é, eminentemente, uma sonetista. De um soneto de qualidade, (é uma experiência a que amiúde me voto) será fácil extrair um poema livre que, nas mais exigentes perspectivas, sempre resultará enriquecido. Contrariamente, de um excelente poema livre dificilmente se comporá um bom soneto. Daí o meu apreço para os autores que primorosamente compõem sonetos. E Ledalge é uma máquina de escrever sonetos com alma. Mais uma vez parabéns. Um beijinho de muita amizade.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/05/2008 23:07  Atualizado: 12/05/2008 23:07
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Feliz idéia a entrevista com a Núria, escritora talentosa, que eu já conhecia de outras paragens.Aqui foi elucidado para mim o mistério das freqüentes saídas e retornos da poetisa ao Recanto e muitos outros aspectos da sua vida literária e pessoal que eu desconhecia.
Parabéns aos entrevistadores e a entrevistada!
Bjins meus, Betha.


Enviado por Tópico
q14
Publicado: 12/05/2008 23:15  Atualizado: 12/05/2008 23:15
Da casa!
Usuário desde: 02/10/2007
Localidade:
Mensagens: 247
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Ledalge,

Parabéns pelo destaque e pela entrevista e obrigado pela referência.

Votos de sucesso, q14


Enviado por Tópico
PauloAlves
Publicado: 12/05/2008 23:25  Atualizado: 12/05/2008 23:25
Colaborador
Usuário desde: 18/04/2008
Localidade: Bern, Suiça
Mensagens: 1806
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Ledalge, como poeta, fã e amigo, desejo-te tudo de bom, não só na escrita, mas na vida, pois mereces...
bjs
Paulo Alves


Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 12/05/2008 23:30  Atualizado: 12/05/2008 23:30
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 1930
 Re: Maio 2008 - Ledalge
A Ledalge é, para mim, um caso de estudo, fazendo fé nos factos divulgados, ainda que parcos, da sua biografia, certamente intensa e rica, compaginados com a surpreendente riqueza da sua escrita poética, domínio em que Ledalge, mormente no soneto, manifesta destrezas e automatismos notáveis. Ao frenesim de escrever, como se por vezes as palavras se acotovelassem umas às outras, Ledalge não cede rédeas de coerência em que denota marcas de verdadeira autoria, com critérios nas opções de imagens e de representação de sentidos...Grande parte das vezes, de um efeito literário que lembra Florbela, em arrebatamentos verbais admiráveis, mais ainda, se se pensar que Ledalge começou a escrever, como ela própria diz, aos trinta e seis anos. Mas Ledalge é uma estrela (muito jovem ainda), com brilho próprio, intenso, diamantino, que brilhará cada vez mais intensamente à medida que se olhar para ela.
Para finalizar, parabéns à equipa do luso que promoveu e realizou esta "conversa-entrevista" com tanto esmero e, claro está, à poetisa merecedora de todo o destaque e aplauso.
Felicidades para ambos.
Carlos Soares


Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 12/05/2008 23:46  Atualizado: 12/05/2008 23:46
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Parabens a Pedra Filosofal e a vc Ledalge, esta é uma bela e interesante entrevista. Vc se revela uma pessoa linda,uma mulher extraordinária.Interessante como as entrevistas aproximam, convergem nossos pontos de referencia, facillita a linha de leitura. Estou muito feliz com esta homenagem. Vc Ledalge é mais do que merecedora.Grande abraço amiga querida. Beijos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/05/2008 23:47  Atualizado: 12/05/2008 23:47
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Querida poetisa,
fiquei imensamente encantado com as respostas dadas,
perguntas inteligentes seguidas de respostas satisfatória. É muito bom conhecer melhor
quem já gostamos de carteirinha, assim não há dúvidas dos motivos pelos quais gostamos,
Como eu disse antes, degustei cada informação dessa entrevista como sendo de grande importância,
afinal, passamos a ter mais motivos pra admirar não apenas um nome, mas a pessoa que está por
traz desse nome, nome este, que certamente foi feito, que não nasceu sozinho, foi feito por uma pessoa muito capaz.

Que Deus abençoe você Núria/Ledalge e sua família.
Grande beijo deste amigo aqui.


Enviado por Tópico
Arcanjo Miguel
Publicado: 12/05/2008 23:48  Atualizado: 12/05/2008 23:48
Da casa!
Usuário desde: 02/07/2007
Localidade: Rio de Janeiro/RJ - Brasil, 38 anos, Escritor Amador
Mensagens: 338
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Seria impar ou singular deixar aqui expostos brevetes de admirações plenas, pois na sua total pluralidade verbal Ledalge e a conjunção de uma nota só transformada em poesia em pautas abreviadas dentro do coração...


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 13/05/2008 02:21  Atualizado: 13/05/2008 02:21
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4525
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Parabéns Núria pelo justo reconhecimento e pela entrevista, você é uma mulher de muita coragem e de bela poesia.

Estou grata por conhecê-la um pouco mais.

Beijinhos
Tudo de bom para si


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/05/2008 08:29  Atualizado: 13/05/2008 08:29
 Re: Maio 2008 - Ledalge
PARABÉNS LEDALGE PELA MAGNIFICA ENTREVISTA, PELA MULHER E POETISA...
TALVEZ O MUNDO SE TORNASSE MAIOR SE MUITOS OLHASSEM COM TANTAM BELEZA ESTA INFINIDADE DE PALAVRAS...
BEIJINHO ENORME

CONCEIÇÃOB


Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 13/05/2008 09:03  Atualizado: 13/05/2008 09:03
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Querida Núria, parabéns pela entrevista, onde mostraste ser uma Senhora da Escrita e da Palavra.
Adorei saber que tens essa admiração enorme por Florbela Espanca, tal como eu. E é maravilhoso saber que te lançaste na escrita e nos estudos mais tarde do que o habitual, mas contudo com um afinco que servirá de exemplo para tantos.

Beijinhos e felicidades

Vera


Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 13/05/2008 09:34  Atualizado: 13/05/2008 09:34
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Núria, agradeço a lição que você nos deu. Além de grande poeta, que é de fato, mostrou-se uma grande mulher. o meu afeto sempre,

júlio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/05/2008 10:37  Atualizado: 13/05/2008 10:37
 Re: Maio 2008 - Ledalge
ESTIMADA AMIGA E POETISA LEDALGE, EM PRIEMIRO LUGAR QUERO ENVIAR-LHE OS MEUS MAIS SINCEROS PARABÉNS PELA FORMA POSITIVA E ABERTA COM QUE ESTÁ NA VIDA E A LUZ QUE TROUXE AO LUSO COM SEUS MARAVILHOSOS POEMAS.

UMA VIDA LINDA MARAVILHOSA DE ADMIRAR E RESPEITAR.

CÁ FICO AGUARDANDO ANSIOSO POR LER SUAS OBRAS DE ARTE.

UM ABRAÇÃO AMIGO



Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 13/05/2008 11:31  Atualizado: 13/05/2008 11:31
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2742
 Re: Maio 2008 - Ledalge
A forma pujante como defines a tua escrita e o que te levou a escrever, traça em letras os teus contornos de personalidade forte e justa. Merecedora de toda e qualquer homenagem, a Núria é a mulher plena, a mãe extremosa e a escritora melodiosa que se define a cada letra.
Um beijo deste lado do Atlântico que ficaz guardado para quando cá vieres.


Enviado por Tópico
João Filipe Ferreira
Publicado: 13/05/2008 11:35  Atualizado: 13/05/2008 11:35
Colaborador
Usuário desde: 08/10/2006
Localidade: Lavra-Matosinhos
Mensagens: 1047
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Muitos parabéns Ledalge pela entrevista...está fantástica e demonstra bem a sua força e a sua beleza, beleza essa que sempre faz passar para cada palavra que escreve.

bem merecido este destaque:)

beijinhos de felicidades :)


Enviado por Tópico
rosamaria
Publicado: 13/05/2008 12:40  Atualizado: 13/05/2008 12:40
Colaborador
Usuário desde: 10/09/2006
Localidade: Mindelo - Vila do Conde
Mensagens: 1015
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Olá Núria
Parabéns pela maravilhosa entrevista que nos ofereceste. É muito bom mesmo conhecermos um pouco mais da mulher que está por detrás de uma simples foto e que dá corpo à elevada qualidade poética.
Adorei simplesmente
um terno beijo
Rosamaria


Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 13/05/2008 13:13  Atualizado: 13/05/2008 13:13
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Núria,
deixo aqui o meu fraterno abraço e os votos de que nos continues a prestigiar com a tua escrita de elevada qualidade.

Este site é uma casa de valores e, o papel do colaborador do mês não se esgota no simples facto de se ter um mês de "projecção". Antes pelo contrário, ao aceitar ser-se colaborador Luso, assume-se perante a comunidade literária a que pertencemos, uma responsabilidade acrescida de tentativa de melhoria constante, de assertividade, de apoio aos que aqui chegam.
Ou seja... veste-se a "pele Lusa" (Assim o senti quando me elegeram colaboradora).

Sei que a Núria de tudo fará para honrar e dignificar a escrita em geral e o Luso-poemas em particular e, por isso, aqui expresso os meus votos de que este momento seja o príncipio de uma longa caminhada juntos: nós e a Núria e vice-versa. Em crescente!!!

Parabéns à equipa de entrevista; parabéns à Núria e um fraterno beijo da Mel


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/05/2008 15:17  Atualizado: 13/05/2008 15:17
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Que surpresa maravilhosa!! Eu sou fã incondicional dessa mulher!!

Parabenizo todos aqueles que fizeram essa escolha do Luso do mês.

Amiga Ariana, sua entrevista apenas é uma constatação de tudo aquilo que vi em vc desde o momento em que te conheci virtualmente. Todas as suas respostas demonstram a sua força interior inabalável em todos os níveis da sua existência. E suas fotos passam uma luz que emana do seu sorriso, dos seus olhos arianos e da sua presença marcante.

Desejo a vc: escritora, mulher, mãe, menina, esposa, amante....que o Universo conspire sempre a seu favor e realize todos os seus sonhos nessa jornada e que todos nós possamos ser testemunhas oculares e aplaudir seu sucesso sempre!!

Que meu abraço encontre seu sorriso

Bastante sorte pra você!!

da sua fã e amiga,

Helen De Rose.


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 13/05/2008 17:58  Atualizado: 13/05/2008 17:58
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Maio 2008 - Ledalge ( CELSO BRASIL)
Parabéns!!!
Olá, Núria!
Venho parabenizá-la pelo destaque em LusoPoema.Net.
Fiquei orgulhoso por nossa querida abraliana ter conquistado mais este merecido reconhecimento.
Sua entrevista está no espaço "Minhas Publicações" em www.nuria.abrali.com em PDF para que seja eternizado, junto com muitos outros que haverão de vir.
Fiquei frustrado por não ter conseguido publicar meu comentário no site, por não ser cadastrado, mas poderá transcrevê-lo lá, se quiser, ok?
Espero que nosso novo Portal venha venha propiciar mais divulgação do seu belo trabalho em breve.
Recebe meu abraço, reiterando meus cumprimentos por mais esta conquista.
SUCESSO, menina!
Celso Brasil

Enviado por Tópico
Zélia Nicolodi
Publicado: 13/05/2008 19:31  Atualizado: 13/05/2008 19:31
Colaborador
Usuário desde: 18/01/2008
Localidade: Curitiba - PR.
Mensagens: 983
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Já havia lido sua entrevista ontem a noite...Voltei para deixar meu comentário.
PARABÉNS!!! Muito merecido o destaque para a grande sonetista Ledalge!!! Que você cresça a cada dia, merecidamente!!!
Beijos de carinho e muita luz...


Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 13/05/2008 20:15  Atualizado: 13/05/2008 20:15
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Bacana ter você como nossa representante no Luso do mês.Melhor ainda conhecer tua história de vida e as profundezas de tua alma.

Beijo grande en teu nobre coração.

Karla Bardanza


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/05/2008 20:38  Atualizado: 13/05/2008 20:49
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Enquanto caminhamos entre os seus versos, deparamos sempre com belas palavras nessa obra que você escolheu para voar. Queremos você Núria, nos brindando com suas lindas poesias.
Faço aqui uma representação:
“O cometa e o Poeta não tem idade, e o evento do aparecimento dos dois é sempre festejado com alegria. Só que; o rastro do Poeta ofusca os olhos e aquece os corações dos ledores entre as luzes e as emoções das poesias. O cometa, não.”

Parabéns Núria
Merecida homenagem.
Linda entrevista.

José Silveira


Enviado por Tópico
MARCOSLOURES
Publicado: 13/05/2008 21:32  Atualizado: 13/05/2008 21:32
Muito Participativo
Usuário desde: 13/05/2008
Localidade: ALEGRE ES BRASIL
Mensagens: 63
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Muito feliz por teres me citado querida amiga,
tu sabes o quanto eu te admiro. Um beijo no teu belo coração.


Enviado por Tópico
Fátima Rodrigues
Publicado: 13/05/2008 22:43  Atualizado: 13/05/2008 22:43
Da casa!
Usuário desde: 03/07/2007
Localidade: Setúbal - Portugal
Mensagens: 490
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Não podia deixar de vir deixar-te um beijo aqui minha querida amiga!
És, na minha humilde opinião, uma das Grandes Poetisas desta nossa casa.
Dizer-te que te admiro, não será já novidade para ti, mas minha admiração cresceu depois de ler tuas sábias palavras nesta entrevista.
És não só uma grande poetisa como um grande mulher.
Abraços e beijos
PS: Cá te espero amiga!


Enviado por Tópico
SoniaNogueira
Publicado: 14/05/2008 13:37  Atualizado: 14/05/2008 19:10
Colaborador
Usuário desde: 31/10/2007
Localidade: Fortaleza
Mensagens: 659
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Tenho uma admiração especial pelos seus poemas, gosto do estilo, dos temas e da criatividade poética. Pergunto: Há momentos para cada inspiração ou o tema é suficiente para a descrição dos textos. Sucesso e abs.


Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 14/05/2008 14:27  Atualizado: 14/05/2008 14:27
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Querida amiga: que mais poderei acrescentar, a tudo que já foi dito pelos meus antecessores. Pouco mais.

Direi apenas, que esta distinção é fruto do teu excelente trabalho com que nos tens presenteado. Além de excelente poetisa! És igualmente uma excelente amiga, e uma mulher de corpo inteiro.

Parabéns querida Núria!

Beijinhos, de admiração e amizade.

Mário


Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 14/05/2008 18:37  Atualizado: 14/05/2008 18:37
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14954
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Querida poetisa Núria

Bela entrevista... Parabéns

Mãe dedicada
Mulher apaixonada
Olhos no infinito
Em busca da verdadeira
Flor que é encontrada
Na poesia de belos versos
Tua essência maravilhosa
Em cada verso a descoberta
De uma mulher antes de tudo
Amiga e companheira da poesia
Obrigado pela partilha de sua vida

Adorei conhecer um pouco de você
amiga poetisa dos sonetos de Luso

Um grande beijo


Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 14/05/2008 20:34  Atualizado: 14/05/2008 20:34
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Só te desejo as maiores felicidades do mundo

Beijos


Enviado por Tópico
Andy
Publicado: 14/05/2008 20:56  Atualizado: 14/05/2008 20:56
Colaborador
Usuário desde: 01/08/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2165
 Re: Maio 2008 - Ledalge
...olá Núria ...não podia deixar de felicitar-te por este merecido destaque, és sem dúvida alguma, uma das grandes poetisas que campeiam nesta casa chamada luso-poemas, exímia sonetista, partilhamos a devoção pela mesma diva que dá pelo nome de Florbela Espanca, a tua entrevista demonstrou toda a essência da Mulher, que já conhecia, pelas palavras connosco partilhadas!
...desejo-te muitas felicidades


beijo do andy


Enviado por Tópico
Willian Figueiredo
Publicado: 15/05/2008 03:01  Atualizado: 15/05/2008 03:01
Super Participativo
Usuário desde: 02/02/2008
Localidade: Governador Valadares
Mensagens: 180
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Falar de Ledalge... de Núria... não é fácil... principalmente diante de comentários que já expressam tudo e que são muito belos do que eu poderia citar... também sou suspeito porque sou um fã incondicional... além de considerá-la uma amiga... Seus escritos são inconfundiveis... com um vocabulário digno de escritores imortais... Ledalge não é apenas uma poeta, mas como já disse a ela em particular... é um "Anjo dos Poetas"... tem um carinho e cuidado que é motivador... oferecer esse espaço a essa escritora foi um ato de reconhecer esse talento magnifico... Ledalge nasceu pra brilhar... Núria com seu amor criou Ledalge... e com este ato tão sublime ofereceu a nós... o balsamo de sua glória... Parabéns minha amiga... você merece todo o reconhecimento pelo seu nobre trabalho... bjos no seu coração...


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/05/2008 04:18  Atualizado: 15/05/2008 04:18
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Cara Ledalge.

De cada amigo um presente:
Um sentimento de carinho e amor.
Homenagearam a mãe, a mulher, a amiga e, acima de tudo, a poetisa.
Uma festa muito linda, de causar inveja.
Aceite também os meus parabéns.
Ulysses


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/05/2008 10:14  Atualizado: 15/05/2008 10:14
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Adorei ler a sua entrevista.
Parabéns por este prémio meritório.

Beijinhos...

Frank_Mike


Enviado por Tópico
RobertoFraga
Publicado: 15/05/2008 16:08  Atualizado: 15/05/2008 16:08
Novo Membro
Usuário desde: 15/05/2008
Localidade:
Mensagens: 1
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Achei singular a sua entrevista. Você despiu-se por inteiro, deixando transparecer, de forma indelével, a imagem de uma mulher batalhadora que soube enfrentar os percalços da vida com muita determinação e, acima de tudo, inteligência. O seu despertar poético deixou que aflorasse a enorme diversidade de sentimentos que clamava por liberdade , ficando evidente a admirável perseverança que a impulsiona sempre em direção à concretização de seus sonhos, representando o encontro da sensibilidade com a criatividade, ambas presentes nos seus textos, oferecendo a que os lê uma oportunidade única para um relaxante exercício reflexivo acerca dos belos sentimentos ali expressos de forma tão arrebatadora. RobertOpen in new windowRoberto Fraga


Enviado por Tópico
beatriz barroso
Publicado: 15/05/2008 16:42  Atualizado: 15/05/2008 16:42
Super Participativo
Usuário desde: 03/07/2007
Localidade:
Mensagens: 164
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Parabéns.
A uma mulher a sério.
A uma mulher por inteiro.
A uma mulher que escreve a vida a direito,
sem titubear,
sem vacilar,
A uma mulher que leva escrito no peito,
A palavra Amor.
Não sem sacrifício,
Não sem dor,
Apenas sem medo de ser Mãe,
O mais belo dos predicados,
O melhor dos atributos,
De se ser Mulher!

Um bjo de Parabéns,


Beatriz Barroso


Enviado por Tópico
Nilton
Publicado: 15/05/2008 17:46  Atualizado: 15/05/2008 17:46
Muito Participativo
Usuário desde: 13/09/2007
Localidade: Brasília - Distrito Federal
Mensagens: 54
 Re: Maio 2008 - Ledalge
LEDALGE,

Poucas palavras para uma vida,
Que com garra supera desafios,
Fortaleza que enfrenta a lida,
Sem importar com mares bravios!

Vejo simplicidade em cada gesto,
Expondo o passado e a aspiração,
Ato de coragem nesse manifesto,
Clarificando a Poetisa de coração!

Só me cabe o agradecimento,
Por proporcionar tal momento,
De conhecer a tua história.

E te desejar a conquista pleiteada,
Pois, mereces ser recompensada,
Com os louros da vitória!

FELICIDADES!


Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 15/05/2008 19:03  Atualizado: 15/05/2008 19:03
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5591
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Oi!!! Eu estava pensando, desde o dia em que li a tua entrevista, em lhe dizer algo... Por isso, meu recado chega meio atrasado.
Estou a pouco tempo no site... Percebi que as junções que se formaram estão dentro duma "espécie de bolha" e para adentrá-la não é fácil... Mais isso acontece em qualquer lugar, onde o ser humano está para se relacionar. o mundo segue assim...
Só que com você, com toda a sinceriadade, é diferente... Aqui não direi nada sobre a poetiza Ledalge, não precisa, já que é de um talento ímpar, fazendo inclusive eu gostar de sonetos ( não apreciava muito não, risos..)
Queria dizer da mulher Núria...
Olha amiga(Já te considero assim) mesmo nas relações pessoais, fora da net, é difícil encontrar uma pessoa tão acolhedora, tão carinhosa e estimulante como você. Aqui na minha região, dizemos que uma pessoa forte, com o teu jeito, "é um esteio, segura a ficada"... Pois bem, O Luso, o mundo e Deus que te conserve! Precisam muito de você!
Valeu mulher!
Um grande beijo!
Edilson


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/05/2008 22:46  Atualizado: 15/05/2008 22:46
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Conheço Ledalge a praticamente dois anos, e nessa entrevista fica bem clara a personalidade forte de uma mulher guerreira, mas de coração afetuoso para com todos que a rodeiam;
Minha identificação com a obra e a pessoa dela foi imediata, e assim tive o prazer e a felicidade de escrever junto com ela alguns sonetos, sempre ao praticar dela um transbordante lirismo e fecundidade poética.
Ledalge é talvez a poetisa com maior fecundidade literária que já conheci. Mas as poesias (compreende por sua maioria, sonetos) possuem uma invulgar capacidade lírica e com níveis de qualidade sem haver perda de sua unidade, fato que a engrandece e que não acontecem com todos os poetas que já pude acompanhar.
Analisando a criação Ledalgiana vemos nos seus textos a identificação com Florbella Espanca. Muitos dos versos de Ledalge confundem-se com os versos da imortal poetisa Lusa. São versos telúricos, de intensidade e versatilidade com os versos.
Ledalge não é formalista em sua essência de poeta. Mas soube ser quando o quis e fez escrever sonetos decassílabos de valor igual a sua lavra. Mas Ledalge não é de se aprisionar, seus sonetos com ritmos fortes fez do soneto seu idioma poético, e o faz na fronteira dos versos líricos. Enfim, Ledalge é uma grande e notável poetisa!

Fui eu que a trouxe para o Luso. E orgulho-me deste fruto que cresceu e se frutificou!
Com ela é assim, sem se auto-bajular ou se promover a qualquer custo, foi encantando a todos no nosso espaço. E sem bater no peito dizendo sou poeta!, pois somente as medíocres pessoas acham que estão fazendo algo muito novo, muito sério...
Ela não fala de si próprio nos comentários, fato típico de quem precisa ganhar espaço a todo custo, nunca pela competência literária! Ela fala de si próprio na poesia, não precisa de holofotes, possui brilho próprio sem precisar perder a humildade assim sendo haveria melhor forma de se expressar?!

Muito axé para você Ledalge!
Parabéns!





Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 15/05/2008 23:58  Atualizado: 15/05/2008 23:58
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Ledalge, creio que só faltava eu...
Pois ainda virei a tempo? De aqui a dizer o quanto te admiro e o quanto te acho importante enquanto poeta e colega desta casa.
É de pessoas assim, que este site precisa para continuar bem vivo e a ser o espaço de que todos gostamos e onde todos nos sentamos lado a lado, sem vedetismos.
Gostei imenso de te ler nesta entrevista.
Estiveste à altura dos entrevistadores, respondendo muito bem a todas as perguntas feitas.
Parabéns!

Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/05/2008 19:22  Atualizado: 17/05/2008 19:22
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Minha amiga Ledalge.
Já tinha passado pela entrevista. Fui saboreando as emoções. Hoje comento, para te deixar um beijo de felicitações pelo destaque merecido no Luso.
Todos conhecerão melhor assim uma inspirada e generosa poetisa, no uso da palavra escrita.
Gostei de te conhecer melhor nesta entrevista.
Um beijo


Enviado por Tópico
FredericoSalvo
Publicado: 18/05/2008 01:09  Atualizado: 18/05/2008 01:09
Colaborador
Usuário desde: 23/01/2008
Localidade: Belo Horizonte - MG - Brasil
Mensagens: 1327
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Querida amiga Núria,
Foram dois grandes prazeres no transcorrer de poucos dias. Um deles foi escrever em dueto com você o soneto "Semente de amor" e agora, para minha grata surpresa, foi vê-la por aqui como entrevistada do mês. Quero parabenizá-la e desejar que continue nos encantando com a beleza e profundidade de seus textos.
Um grande abraço do amigo.
Frederico Salvo


Enviado por Tópico
Valderez de Barros
Publicado: 18/05/2008 01:55  Atualizado: 18/05/2008 01:55
Participativo
Usuário desde: 11/08/2007
Localidade: Maceió-AL
Mensagens: 20
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Estou feliz com a escolha da Ledalge para destaque do mês.Uma escolha merecida!
Conheci a Núria no Recanto das Letras, quando li, no Dia das Mães do ano passado, um texto onde ela dizia ser uma mãe especial e falava sobre o seu filho Leonardo.Aquele texto me emocionou tanto, pela grandiosidade do amor de mãe que se percebia nele, que eu quase não consegui lê-lo direito, porque as lágrimas atrapalhavam.Desde então, continuo me emocionando sempre que a leio.
A Núria é uma poetisa encantadora, de um talento e sensibilidade notáveis, que eu admiro e respeito.É também uma amiga maravilhosa, que me incentiva demais, com seus comentários generosos e, eu sei, são escritos com o coração.
Parabéns aos criadores e administradores do Luso-Poemas!!!
Parabéns pra ti, Núria, minha queridíssima amiga, pela homenagem tão linda!!!
Grande abraço!!!


Enviado por Tópico
Junior A.
Publicado: 18/05/2008 01:59  Atualizado: 18/05/2008 01:59
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2006
Localidade: Mg
Mensagens: 894
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Penso eu que tenho grande culpa neste encantamento que cá se derramou com teus versos.
Nosso encontro ao recanto não fora um dos melhores, mas logo acometeu-me tal vislumbre pelos teus versos. Teu ar de Espanca bem me fizera naquele dia.

Parabéns, honras merecidas á ti Poetisa.


Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 18/05/2008 10:51  Atualizado: 18/05/2008 10:51
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Dou os meus parabéns à administração do Luso, pela escolha de Ledalge, para o colaborador do mês
Admiro muito esta nossa poetisa, tenho aprendido muito também com ela.
Para conhecer bem o poeta, temos que conhecer o que ele ou ela é na vida. A sua forma de estar, a sua forma de pensar, o seu humanismo. Assim sendo, conhecemos melhor a sua obra, o porquê da sua obra e Ledalge hoje, deu-me a conhecer o que já pensava dela, uma mulher cheia de amor pelo próximo, excelente mãe de familia e batalhadora.
Tudo isto reunido, deu uma grande Poetisa.

Parabéns pela sua obra Ledalge e também por aquilo que é.

bjs Ledalge
A. da fonseca


Enviado por Tópico
De Moura
Publicado: 18/05/2008 16:20  Atualizado: 18/05/2008 16:20
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2007
Localidade: USA / NJ
Mensagens: 752
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Olá Núria,

Que linda entrevista!!!

Em primeiro desculpa de só agora estar a comentar,mas quando uma pessoa trabalha full-time e estuda e tem familia, infelizmente o tempo não dá para tudo...
Com a tua entrevista li que temos muitas coisas em comum, até o nome de familia

A tua paixão por Florbela é a minha também
Mas pela tua entrevista li factos da tua vida que eu não tenho...por isso te valorizo muito...e não sei onde vais buscar tempo para sempre escrever...
E muito bem!!!
Estas entrevistas do Luso-Poemas são fantásticas uma pessoa fica mais perto da outra...sente que se conhecem, entendem muitas coisas que antes eram ocultas...
Os meus Parabéns pela linda mulher que és, a escritora, a mãe e a grande mulher lutadora que és...te desejo tudo de bom na vida, que alcances todos os teus objectivos...e sempre muita, muita força...porque não é nada fácil...eu que o diga!

Um beijo, Alcina


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/05/2008 21:37  Atualizado: 19/05/2008 21:37
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Ledalge,
Você é a prova cabal de que as habilidades inatas explodem no momento propício. Toda a sua veia poética já pulsava latente e certamente se manifestava de outras formas. Não há a hora certa para surgir o sujeito de sua própria história, há a hora em que o universo permite.
Um prazer e ainda um orgulho, ler essa entrevista.
Um beijo.


Enviado por Tópico
NinaAraújo
Publicado: 20/05/2008 19:32  Atualizado: 20/05/2008 19:32
Da casa!
Usuário desde: 19/05/2008
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 264
 Re: Maio 2008 - Ledalge
É uma alegria imensa encontrar esta poetisa,esta sonetista,esta encantadora de versos por aqui!Amei sua entrevista e desejo sempre luz para suas emanações poéticas que me embevece!Beijos cariocas. Nina Araújo.


Enviado por Tópico
Sant'Ana
Publicado: 21/05/2008 11:24  Atualizado: 21/05/2008 11:24
Participativo
Usuário desde: 13/03/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 34
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Olá Ledalge!

Fico feliz por ter conhecido um pouco mais da mulher que "respira" palavras em forma de sonetos.
Bom, destes apercebi-me prontamente da sua "pele" e "alma".
Felizmente que o lado mais "nocturno" de Florbela não está presente na Núria.

Um beijo, tudo de bom

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 23/05/2008 00:46  Atualizado: 23/05/2008 00:46
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Gostei de conhecer melhor a tua alma branca de poeta ardente e com a sensibilidade de mulher...

beijo


Enviado por Tópico
britoribeiro
Publicado: 23/05/2008 18:28  Atualizado: 23/05/2008 18:28
Muito Participativo
Usuário desde: 08/01/2008
Localidade: Vila Praia de Âncora
Mensagens: 51
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Parabéns pelo merecido destaque e pela entrevista lúcida e pragmática.

Abraço




Enviado por Tópico
flavio silver
Publicado: 24/05/2008 11:08  Atualizado: 24/05/2008 11:08
Colaborador
Usuário desde: 24/09/2007
Localidade: barcelos
Mensagens: 1001
 Re: Maio 2008 - Ledalge
olá Legalde, desculpa o atraso.
aqui foi feita a justiça a uma grande sonetista
que de amor entende como um ser universal.
gostei de toda a entrevista.de cada palavrinha tirei um conselho.
o teu caminho está traçado e daqui a nada estarás no palanque dos melhores.
aceita um beijo meu como troféu.
continua sempe e sempre até que o mar dos teus sonhos se esgote(o que duvido).
força!
bjs.




Enviado por Tópico
Margarete
Publicado: 24/05/2008 13:46  Atualizado: 24/05/2008 13:46
Colaborador
Usuário desde: 10/02/2007
Localidade: braga.
Mensagens: 1199
 Maio de 2008, o mês da Núria (para ti amiga)
andava às voltas a tentar escrever-te alguma coisa desde que a entrevista saiu mas não fui capaz e nem hoje serei capaz de te dizer tudo o que me apetece, nem amanhã conseguirei fazê-lo porque o que me fazes sentir transborda em todas as palavras e não cabe em nenhuma.
digo-te apenas hoje que és das mias notáveis poetas desta casa, os teus sonetos enchem os meus olhos de poesia e digo-te isto tendo consciência que não sou poeta, nem escritora, nem nada, hoje não sou nada mas sou alguém, alguém que procura em sia djectivos que te qualifiquem mas que se fica pela procura porque nenhum deles chega.
És tu e seres tu basta para que enriqueces a minha vida e despontes mil e um sorrisos em meu rosto.

Beijo Núria.


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 24/05/2008 14:31  Atualizado: 24/05/2008 14:31
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Há muita força e beleza nos sonetos da Ledalge. Ler seus textos é um deleite um mergulho num oceano de sons, imagens, sentimentos... isso é dito por todos que conhecem seus sonetos... rsrs. A mulher por trás deste talento é generosa por demais, humilde em sua grandeza, o que a torna MUITO ESPECIAL. E agora sabendo um pouco mais de sua vida, compreendo tanta gentileza que despreende. Deus realmente tem um plano para cada filho seu...
Ao chegar no Luso, a Nuria me acolheu com muita simpatia (que lhe é inerente), de braços abertos...
Querida Poetisa! parabéns pelo seu talento transbordante! Admiro sua força!

Beijo no coração

Maria Verde


Enviado por Tópico
Alexandre Tambelli
Publicado: 25/05/2008 01:29  Atualizado: 25/05/2008 01:31
Novo Membro
Usuário desde: 25/05/2008
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Ledalge querida! Que bom ver esta homenagem para você no Luso-Poemas, muito merecida e com uma entrevista que mostra exatamente como você é e como é a sua Poesia! Sou seu fã e tenha certeza que o seu modo de escrever poemas é belo, particular e tem uma força interior imensa!

Continue a expressar-se dessa maneira, libertária, veloz, apaixonada, criativa e sentimental, geralmente, através de sonetos! Estas são as suas marcas registradas! É um prazer ler o que você escreve! Um beijo amiga, fiquemos com Deus, Alexandre!


Enviado por Tópico
shirley
Publicado: 22/06/2008 20:52  Atualizado: 22/06/2008 20:52
Da casa!
Usuário desde: 22/06/2008
Localidade:
Mensagens: 351
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Creio eu, que esta entrevista é uma justa homenagem a uma magnifica como vc, de um talento estelar que ao mundo deve se propagar. Beijo grande minha amiga do core.


Enviado por Tópico
fcoferreira
Publicado: 10/07/2008 02:01  Atualizado: 10/07/2008 02:01
Da casa!
Usuário desde: 06/07/2008
Localidade: Joao Pessoa
Mensagens: 339
 Re: Maio 2008 - Ledalge
Quanto talento e sensibildade minha cara poetisa, nao precisa lhe conhecer a muito tempo pra descobrir quanto talento e inteligencia brota desssa mente brilhante, a sua entrevista e a leitura de seus sonetos demosntra a perfeição da sua poetica.Parabens a vc minha querida, te desejo todo sucesso do mundo!!

Links patrocinados