Poemas, frases e mensagens de Avelar

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Avelar

E, o homem disse, até amanhã!

 
E, o homem disse,
até amanhã!

O amanhã chegou cedo
nas curvas e contracurvas,
da vida, havia um segredo.

Os ventos trazem chuvas
o homem que nada temia: parou!
Parou com medo!

Era tarde demais
o tempo passava depressa
gritos surgem dos arrais,
ninguém tem pressa.

Estava tudo previsto;
tudo perdido!

O homem que tremeu três vezes
três vezes voltou a tremer,
e…nada exclamou!

A valentia de outrora
acabava assim!
lentamente chegava aquela hora
ninguém por perto havia
a vida é isso mesmo
sempre ganhara, agora perdia.

No primeiro dia…
…todos nascemos sozinhos,
caminhamos, quantas, e quantas vezes,
sozinhos.
Num outro dia, morremos, completamente:

SOZINHOS!!!!!!

Alberto Avelar
 
E, o homem disse, até amanhã!

Vou inventar

 
Poema
Vou inventar

Vou inventar sonho lindo
Traduzi-lo em palavras
Que se realizem, florindo,
Os sonhos que mais gostavas.

Vou inventar uma flor
Na forma de um coração
Para que só o amor
Seja elo de afeição

Vou inventar doce beijo
Para, na tua boca entregar,
Matando assim um desejo
Que nunca se pode adiar

E, se alguém desconfiar,
Porque o beijo é de paixão
Dizes que é um beijo vulgar
De amigos em comunhão.

Alberto Avelar
 
Vou inventar

SABE-SE LÁ

 
SABE-SE-LÁ

Sabe-se lá minha querida
Se o que o destino escreveu
Aquele amor-perfeito, na vida,
Era o meu e o teu.

Sabe-se lá meu amor
Se o que ficou por dizer
Transforma frio em calor
A esse novo amanhecer

Sabe-se lá minha amada
Ao dobrar aquela esquina
Se o tempo é de chegada
Entre o teu olhar de menina

Sabe-se lá...
...Se um coração,
Sente sempre igual
Amando-te, quero dizer,
Que o amar é essencial
Para nunca te perder.

Alberto Avelar
 
SABE-SE LÁ

Saborosa!

 
Saborosa

Que sabor tem o teu corpo?
Com certeza que sabias
Que o teu corpo tem magia,
Tem como nome, Maria,
E… sem ele, jamais vivia!

És o fruto que eu mais gosto
És o centro de atenções
Por isso é que eu aposto
Nesse amar sem condições!

Aí...
…Como é bom saborear,
No teu corpo…a tua alma,
Basta para ti olhar

e…é o gostar…
…Que… em nós se instala!

Depois…
Desse doce sabor,
Nessa entrega que nos une,
Não quero ficar impune,
Entes pelo contrário, envolto…
…No aroma do teu perfume!

Alberto Avelar
 
Saborosa!

Rio da minha alma

 
Rio da minha vida

A minha vida é um rio
onde passa tanta gente
aceita o meu desafio
envolve-te nele… calmamente.

Vem refrescar a tua alma
no rio que sou para ti
vês como a vida se acalma?
um amor, sobrevive assim!

És uma fera…
ou escondes um grande amor?
se assim fosse, quem me dera !
oferecia-te uma flor!!!

uma flor que eu guardado
no meu peito sofredor
estou por ti apaixonado

porque és tu…
….um sonho de amor!!!!

Alberto Avelar
 
Rio da minha alma

Na cama és meu amor!

 
O teu cabelo

Nas ondas do teu cabelo
Vejo um rio…ou talvez mar
Onde se passeia um veleiro
Comigo, vive o sonhar.

O teu corpo…
...é média luz!

Estrela…bem-vinda dos céus,
Todo o espaço me conduz,
Passando pelos braços teus.

Nas pétalas de uma flor
Eu procuro o teu calor
Em rimas, és minha musa,
Na cama, és meu amor!...

Alberto Avelar
 
Na cama és meu amor!

Sol e Lua

 
Sol e a lua

O sol cai sobre o horizonte
A Lua acende-se no espaço
Nasce luz no lampião da fonte
Onde, em silêncio nos amamos,
Uma flor…dei-te ao regresso!

Entre o cetim da tua saia,
Há um corpo a descoberto,
Existe um véu de cambraia,
No teu rosto…que é perfeito!

Vejo caravelas encantadas,
Nos teus seios…caminhar,
Com bandeiras desfrisadas,
Certamente: rumo ao mar!

Naquele recanto…só nosso!
Podes vir a qualquer hora
Estou aqui no mesmo espaço
Sonhando com aquele abraço
Do teu amar de outrora.

À noite…sonho contigo
Ainda que seja ilusão
Encontro-me em teu abrigo
No fogo, desta paixão!

Alberto Avelar
 
Sol e Lua

Uma rosa para ti

 
Amar…
É… lindo demais!

Há muitos sonhos…de sonhos,
Há qualquer coisa de querido
Quando teus lábios risonhos
Estiveram a sós…comigo.

E…quando o sonho me eleva
Para bem perto de ti
Sinto que fica essa entrega,
Aquela, que contigo vivi…!

Nesse recanto…te vivo,
Sinto ternura e carinho,
Sou teu amor exclusivo,
Estrada do mesmo caminho.

As palavras que outros dizem
Certamente os ventos levam
Importa que sejamos felizes
Nas carícias…que se entregam.

Em cada ciclo…se avança,
Ficam os sonhos mais reais!
Fica em mim a esperança,
Neste amar…lindo demais.

Alberto Avelar

UMA ROSA É PARA TI!

Esta rosa que te ofereço
Desenhada neste cartão
É uma rosa com endereço
Destino: teu coração.

Então, aí deves conservar,
Porque tu foste a escolhida
Para que possas lá guardar
Esse amor para toda a vida!

Esta rosa é de cor vermelha
Rosa, nascida de um botão!
Um amor vale sempre a pena
Quando existe uma paixão.

E, porque essa paixão existe,
Não posso viver sem ti
Meu coração ficou triste
Quando ficaste, e eu parti.

Há amor, mais-que-perfeito,
Amor que dá para sonhar,
Quero apertar-te ao meu peito
Para te poder mais amar

És o amor da minha vida
Aquela por quem me dei
Nesta vida incompreendida
Teu amor, eu, guardarei.

Alberto Avelar
 
Uma rosa para ti

Espera, Fica!

 
Espera, Fica!
 
ESPERA, FICA

Ainda trago no peito
O teu beijo…ali marcado,
Símbolo de amor, mais-que-perfeito!
Quero ficar sempre a teu lado.

Por favor, espera! Fica!
Porque te amo assim tanto?

Eu e tu…como o sol e a lua,
Contigo, a noite fica mais rica!

O sol parece mais claro!
Por favor, espera! Fica!

Ao ficares, fica também,
A esperança de te amar.
Por ti, sigo... Além…
…do mar!
Na esperança de te abraçar.

Alberto Avelar
 
Espera, Fica!

Alegre Amor

 
Alegre amor

O teu amor é alegre
Eu, em tudo me converto,
Quando na cama se recria
Entre nós…aquele dueto.

Esse amar…é suficiente?
Os carinhos ressuscitam!
Quando estamos frente a frente
Estas quadras…se recitam.

Esse amar…é tão amado,
Com desejos proibidos
Quando estamos lado a lado
Entre beijos…envolvidos.

Dá calor aos meus pedidos
Quero amar a vida inteira
Como frutos concebidos
Haste da mesma videira.


Os desejos…se multiplicam
Na doçura desse amar,
Onde corpos bem fechados
Se entregam no gostar.

Alberto Avelar
 
Alegre Amor

Vontade de partir

 
Poema
Vontade de partir

Que a vontade de partir,
Se transforme em alegria
Nessa paz que eu procuro.

Que a música de longe vinda
Seja forte…ainda que triste.

Sentida com alma...
…Será sempre querida!

Porque:

Metade de mim é o que eu juro
Outra metade…é o que eu nego

Queria ser muito mais puro,
Ao teu amor,
Quando me entrego.

Alberto Avelar
 
Vontade de partir

tua árvore

 
Tua Árvore

Como sabes, sou a figueira
para, no teu amor permanecer,
arvore feita a tua maneira!…

Quero que sejas só minha
Como se fosses andorinha
que do céu volta a descer.

Quero que faças teu ninho
nos ramos dessa figueira,
e para não me sentir sozinho
serei teu…a vida inteira!

Deixa entregar-te ternura
para quando sopra o vendaval
em meus braços ficares segura
até que passe o temporal

Deixa que seja a roseira…
…a produzir uma rosa,
que sejas tu a primeira
das rosas, a mais formosa!

Deixa que seja a videira
desse vinho purificado
que em nós fique a ideia…
…que tudo não é pecado!

Deixa que seja o colchão
onde deitas… o teu corpo,
para entramos em união…
ainda que…seja por pouco!...

Deixa que seja o teu querido,
que percebe o teu calor!…
Deixa, que o meu corpo despido,
cubra o teu, com tanto amor!!!

Alberto Avelar
 
tua árvore

Como nasce um Amor?

 
Como nasce um amor?

Como nasce um amor?
numa frase incompleta?
em que tudo fica por dizer…
com a entrega de uma flor?
ou…com uma amizade certa!

como te posso esconder?
não comando o coração!
tenho-o no peito a bater…
louco; louco de emoção!

Estou nesta encruzilhada
já não sei o que fazer
não posso dizer mais nada
terás tu que o entender.

Alberto Avelar
 
Como nasce um Amor?

Vamos juntos caminhar

 
Vem caminhar

Eu queria saber-te sempre minha
entregar um coração que por ti sofre
queria chamar-te de rainha
e a teu lado viver um tempo nobre

Mas: não há versos,
não há escritos, não há nada.
que possa transmitir
o que o meu coração sente
como dizer-te:

A vida sem ti …é malfadada!
A teu lado estarei sempre presente.

Sem ti, o poema não existe,
contigo, o amor é resistente.
É, por certo, sentido apaixonado
querida, meu amor…sonhado!!!

Por ti eu chamo… neste tempo tão difícil!
depressa, quero deste sonho acordar,
sem tua ajuda para mim é impossível
vamos juntos,
Nesta vida caminhar!!!

Alberto Avelar
 
Vamos juntos caminhar

Se eu fosse poeta

 
SE EU FOSSE POETA

Se eu fosse poeta
Escrevia para ti
Para que pudesses entender
Aquilo que nunca consegui dizer

Escrevia sobre o amor,
Dos rios que vão nascer,
Do frio e do calor,
De um sonho a florescer!

Escrevia também:

Sobre o teu sorriso,
Da paz que ele transporta,
Do verdadeiro paraíso,
Quando abrias aquela porta.

Se eu fosse poeta
Escrevia no branco do teu cabelo
Com tinta muito preta
Desafiando o modelo
Numa frase completa
Quantas saudades…despertas.

Se eu fosse poeta
À luz do teu olhar
Encontrava saída certa
Neste longo caminhar.

Mas….

Nunca soube escrever
E muito menos rimar,
Tu, quando chegas a perceber?
Como é bom….de alguém gostar!

Alberto Avelar
 
Se eu fosse poeta

EM ABRIL

 
Em Abril


Foi na chagada de Abril
Nesse dia em fim da tarde
Vi no meu peito…florir,
Este amar…que por ti arde.

Rosa de cor vermelha
Em Abril foste jardim
Onde nasce a flor primeira
Meu amor...vive para ti!

E…nessa noite desfolhei,
No teu corpo, flor tão bela
Que em sonhos caminhei
Para junto da tua janela!

Em Abril,

Rosa dos sonhos meus,
Desesperada, incontrolada,
Rosa envergonhada...!

Naquela fria madrugada,
Começávamos por adquirir...
…Tudo o que na vida faltava.

Alberto Avelar

Saborosa

Que sabor tem o teu corpo?
Com certeza que sabias
Que o teu corpo tem magia,
Tem como nome, Maria,
E… sem ele, jamais vivia!

És o fruto que eu mais gosto
És o centro de atenções
Por isso é que eu aposto
Nesse amar sem condições!

Aí...
…Como é bom saborear,
No teu corpo…a tua alma,
Basta para ti olhar

e… é o gostar…
…que entre nós se inflama!

Depois…
Desse doce sabor,
Nessa entrega que nos une,
Não quero ficar impune,
Entes pelo contrário, envolto…
…No aroma do teu perfume!

Alberto Avelar
 
EM ABRIL

Lá longe

 
lá longe

Lá longe se encheram
estrelas nos céus
com um beijo se acenderam
essa luz…dos olhos teus.

E,
nós ficamos na rua
ao falei-te do meu sonhar
ouvi dizer: serei só tua!
amando-te,
perdi-me no teu amar!

O tempo foi tão veloz
que quando rompeu o dia
acordei com a tua vós
linda, tal como tu és, Maria!

Amor puro,
vós do verde da esperança,
amar, se jura e eu juro,
com a verdade de criança
viver, para ti, amor mais puro!

Espera por mim mais um pouco
quero ofertar meu coração!
para te poder amar…

vivendo nessa paixão,

Aqui,
Ou em qualquer outro lugar.

Alberto Avelar
 
Lá longe

Esquecer-te, como posso?

 
Esquecer-te, como posso?
 
RECORDAR


Porque não, saudades?
Não te consigo entender
Traduzindo em banalidades
Tanto do meu sofrer!

Esquecer-te, como posso?
Quantas vezes, meu amor,
Procurei o teu amar!
Naquele recanto, só nosso!

Tudo o que me disseste
Nunca teve significado
Meu amor, para ti morreu,
Mesmo vivendo a teu lado.

Tentar esquecer,
Impossível concretizar!

Quem me dera que assim fosse
Que não conseguisse recordar
Que o teu nome naufragasse…
Entre ondas…naquele mar!

Alberto Avelar
 
Esquecer-te, como posso?

Entre nós e a relva!

 
Entre a relva

Entre a relva…
Houve grito sem dor,
Como beijo de amor! …
Em meus lábios,
Apenas uma palavra:

QUERIDA!

Não há rios nem correntes,
Que afastem um do outro,
Que nos ponham indiferentes,
Pois é de ti, de quem eu gosto!

Não há marés nem lua cheia
Que definam esse gostar
Eles, nem sequer fazem ideia…
Só nós dois...para o confirmar!

Com paixões assim sentidas
És meu jardim, minha flor!
Nunca palavras esquecidas,
Mas…sentimentos de amor!

No interior,
Quando nos amamos
O mundo aguarda!

Em termos absolutos,
Fica ao nosso dispor,
Quase que nos guarda.

Quando em nós…
…tudo é amor!

Alberto Avelar

DIA DO AMOR

ERA DIA DO AMOR!

ENTREGANDO UMA FLOR

NA OCASIÃO DIZIA,

COMO O TEU AMOR SERIA?

LEMBREI-ME AINDA,

COMO A BELEZA É LINDA!

TU,

FAZIAS A VIDA GRACIOSA,

COMO AQUELE BOTÃO DE ROSA

QUE DOCEMENTE TE OFERECI

NAQUELE LUGAR…ALI!

TEUS LÁBIOS…

…SABIAM A ERVAS DOCES

FRUTOS SILVESTRES…

…QUE NASCEM DA TERRA!

E, SEM SABER PORQUÊ,

TRAZIAM PAZ NA NOITE TERNA!

ERAS UMA DEUSA

TEUS PEITOS, NA BRUMA,

FORMAVAM, ONDAS NO AR…

…EM ESPUMA!

E…NO TEU OLHAR,

VI BRILHO SEM CONTROLO

DO DESEJO A QUERER FICAR

COMO CRIANÇA A PEDIR COLO

NAQUELA NOITE FIZEMOS AMOR

SOBRE UM LEITO DE FLORES

FUI COMPOSITOR DOS VERSOS

QUE HÁ LUZ DO MEU OLHAR

COMPUS PARA O TEU AMAR!

ALBERTO AVELAR
 
Entre nós e a relva!

Aceita este amor

 
Aceita este amor

Vem amiga, vem ter comigo
Desfaz-te dessa solidão
Confia num verdadeiro amigo
Tu sem vida...eu sem coração !

Bem sei que o mundo é assim
Não posso dizer-te que não
Essa dor passou por mim
Para tudo há uma razão

E, a razão porque te chamo,
A seguir novo caminho
É por nós que reclamo
Troca as voltas ao destino

Com essa força bem junta
Não há obstáculo que nos trave
Ambos faremos força conjunta
Para voar como uma ave

E, se essa força não nos faltar,
Porque a razão assim reclama
Vamos lutar contra esse azar
Vamos acender uma nova chama

Eu bem sei que não é fácil
Sair dessa situação
Este mundo é bem difícil...
Aceita a minha mão !

Alberto Avelar
 
Aceita este amor