https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens sobre perfume

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares sobre perfume

Rosa vermelha

 
Rosa  vermelha
 
Porque me fere,
Se te admiro tanto?
És voluntariosa, quanto!
Meu coração aberto insere.

Todo teu perfume
E todo teu charme
O desejo que me ame
E não tenha ciúme.

Não. não! tudo que preciso
No alto de sua beleza
Tenha um pouco de nobreza
Seu espinho fere, peço mais ciso.

Sua deslumbrante cor
Vermelho da paixão
Trouxe em meu coração
Você não sabe mas... é seu meu Amor.

Nereida

https://novanereide.blogspot.com
 
Rosa  vermelha

"Rendição" - Soneto

 
"Rendição" - Soneto
 
"Rendição" - Soneto

Se de amor somos tocados, então vem.
Com esses olhos maviosos me seduza
Antes que o amanhecer lhe arrebate
E para alem dos meus sonhos o conduza

Perca-se a razão nos labirintos dos desejos
Renúncias espalhadas na trepida noite
Porque jorra dos olhos saudade num lampejo
E a dor da ausência já nos toma de açoite

Deixe que esse amor ao cinzelar refaça
Esse querer que nos prende, amordaça.
A réstia daquilo que poderia ter sido

Que nos arraste para a mesma fantasia
Perfume que nos toca lenitivo que inebria.
Deixe o sabor de amor sonhado e vivido

Glória Salles
 
"Rendição" - Soneto

Como um Lírio no Vale

 
Então no desprender da aurora,
uma luz brilhará no horizonte,
dando espaço à um novo dia,
anunciando que a vida é um milagre.
e você deverá seguir,
seguir o seu caminho sem temer,
o azul do céu emergirá
os pássaros cantarão
uma melodia celestial.
E você não se pertubará
com coisa alguma,
as flores do campo florirão,
demonstrando alegria.
Então,
agradecendo exalarão
um perfume delicado,
o seu coração se alegrará!
Como um lírio no vale,
o Senhor perfumará a sua vida,
Ele nascerá no seu coração,
Ele fará florir muita bondade em ti,
não andeis como coração atribulado!
Como um lírio no vale,
que nasce, cresce e floresce
o Senhor desabrochará na sua vida!
 
Como um Lírio no Vale

TORTURA DE AMOR!

 
TORTURA DE AMOR!
 
 
TORTURA DE AMOR!

by FatinhaMussato

Um súbito arrepio
O coração dispara
Intensa lembrança
Que suave perfume traz.

Os lábios se entreabrem
As mãos estremecem
Ardente desejo de dar-se
Faz o peito palpitar.

Saudade intensa
Tortura de amor
Fiz-te em minha vida
Meu amo e senhor!

Poema INÉDITO Nesta Data
São José do Rio Preto (SP), 28/setembro/2009 – segunda-feira – 17h46m.

Imagem: NET

Música: Suite Bergamasque / Debussy
 
TORTURA DE AMOR!

A hora "H"

 
Olhar fixo nos meus,despindo-me toca minha alma
Tatuando-me levemente se prende a mim
Corpos unidos,percebo seu membro viril rosando
minha pele sedenta de ti
Despudorada desabotôo sua calça
e toco-te com gana de teu amor
seu gosto no meu,sua pele colada a minha
e o perfume de nosso prazer invadindo
o quarto e anunciando que a noite vai ser curta
pra esta fome saciar
corpos ardente,coração acelerado
e o ato mais sublime sendo consumado
 
A hora "H"

OUÇO AO LONGE TUA VOZ!

 
OUÇO AO LONGE TUA VOZ!
 
 
OUÇO AO LONGE TUA VOZ!

by FatinhaMussato

Ouço ao longe o som de tua voz
Como se estivesse a me chamar!
Sinto no ar o teu suave perfume
Que sempre a me seduzir está!

O som da guitarra, tristonho,
Ecoa ao longe, qual se gemido fosse
Trazendo à minh’alma carente,
Triste e saudoso amargor!

As noites demoram a passar...
Os dias se tornam, cada vez mais vazios...
Minhas horas, eu as passo a procurar,
Tua imagem em tudo o que vejo!

INÉDITO NESTA DATA
Jales (SP), 23/maio/2009 – sábado – 07h20m.

Imagem: NET

Música: Só tinha que ser com Você! / Fernanda Porto
 
OUÇO AO LONGE TUA VOZ!

Na carta aberta dos teus olhos, beber o sol das marés cheias

 
Poderia sentir o toque das tuas mãos, fechar os olhos e na carta aberta dos teus olhos beber o sol das marés cheias, para mergulhar na ondulação do teu mar e render-me.

Poderia olhar para dentro de ti e sentir o respirar por dentro das tuas folhagens, estender os braços e mergulhar na água das tuas raízes para me reerguer a cada manhã.

Poderia mergulhar no infinito do azul, para beber todas as preces ao céu erguidas, segurar as bênçãos e em cada adversidade cantar um cântico de louvor.

Poderia sim, saltar todos os poentes e permanecer no teu horizonte de Luz, para respirar o perfume de todas as auroras prolongadas nos longos braços da eternidade.

Poderia tocar a ternura dos teus olhos, com o sol da ternura dos meus e reacender o teu sorriso, para que em cada amanhecer pudesse ainda escutar o balbuciar do meu nome pulsar dentro do teu peito.

Pois Poderia, meu amor...

Partiste como quem interrompe a vida, os sorrisos, os sonhos e há silêncios cortantes no frio da pele, o vento agreste teima em sacudir a nossa história como se o horizonte escrevesse os dias e apagasse as noites para te trazer de novo à Luz.

Ainda te espero em cada alvorada, como quando ouço o canto dos pássaros que migram, como quando sinto o perfume silvestre das flores na pradaria, como quando o sino tine e bate as horas que escuto em sobressalto, ainda toco nas lembranças e ouço o eco dos teus sorrisos como folhas gastas espalhadas pelo tempo.

Ainda sorrio quando te ouço os passos, meu amor.

Alice Vaz de Barros
 
Na carta aberta dos teus olhos, beber o sol das marés cheias

O amor me faz falta

 
Meus olhos me enganam porque?
Observo à distancia seu caminhar
Posso ver-te passo após passo
Vens cabisbaixo em minha direção
Meu coração palpita cada vez mais forte
Se aproxima e quando busco o seu olhar
Não é você!!porque isso acontece?
Porque sou enganada por mim mesmo
Sinto seu perfume....te busco e ñ te encontro
Onde te escondes?
Se estais em cada pensamento meu
 
O amor me faz falta

Desejo...

 
Na sala aberta
Onde aberto o coração se encontra
Um redemoinho de palavras soltas,
Sorrisos dispersos,
Olhares contidos
E um desejo insinuante
Talvez sob o perfume que hipnotiza
Um encanto de sereia
No complexo de Narciso.
 
Desejo...

PROVA DE AMOR!

 
PROVA DE AMOR!
 
 
PROVA DE AMOR!

by FatinhaMussato

No alto daquela colina azul,
Resplandece uma prova de amor,
Que nos oferta o Mestre Jesus...
Imponente flamboyant em flor!

Flores lindas e multicoloridas,
Substituem as folhas gentis,
Enfeitando mais nossa vida,
Espalhando no ar perfumes sutis!

É o amor do Pai generoso,
Abençoando nosso coração,
Basta termos olhar amoroso
Ao contemplarmos sua criação!

Poema INÉDITO Nesta Data
Jales (SP), 28/outubro/2010 - quinta-feira – 21h30m.

Imagem: Google imagens.

Música: Moments of Solitude (Ernesto Cortazar)
 
PROVA DE AMOR!

“Forte presença” - Soneto

 
“Forte presença” - Soneto
 
“Forte presença” - Soneto

Na penumbra do quarto ainda vejo o vulto
Da noite engolida pela densa madrugada
Fragmentos da musica que embalou o culto
Nessa cama, altar, onde fui endeusada

Estranha lucidez, das frestas da vidraça o lume
Etérea, ainda lânguida, recuso-me a despertar
O corpo ainda guarda o gosto, tem o perfume
Dessa paixão que os nós do pudor fez desatar

A luz que agora ofusca ecos do sentimento
Daquilo que em mim ficou, depois da partida
Dominante presença, fortemente sentida

Do olhar dentro do olhar, guardo o momento
Desse olhar intimo que só nos entendemos
A cama desfeita, vestígios do que vivemos...

Glória Salles
 
“Forte presença” - Soneto

Tenro

 
Rosto aceso
na nascente da sede
guardada na pedra
p’lo musgo, p’la hera
p’la sombra da terra

Boca preenchida
p’lo sabor do eucalipto
e o corpo
fundido no tronco
ardendo rendido

Vê. O perfume é cego
e o som cristalino
é verbo
menino
brincando
aos olhos de Pã

Amor
inacabado
marcado p’lo verde
que tem a hortelã
 
Tenro

VEM SONHAR!

 
VEM SONHAR!
 
 
VEM SONHAR!

by FatinhaMussato

Abra esta porta, querida criança,
Agora já podes por ela passar...
Esta porta chama-se Esperança,
É ela que te permite sonhar!

Vem, anda logo, vem comigo...
Estou à espera para te ensinar!
Sinta a brisa, aspira o perfume...
É o mundo de Paz que está a chegar!

Poema INÉDITO Nesta Data
São José do Rio Preto (SP), janeiro/2010

Imagem: NET

Música: You are my destiny / Ernesto Cortazar
 
VEM SONHAR!

Estereótipos

 
Na enseada inclemente
da memória
a noite assombrada
e o luar
da história.
 
Estereótipos

NO ACONCHEGO DOS TEUS BRAÇOS!

 
NO ACONCHEGO DOS TEUS BRAÇOS!
 
 
NO ACONCHEGO DOS TEUS BRAÇOS!

by FatinhaMussato

Quando a noite,
bem de mansinho chegar
trazendo com ela
o perfume das flores noturnas,
os ruídos que com ela vem,
trará consigo a tua presença
e contigo o teu amor!

No aconchego dos teus braços,
te ouvirei confessar teu amor...
Declarações que inspiram
esta tua poeta
a escrever estes versos!

Meu coração vibrará de emoção,
minh’alma feliz cantará
entoando hinos de louvor à vida
que te trouxe de volta pra mim!

Quanto tempo este amor durará?
Não sei!
Só sei que enquanto ele existir,
viverei esta ventura ímpar
e muito feliz a teu lado serei...
Enquanto este amor durar!

INÉDITO
Jales (SP-BR), novembro/2008 - terça-feira.

Imagem: NET

Música: Alguiem Soy Yo / Enrique Iglesias
 
NO ACONCHEGO DOS TEUS BRAÇOS!

TEU PERFUME!

 
TEU PERFUME!
 
 
TEU PERFUME!

by FatinhaMussato

Nosso leito, em nosso quarto,
Ainda guarda o teu perfume
Sinto a tua presença amada
Que é, da minha vida, o lume...

Há tanto tempo já te foste
E nunca mais retornaste ao meu amor...
Só ficou a tua lembrança
E a saudade que nunca acabou!

Tuas roupas dentro do armário
Ainda guardam a tua forma
Parece até que te aguardam
Ou nem sabem que foste embora!

Será que o tempo que corre a passar
Um dia de volta pra mim te trará?
Será que ele sabe o quanto eu sofro
E que vazio teu lugar ainda está?

POEMA INÉDITO NESTA DATA
Jales (SP), 30/maio/2009 – sábado – 14h36m.

Imagem: NET

Música: Autumn Rose / Ernesto Cortazar
 
TEU PERFUME!

A embriaguez da rosa

 
O perfume
embriaga a rosa
que campeia atônita
pelos vales da poesia.

Lado a lado
a rosa com seu perfume
a poesia com seus desejos
imaturos
exalando enigmas.

A poesia completa a
rosa
ou a rosa desmistifica a
poesia?

Pétalas se entrelaçam
se entregam
mutuamente se abrigam.

O que embriaga a rosa
é o aroma da poesia.
 
A embriaguez da rosa

GOSTARIA DE SER FRUTA

 
Ah... Como eu gostaria de ser cereja,
Morango, pera, pêssego ou banana
Bela fruta com bom gosto, que deseja
Que lindos lábios a mordam com gana.

Sentir dedos finos de pele bem sedosa
Me pegar com o primor da guloseima
Me acariciarem de maneira graciosa
E ser beijado por boca que queima.

Me sentir triturado na saliva do desejo
Ser apreciado pelo gosto do meu perfume
Mesmo mordido não seria que um beijo
Que me deixaria toda a polpa em lume.

Depois, me sentir docemente deslisar
Na via que me poderia levar ao coração
Seria, podem crer uma sensação impar
Mas não sou fruta, só estou em divagação.

A. da fonseca
 
GOSTARIA DE SER FRUTA

Procuro um amor assim

 
Procuro um amor..........
Culto,inteligente,bonito musico
que toque piano,violão e fale francês
que seja amante da natureza e dos animais
que saiba como tirar uma mulher da terra e
fazê-la galopar nas estrelas como amazona estelar
que seu perfume seja tão suave como das rosas
e seu sabor tão doce como das frutas tropicais
que diga sem cessar,te amo te quero e te desejo
Que seus atributos supere todos os meus desejos
que seja sempre aquele amante a moda antiga
Com seus lábios em minha nuca me chame de querida
Com as mãos em meus cabelos vai rosando o corpo inteiro
Fazendo-me desejar ter-te muito mais faceiro
Que invada meu corpo sem pedir e faça-me verter em ti
 
Procuro um amor assim

LEMBRANÇAS DE TI.

 
LEMBRANÇAS DE TI.
 
 
LEMBRANÇAS DE TI.

by FatinhaMussato

Ouço ao longe teu chamado
Na voz do vento a soprar,
Sinto e recordo teu cheiro
No perfume que se espalha no ar.

O murmúrio das águas do regato
Lembra a melodia da tua voz,
O luar que ilumina a planície
Lembra a doçura do teu olhar!

Tudo na natureza te lembra,
Tudo de ti me faz recordar,
Meu coração não te esquece,
Vive sempre a te amar!

Poema INÉDITO Nesta Data
Jales (SP), 17/abril/2011, domingo - 18h30m.

Imagem: Google Imagens

Música: take_my_hand (Ernesto Cortazar)
 
LEMBRANÇAS DE TI.