Poemas, frases e mensagens de Luasdepapel

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Luasdepapel

Cansativa Redopiante Montanha Russa

 
A vida e uma feira popular onde entramos ao nascer, ao passar dos anos andamos de carrossel para carrossel, chegando a montanha russa para depois terminar por fim nos cavalinhos, neste momento passo pela montanha russa embora já esteja enjoada de tanta volta e reviravolta, chega de loopis e altos e baixos quero os cavalinhos para estabilizar depois de tanta adrenalina, mas a pista da montanha parece não terminar cada vez que começo alguma recta la vem uma curva que me leva a um loopi que me deixa de cabeça do avesso e que me desorganiza todos os objectivos e etapas traçadas, não quero mais estou enjoada e prestes a regurgitar todo o que ate aqui ingeri, quero manter tudo no estômago ate ao final das rectas não quero mais voltas ate estas estarem completas, ó. Senhor que grita por mais voltas que vende eufórico os bilhetes de quem entra nesta minha roda louca descanse a sua voz e acalme essa euforia que me deixa tonta de tantas entradas e saídas abrande estes carris e a porta me leve para sossegadamente tranquilizar o meu coração ansioso de calma,ó senhor porteiro desta grande feira me deixe desfrutar da nova etapa que vai começar muitos anos se faz favor com calma mas emoção e com fervor de todos os sabores desfrutar, ó senhor porteiro me deixe passar de tanta ginga ginga me estou farta de fartar.

Que consiga parar e os objectivos concretizar...
 
Cansativa  Redopiante Montanha Russa

um doce de rosa e avermelhado no azulão da vida

 
O céu parece sarapintado de tufos de algodão doce,que levemente toca na cidade ainda adormecida nesta aurora que só a vê quem madruga, e passa este rio que tantos anos e historias nele contem, a ponte la no fundo da um certo brilho no meio de tanto azul que se funde entre o céu e este meu rio...
 
um doce de rosa e avermelhado no azulão da vida

Remédios doces...

 
Vou devorar uma tablet de chocolate,e esquecer-me de nós, só por hoje só por esta noite...
O chocolate na minha boca se ira derreter e o pensamento de nós desvanecer,como chocolate para esquecer como quem bebe para não lembrar, só esta noite vou pensar que o nós não existe e que por um momento posso a sós comigo estar, relaxar e a cabeça limpar, o vazio que deixas em mim com essas ausências esta noite não esta cá, preencho-o com o sabor doce do chocolate...que me satisfaz numa só dentada, e ele não me ilude não me faz esperar, como devagarinho pois sei que não vai haver mais quando acabar...

Só esta noite, sou só...
 
Remédios doces...

Amores proibidos

 
Parto a conquista do mundo,
navego todos os mares, percorro todas as terras e mesmo assim não consigo encontrar todas as formas que existem de amar.
Já conheci inúmeras delas e não se compara a quantas mais existem, mas de todas elas a que mais me fascina a que mais me empolga...é o amor que nos rouba os suspiros aquele que a nossa vida teme, mas não prescinde, é como ícaro que sobrevoa o seu amado e perigoso sol,de tão perto que quase em cinzas se torna, mas fortalece a cada ronda que faz, e até a sua extinção e esse mesmo o papel dele;sobrevoar o seu amor e a todo e qualquer custo te-lo "namorando assim o suicídio" morrendo por fim feliz...
 
Amores proibidos

Fugas de prazer

 
Eu tenho-te...mas tu não és minha,
contenho todo o teu tempo mas escapas me entre os dedos, esvaneces a tua mente e foges daqui para onde todas as tuas fantasias se tornam realidade, onde te regosas de prazer, abres a tua alma e te entregas a 100%...para que quando regresses estejas extasiada o suficiente para que não necessites de mais nada, e eu me torne um pedaço inútil que ocupa o teu espaço...

todos os dias temos presente, o "nem sempre" "nem nunca"
 
Fugas de prazer

Livre

 
Eu sou livre,
Gosto de o ser,
Ser livre de te ter quando poder,
Ser livre de me dar quando quiser,
Ser tua sempre sem nunca o ser,
Ser livre de ser eu, nos, e tu,
Ser livre de ser tudo é não ser nada,
Deixa me serA mais forte do mundo,
mas deixa me precisar do teu abraço.
Deixa me ser livre !
Deixa me ser eu !
Para que possamos ser nos
Sem que deixes de ser tu.
 
Livre

A deriva pelos 7 ventos, ups ! Mares !

 
Os dias passam e apenas passam, e eu vou com o vento sem me importar onde me leva, pois cansei,cansei de lutar contra o vento de comandar o leme da minha vida, apenas vou deixar o barco a deriva, vá para onde quiser, faça as paragens onde achar que deve e recomece a viagem assim que o quiser da onde quiser.
Não quero rumos feitos, planos incompletos, promessas por cumprir,não quero mais !
Vou dizer não ao compromisso,ao compromisso de ser teimosa e levar o barco para aguas inavegadas se é que esta palavra por acaso existe;talvez exista assim como eu a deriva sem se preocupar com o reconhecimento ou o mérito que tenha, apenas me preocupo em fazer 100% em tudo e de tudo o que pude fazer, porque querendo ou não tudo acaba por acontecer!

não existe o "nem sempre" nem nunca"
logo nem nunca me vou perder e nem sempre me vou encontrar...
 
A deriva pelos 7 ventos, ups ! Mares !

E assim passou mais um sonho

 
Hoje fui as montanhas....
Vi lindos prados verdes,belas flores brancas e de todas as cores, belas borboletas pairam no ar parecendo desfilar para quem as vê, os pássaros cantam lindas melodias convidando me a dançar...
Danço de olhos fechados vendo o lindo céu azul o maravilhoso sol brilhante, que alegra este lindo dia, onde até os mais preguiçosos seres acordam a sorrir...
A musica para !
Não vejo mais o sol !
O escuro invade tudo a meu redor consumindo o mais pequeno foco de luz, engolindo ferozmente tudo a sua volta, traz consigo a solidão,a tristeza e a saudade...
De quem afinal viveu apenas um sonho e acorda na madrugada escura e fria, com um aperto no peito que o torna tão pequeno que quase some por completo....

De tanto doer acho que hoje, já não sinto mais !
 
E assim passou mais um sonho

Onde ando eu ?

 
Existe quem diga que eu sou nómada, que ando de vida em vida até regressar acordando na minha...
Já fui nómada, já experimentei vários estilos de vida e no fim sem duvida que encontrei aquele que é o "mais" favorito, então entrei sem pedir licença, perdi-me e permaneci naquele estilo predileto...
o estilo de ser feliz...

quando for grande quero ser feliz
 
Onde ando eu ?

Desabafos de memoria

 
Se me arrependo de alguma coisa...???

Não, não me arrependo de nada nem das coisas menos boas nem daquelas que me deixaram mal, apenas porque acho que foi todas essas coisas que me fizeram chegar até aqui..

Se me arrependo de não ter sido uma menina bem comportada e obediente?

Não, pois não tinha aprendido por mim mesma muitas coisas que uma caneta e um papel não ensinam, e muito menos os ralhetes dos pais(embora ajudem).

Se me arrependo de ter chumbado anos escolares ?

Não, porque permaneci mais tempo para amadurar a matéria que me ensinaram e para aproveitar todos os recreios que agora tanta saudade me deixam..

Se me arrependo de ter saído de casa?

Não, sem duvida que não, foi assim que eu descobri o que fazer certo ou errado na hora de aperto, foi assim que sozinha descobri os dissabores que a vida nos trás, só assim aprendi o valor da vida propriamente dito, só assim soube o que custa a vida cá fora a vida real, e por fim só assim aprendi a lição mais valiosa, aprendi a distinguir qual o melhor caminho a seguir, e mesmo que o mau caminho seja mais atraente e facilitado consegui encontrar o bom caminho.

Se me arrependo de não ter continuado aquela área, não ter terminado o curso, ter perdido alguns trabalho e ter largado outros?

Não, porque foi assim que eu cheguei até aqui até este quarto onde escrevo, se errei? errei, enganei enganaram, mas estou aqui com força para lutar e continuar este meu percurso que não é nem foi perfeito mas foi aquele que me fez como sou que me meu o que tenho e que me fez feliz, por isso como diz o Pedro Chagas Freitas eu "prometo falhar", se estes erros e enganos todos me trouxeram até aqui então tenho a certeza de que me vão levar até mais longe basta sonhar e seguir o meu coração.
Só ele me leva no caminho da felicidade

desculpo-me por este meu desabafo...
 
Desabafos de memoria

Atormentada madrogada

 
cinco da manhã não consigo adormecer, não sei porque não sei o que fazer , não existe explicação para tal o sono abandonou-me por completo o cansaço esta controlado, esgoto as energias a tentar descansar, sem ter sucesso não sei que fazer, prometi que ia tentar e tentei mas não consegui isso confesso falhei...
A monotonia e a lentidão com que passam os meus dias, os movimentos e gestos já mecanizados activam-se por si só como de quem já os sabe de cor, a mudança repentina de humores chateia-me e enfurece-me por os querer controlar e ser incapaz, pois quase todas as vezes só percebo essa mudança depois de concebida, irrita-me o raiar do sol, faz-me inveja o luar, quero as ondas do mar tanto como te queria agora agarrar, envolver-te no meu abraço transmitir-te calma e serenidade , ver a felicidade na tua cara , e perceber que a causa dela sou eu...
Escrevo já sem sentido pois as ideias atropelam-se na minha mente, numa fila desordenada as palavras vão saindo, como quem baila redopiando brevemente, os dedos escrevem mesmo sem ver, o que eu escrevo quero que agrade a quem ira ler, se não agradar não importa pois expresso os meus pensamentos ideias todos eles numa linha torda para quando copiar essa mesma sair direita, corrigir os erros nem sempre se consegue mas olhar para trás e não os repetir e algo que nos compete..
 
Atormentada madrogada

Coisas que eu sei...

 
És o meu pedaço se lua,que guardo na algibeira,para quando a escuridão me albergar a luz me revelar,
mostrando me o caminho certo mostrando me a razão,o lado lógico,no qual terei que reflectir;quando a alegria eu não encontrar,te procurarei estejas onde estiveres pois quero te ver sorrir, quero te ver feliz e sei que o meu sorriso assim permanecera ..
 
Coisas que eu sei...

A melodia de um amor eterno !

 
Hoje vi a coisa mais bela que pode existir...
Aquelas pequenas coisas que nos enche o coração e o deixa bem confortado.
Um casal de idosos tipicamente normais, até que...
Apesar dos avisos dele a teimosia dela venceu e ele admiti-o dizendo a sorrir "esta bem vamos lá para trás" referindo-se aos lugares do autocarro;ela com a sua dificuldade em andar mas com um leve ar de quem consegue o que quer!
Com toda a paciência ele desajeitado belo balanço do autocarro dei-lhe a mão e passo a passo foi com ela até aos últimos lugares mais longe do que o normal,sem se queixar sorrio quando ela o olhou e deu-lhe a outra mão para a apoiar a subir o degrau que a separava do lugar onde decidira sentar-se, com esforço acabou por ter a ajuda de mais duas pessoas que partilhavam o transporte,quando finalmente a senhora se sentou confortável,ele sentou-se ao lado sem dizer uma única palavra e apenas limpou o suor do seu rosto com um pequeno lenço de bolso;ela olhou-o com carinho e admiração mas sem ele ver,talvez o admire em segredo e se faça de forte,mas teve uma expressão tão terna que nem apaixonados de fresco talvez ela pense que ele é o seu grande herói...
Soou a campainha de saída e novamente com toda a paciência e atenção,deu-lhe a mão e acompanhou-a a saída de seguida a olhou e ela automaticamente sorrio em retribuição surgindo um abraço e um forte e sentindo beijo na testa,para darem as mãos e seguirem as suas vidas calmas e aparentemente felizes...
Podia ser só imaginação minha,podia ser só mais um romance que li...
Mas foi a realidade mais bonita que presenciei e fui obrigada a registar!

O amor é lindo em todas as idades !
 
A melodia de um amor eterno !

Uma pequena janela

 
 
Olho por uma janela,
que me quer mostrar o mundo;
um sol que se esconde tímido
e umas nuvens poderosas que choram....
O dia esta triste,
as nuvens choram,
o sol foge e as árvores sem culpa,
arcam com a força da agua e do vento,
que furioso sopra e sopra,
na esperança de amenizar o Homem
que tenta a todo o custo ser mais forte que a natureza...
E vejo eu desta pequena janela,
triste por um dia feliz não mostrar,
esta guerra que nunca acaba,
por quem mais força tem...

E a tu o que vez ?? ???
 
Uma pequena janela

Café ???

 
"Vais ficar quanto tempo?
Preparo—te um café ou a minha vida inteira ?"
Já preparei a vida quando tudo não passou de um lanche...
Para ti, preparei—te um café, "curto" para que fosse mais breve,mas por surpresa passas te a ser "cliente" habitual e o "curto" passou a "normal" e acabou em "abatanado" ,e hoje em dia...
Por falar em café !
Como queres o café para o pequeno almoço amanhã ???
 
Café ???

sono profundo

 
quero adormecer para nao mais acordar,
Não quero saber do tempo,
nem do tempo que ficar
, para dar tempo sem tempo que isto passe,
que tu te Vas sem eu dar conta,
que me alivies a angustia, que é estar sem ter, que quando acorde já lá esteja,
que o tempo que conheci não seja mais o mesmo, que tudo o que perdi seja quilo que não quis.
E tu...
Que não te lembre mais que não te saiba mais que não existas mais ..

Apenas não te quero saber mais de cor...
 
sono profundo