https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sonhos Em Navios!

 
Sonhei que estava num navio
Singrando alto mar mui veloz...
Tão triste!... Sentindo-me tão sozinho...
Portando uma dor ferina e feroz!

Só eu e o navio entre os dois azuis
Infinitos: O azul do céu e o do mar,
Numa busca querendo me encontrar,
Quando vi ao longe um ponto de luz!

Nada distingui no primeiro momento
Apenas brilhava um ponto no espaço
Que ia crescendo, crescendo, crescendo
Até formar um sol de brilho fantástico!

Eras tu, minha flor cheirosa e amada,
Que vinhas transparecendo esplendor
Radiante como uma jóia rica e rara
Inundando-me de luz e de muito amor!

Eras tu, rainha dos castelos sonhados,
Dona da minha alma e do meu coração!
Vinhas como um anjo dourado e alado
Sorrindo me guiava na correta direção!

De repente tudo ficou turvo e mistério
Nuvens de um furacão, ao longe avistei.
Chegou afundando navios e os castelos
Que dia a dia construí e onde eu era rei...

Tanto foi o meu choro que foi escutado
Pelos homens, os peixes e os pássaros.
Tantas foram as lágrimas que eu chorei
Que, sentindo meu corpo de suor molhado,
Acordei.


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
581
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 05/01/2010 21:46  Atualizado: 05/01/2010 21:46
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: Sonhos Em Navios!
A vida é assim mesmo; depois da tempestade surge ao longe a bonança. Ainda que o meio de transporte seja o sonho, esse eterno enigmático. Belo sonho foi esse e bem cadenciado nas palavras.
Um abraço
Antonius