https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Onde a Vida me esqueceu

 
Tags:  ternura    tempestade    ilusoes    apelos  
 
ONDE A VIDA ME ESQUECEU

Onde caminha a solidão
É onde a Vida se cala!
Quer eu queira quer não?!
Já tudo se vai, até minha alma.
O meu sonho, é meu cadilho
O meu caminho transformado em trilho.

Open in new window
Não quero ir por aí
Choro por me ver chorar
E fico por aqui!
Com tristeza em meu olhar.
Invento um tempo só meu
Invento asas, faço apelos, falo em ternura
Afronto até a noite escura
E no escuro das pálpebras clareia o dia
Mas hoje? Não estou dada à alegria.

Quantos sonhos dados como certos
Tantos outros foram inquietação
Já não sei quem me quer ou não!
Quem põe pedras nos meus caminhos desertos.

Então choro, só de me ver chorar
Sinto-me pássaro rasando a àgua
Na ânsia de se libertar.
De mais um dia de mágoa.
As nuvens do meu céu, são pequenos dragões
Que trazem tempestade às certezas e ilusões.

E a Vida se esvai, até ao último grão
Semente que na terra se esboroa
E é sombra que me cai no coração
E me deixa a chorar à toa.

rosafogo

Cada verso é como um filho
Que me deixa no olhar um estranho brilho.


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2390
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
24
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 20/01/2010 13:31  Atualizado: 20/01/2010 13:31
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Onde a Vida me esqueceu
A poesia, quando é genuína, sentida e brota da vida e do coração é sempre maravilhosa. Como é o caso em que se não trat de alinhar palavra ao sabor da moda ou do momento.
Parabéns.

Bj


Enviado por Tópico
GuiMüller
Publicado: 20/01/2010 13:41  Atualizado: 20/01/2010 13:41
Muito Participativo
Usuário desde: 23/07/2009
Localidade:
Mensagens: 98
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Olá Rosafogo tudo bem?
Quero dizer-lhe que seu poema está muito intenso da maneira que você descreve o momento como uma vida ao mesmo tempo o hoje (que pode ter sido inventado ou não). Um momento doloroso que não foi completado talvez: "Sinto-me pássaro rasando a àgua, Na ânsia de se libertar". Sem dúvida identifico-me com este, pois todos temos frustrações na nossa vida. Seu poema quase que uma oração (quero dizer, a maneira que você escreveu este). Acho que nessas palavras consegui espressar não, mas algumas o que senti. Até breve, e ficarei por aqui me deliciando mais de seu poemas como sempre o faço.

Abraços, Guilherme Fernando Müller


Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 20/01/2010 14:04  Atualizado: 20/01/2010 14:04
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Olá Rosa,

deixe essa tristesa para lá e vá acalentando esses filhos: os seus versos!

beijo
arfemo

(e parabéns atrasados - por desconhecimento)


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 20/01/2010 14:46  Atualizado: 20/01/2010 14:46
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Uma solidão, que ao que parece, não dá tréguas Linda Rosa

"Invento um tempo só meu
Invento asas, faço apelos, falo em ternura
Afronto até a noite escura
E no escuro das pálpebras clareia o dia"

Mas tu tens as respostas todas neste teu belo e triste poema

Beijo

Matilde D'Ônix


Enviado por Tópico
SusanPerry
Publicado: 20/01/2010 14:50  Atualizado: 20/01/2010 14:50
Participativo
Usuário desde: 20/01/2010
Localidade: Braga
Mensagens: 23
 Re: Onde a Vida me esqueceu
"Quem a Deus ama, nada lhe falta." (anónimo)


Enviado por Tópico
virginiaalencar
Publicado: 20/01/2010 17:06  Atualizado: 20/01/2010 17:06
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2009
Localidade: Teresina-Piaui
Mensagens: 744
 Re: Onde a Vida me esqueceu
querida poetsa Rosa..a vida é assim nós sem querer
nos enrrolamos no com nossas vidas..Dias somos tão
felizes..que ficamos com medo..mas tem dia meu Deus que tudo nos aflige..mas e assim mesmo.. temmos que pedir ao nosso Bom Deus..Paz,saude,e felicadade..mas muito lindo o seu poema..muito bem
escrito beijinhos virginia


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 20/01/2010 20:10  Atualizado: 20/01/2010 20:10
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Teu poema é forte, visceral.Toca-nos, desperta-nos sensações controversas e no fundo tem a delicadeza da infância perdida.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 20/01/2010 20:47  Atualizado: 20/01/2010 20:47
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Gostei de te ler poetisa.

Cada verso é como um filho
Que me deixa no olhar um estranho brilho.

que o verdadeiro brilho de um filho, brote do papel cinzelado por ti Rosa...

Jinhos
Tudo de bom para ti


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/01/2010 20:49  Atualizado: 20/01/2010 20:49
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Bem minha amiga. Este é daqueles que sendo profundo tocam as cordas da sensibilidade. Grande desalento que produziu na mesma proporção um excelente poema.

Muito bom

Beijo azul


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 20/01/2010 20:57  Atualizado: 20/01/2010 20:57
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Cada verso é como um filho
Que me deixa no olhar um estranho brilho.
...
Ai, rosinha-doce! Isso calou-me fundo uma lágrima... Maravilhada!

Beijinho!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/01/2010 21:08  Atualizado: 20/01/2010 21:08
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Rosa...não me canso de ler-te...

Cada verso é um sonho...
Cada palavra um sentimento...
Cada sentimento uma saudade...
Cada saudade uma doce lembrança...

E cada verso um filho que gera...

Tão lindo!
Deixaste-me sem palavras!
Parabéns amiga!
Beijinhos ternos...
Rosa
Open in new window


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 20/01/2010 22:35  Atualizado: 20/01/2010 22:35
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Onde a Vida me esqueceu
Olá Rosinha,
Que mais dizer amiga?
Está um mimo este belo poema.
Sabes a melhor, uma lagrima rolou... e não foi da alergia
Beijinhos linda
Antonieta