https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

O anjo de uma asa (trechos de meu livro - O Vôo da Estirpe)

 
“ Não posso me conceber com vida se não dizer sobre os passos dados na eternidade, quando no pulso de uma palavra voraz, consigo dizer sobre o amor que floresce do olhar como no ponto mais alto e cuminante de uma montanha, escalando em tropeços o arrebatar inexorável de um despertar pulgente.... Não direi do perfume que está em todo lugar, pulsando como fibras cardíacas de um coração tolo e ansioso por este sorriso irradiante de doce candura dos aplausos dos anjos...
Ao sorrir, a Terra parou e do alto, desceram as naves psicodélicas trazendo luzes para enfeitar esta festa – a chegada de um anjo brando e alvo trazido do néctar das galáxias que expressam sentimentos devastadores e contundentes por existir este afável afeto e insubstituível ser...”


Espero fazer amizades; trocar palavras, sentimentos e sentidos para uma nova vida que se desponta a cada novo recado ou cada novas descobertas... Sejam bem vindos!

Adriana Vargas
 
Autor
adrianaSPH
 
Texto
Data
Leituras
963
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/06/2010 10:00  Atualizado: 15/06/2010 10:00
 Re: O anjo de uma asa (trechos de meu livro - O Vôo da Es...
Adriana,
Muito linda sua poesia e ela me fez lembrar de anjos que as vezes eu os vejo por ai ...
gosto de ler-te sempre...
bjimmmmm
Pastora
Ana Vidal
Open in new window

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/12/2010 00:08  Atualizado: 28/12/2010 00:08
 Re: O anjo de uma asa (trechos de meu livro - O Vôo da Es...
lindo seu poema muito lindo
se me permite



Meu anjo


Vejo um lindo anjo
Que num lindo sorriso
Tomou os olhos meus

Anjo que tão bem me faz
Quando seu olhar
Fixa aos olhos teus

Anjo que em muitos sonhos
Vem tranqüilizar
Esse sonho meu

Anjo vem me abraçar
Para eu descansar
Nesse corpo seu

Anjo deixa eu te beijar
Pra realizar
Um dos sonhos meus

Anjo é só eu pensar
Chego a decifrar
Esse rosto seu

Anjo que ao se aproximar
Chega a incendiar
Esse corpo meu

Anjo que destino louco
Que não quer deixar
Que eu seja o anjo seu

Anjo que ao se ausentar
Faz me afogar
Nesse pranto meu

Anjo vida da minha vida
Vem me ajudar
Conter os prantos meus


Jorge Carlos

Enviado por Tópico
gadanha
Publicado: 06/02/2013 14:34  Atualizado: 06/02/2013 14:34
Da casa!
Usuário desde: 13/12/2012
Localidade: nesta seara
Mensagens: 469
 Re: O anjo de uma asa (trechos de meu livro - O Vôo da Es...
foi escrito mas era excusado publicá-lo tal como está. rarefeito. um bocadinho de trabalho e alguma revisão lexical dariam uma cara sem necessidade de maquilhagem ao texto.