https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

 

E assim de permeio com a minha
solidão sigo sem a tua presença
querida e ansiada que faz de meus
dias, dias de sol radiante e efusivo.

Não sei estar sem a tua companhia
tudo me afronta e confronta-me
deixando-me quedo e infeliz
pois que me falta a tua realidade.

Há um desencontro de almas fiéis
e o silêncio perdura mais do que
é inevitável e recorrente de dias
felizes que soubemos ter até aqui.

Que o mau agouro se vá na distância
e se perca entre as brumas da
madrugada orvalhada de choro
intenso, que é este meu coração.

Jorge Humberto
24/07/10

 
Autor
jorgehumberto
 
Texto
Data
Leituras
474
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.