https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

UM POEMA QUE NÃO ESCREVI

 
Tu és para mim
Uma vida que não vivi
Um amor que perdi
Um beijo que não dei
Um abraço que não tive
O calor que não senti
O gelo que não quebrei
Tu és para mim
O carinho que ficou
De uma vida por viver
De um amor por perder
De um beijo por dar
De um abraço por ter
De um calor por sentir
De um gelo por quebrar
Tu és para mim
De tudo o que perdi
Apenas
Um poema que não escrevi
 
Autor
Raul Cordeiro
 
Texto
Data
Leituras
2728
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
42 pontos
10
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
quimera
Publicado: 12/09/2007 14:52  Atualizado: 12/09/2007 14:52
Super Participativo
Usuário desde: 07/09/2007
Localidade: Évora
Mensagens: 125
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
apanha esse poema!
escreveste e muito bem!
agora promete-me é que farás tudo isso com alguém,
não há nada pior que o arrependimento daquilo que não chegaste a fazer...
mais vale tentar que nunca chegar a fazer...
o não é sempre certo...
vai atrás do teu poema!
bj

Enviado por Tópico
Manela
Publicado: 12/09/2007 14:57  Atualizado: 12/09/2007 14:57
Muito Participativo
Usuário desde: 07/09/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 78
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Raul quando escreve, escreve para alguém, todos os seus poemas são de envolvimento que faz arrepiar

Parabéns

Bjs

Palavras

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 12/09/2007 15:12  Atualizado: 12/09/2007 15:12
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Lindíssimo!!!
Adorei o poema!

Beijo

Enviado por Tópico
Manuela Fonseca
Publicado: 12/09/2007 15:21  Atualizado: 12/09/2007 15:21
Colaborador
Usuário desde: 13/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 885
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Escreve esse poema, meu caro poeta!

Arrepende-te sempre daquilo que não fizeste e nunca do que fizeste...

As pedras do caminho, um dia, serão um castelo de sonhos.

Beijo no teu coração*

Enviado por Tópico
Angela
Publicado: 13/09/2007 11:45  Atualizado: 13/09/2007 11:45
Colaborador
Usuário desde: 28/09/2006
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 567
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
É impossível ler todos os poemas aqui publicados. Obrigado por me teres oferecido dois lindíssimos poemas teus!

Mais vale sofrer por amor do que sofrer por não saber se se podia ter vivido um grande amor...

Adorei!

Um beijinho grande.

Enviado por Tópico
Charlyane
Publicado: 14/09/2007 00:45  Atualizado: 14/09/2007 00:45
Muito Participativo
Usuário desde: 05/04/2007
Localidade: Londrina
Mensagens: 70
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Oi Raul
Lindo o poema.
Acho que nossas inspirações se cruzaram, tenho um poema que diz mais ou menos isso:

http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasdeamor/173676

Caso queira conferir...

Beijos amigo !

:)

Enviado por Tópico
jessé barbosa de oli
Publicado: 19/12/2007 14:24  Atualizado: 19/12/2007 14:24
Da casa!
Usuário desde: 03/12/2007
Localidade: SALVADOR, Bahia
Mensagens: 334
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
EU DESCREVO SEU POEMA COMO O LIRISMO DO INALCANÇÁVEL, DO INEXEQUÍVEL. ENFIM, É TAL UM HORIZONTE, POIS, APESAR DE O PERSEGUIRMOS INCARCOMIVELMENTE, NÃO O PODEREMOS LOGRAR JAMAIS.

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 12/03/2008 13:15  Atualizado: 12/03/2008 13:15
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Para mim o teu poema mais belo que li ate hoje...Abraços

Enviado por Tópico
sandraa
Publicado: 09/01/2009 22:59  Atualizado: 09/01/2009 22:59
Participativo
Usuário desde: 23/12/2008
Localidade: Sao Paulo - Brasil
Mensagens: 33
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
É um poema muito lindo!
Terrível arrepender-se do que não fez.
Entrei no seu site, gostei muito...
Abraços,
Sandra

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 09/01/2009 23:05  Atualizado: 09/01/2009 23:05
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: UM POEMA QUE NÃO ESCREVI
Lindo poema.

Gostei de ler.

Abraço