https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Uma brecha no horizonte do mundo real

 
Tags:  olhar    horizonte    precipício  
 

Cheguei ao cimo da falésia, abeirei-me do precipício que se despenhava até ao mar e contemplei o horizonte que se estendia até ao ponto onde os meus olhos não podiam mais alcançar...
Fixei o olhar nesse ponto e uma brecha se abriu, deixando um portal aberto para o infinito, que existe no limite do real...
Entrei por ele adentro, sem hesitar... não senti medo!
Vi estranhos seres que se moviam à minha volta, numa espécie de ritual de tribo, perdida no meio da floresta, algures num mundo irreal...
Ignoravam a minha presença. Talvez não me vissem... talvez fosse invisível, naquele mundo onde eu não pertencia...
Não sei por quanto tempo estive ausente...
Abri os olhos.
O horizonte permanecia igual. A brecha que eu vira, desaparecera.
E o meu mundo... era este, afinal!...


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
704
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 29/09/2007 21:30  Atualizado: 29/09/2007 21:30
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real
É, Cleozinha ... existe um mundo real ao nosso lado, em que as mãos se tocam, as mãos se dão.

Hj a minha e a tua mão, o meu e o teu olhar estiveram lá. E, minha querida, pois uma benção dos céus saber que na verdade existes para além dos poemas e dos blogs.

Como já te disse, admiro muito este teu lado de "prosadora".
Em frente amiga,

E este abraço que seja para sempre!
Adorei abraçar-te!
Mel

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 29/09/2007 22:10  Atualizado: 29/09/2007 22:10
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real
Olá Cleo,
Hoje quero dizer-te que o mundo real aconteceu.
E por isso deixo aqui o meu beijo

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 29/09/2007 22:11  Atualizado: 29/09/2007 22:13
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real
Olá Cleo,
Foi um prazer!
Um grande beijo para ti

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 29/09/2007 23:01  Atualizado: 29/09/2007 23:01
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real
Cleo,

Quando queremos podemos abrir essas brechas. Momentos raros...

Gostei!

Bjs

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 30/09/2007 03:03  Atualizado: 30/09/2007 03:03
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14938
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real p/ cleo
Cleo querida

As brechas são abertas quando
nosso coração se desperta para
nosso interior...
Lindo .... Amei este teu texto

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
juvepp
Publicado: 30/09/2007 14:33  Atualizado: 30/09/2007 14:39
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade: Machico - Madeira
Mensagens: 547
 Re: Uma brecha no horizonte do mundo real
Olá Cléo,
Alguém disse que o real somos nós que o construímos.
Tu dizes que o ireal será qualquer espaço em que sejamos invisíveis, onde somos ignorados. O mais certo, num mundo que não nos pertence ou do qual não queremos fazer parte. Porém, é neste mundo e nesta realidade que vivemos e pouco ou nada podemos fazer para que seja diferente. Beijinhos. Gostei do género