https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

a vida e eu...

 

Open in new window




















a vida e eu...

O tempo marcou-me as feições
nas palavras deixo a mágoa
trago sonhos e ilusões

e os olhos rasos de água
pareço pássaro aturdido
com a luz do entardecer
por entre a folhagem escondido
vou deixando acontecer.

Trago a saudade no peito
como se fosse feitiço
para o qual não há jeito!
Assalta-me a qualquer hora
é viagem onde me perco e me invento
me alegro, entristeço,
e anoiteço,
quando de mim se assenhora.

E tudo em mim adormece
como se voltasse à infância
nesse tempo ainda cedo
onde nada tem importância
onde não existe o medo
onde se esquecem as horas
e não há marcas no rosto.

A vida tem de justo e injusto
traz a cada manhã nascida
o segredo dum novo dia
de amargor ou de alegria,
a vida é lâmina de punhal
onde ora estamos bem,
ora mal...
eu no sonho me penduro
esqueço o suor da corrida
desprendo-me do tempo
e dos invernos da vida.

rosafogo
natalia nuno


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1130
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
32
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 16/09/2012 22:01  Atualizado: 16/09/2012 22:01
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 14454
 Re: a vida e eu...
Boa tarde, Poetisa!

Versos tristes, mas linda poesia!
A vida é uma sucessão de situações, tristes, alegres e assim por diante!
Devemos tirar proveito de cada momento!
Parabéns pelo texto!
Bjos!
Open in new window


Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 16/09/2012 22:15  Atualizado: 16/09/2012 22:15
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: a vida e eu...P/ rosafogo
Olá Natália!

A vida passa e nada podemos fazer contra o tempo...mas, podemos sempre desfrutar cada momento como se fosse o último!

"Carpe diem"

Um beijinho de admiração pelo belo poema! Parabéns!

Felisbela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/09/2012 22:45  Atualizado: 16/09/2012 22:45
 Re: a vida e eu...
Belíssimo mulher....adorei!!! beijo a ti com admiração


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/09/2012 23:06  Atualizado: 16/09/2012 23:06
 Re: a vida e eu...
Viver não é simples. Por vezes só nos resta carregá-la aos ombros, como um fardo. Muito belo o seu poema. Parabéns, cara poetisa.


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 17/09/2012 01:54  Atualizado: 17/09/2012 01:54
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: a vida e eu...
Boa noite,Rosa!

Tudo passa,tudo muda... a vida e eu!

linda inspiração amiga amei!

beijos


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 17/09/2012 02:41  Atualizado: 17/09/2012 02:41
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: a vida e eu...
Amiga Poetisa
Natalia

Um poema cheio de nostalgia tua inspiração predileta.
É mesmo amiga, as vezes é preciso ficar pendurada no sonho e na esperança e esquecer os invernos da vida.
Belo poema como sempre!
Muito bom te ler amiga!
Bjinhos
Carol


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/09/2012 05:23  Atualizado: 17/09/2012 05:23
 Re: a vida e eu...
A vida passa demasiado depressa e ainda por cima deixa cravada no rosto as suas marcas. Temos que olha-las como belas tatuagens e exibi-las como um troféu desta passagem.

Mais um poema maravilhoso


Beijo azul


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/09/2012 12:27  Atualizado: 17/09/2012 12:27
 Re: a vida e eu...
um poema muito bonito

embora com laivos de dor

mas apresentado com beleza


parabéns pelo livro

força, rosafogo

um abraço


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 17/09/2012 13:37  Atualizado: 17/09/2012 13:37
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28180
 Re: a vida e eu...
A vida é bela, maravilhosa, bonita. Significa emoções e sentimentos, às vezes bons, e às vezes ruins, é o planejamento de um continuar, é como um relevo, com altos e baixos, nos momentos altos temos alegria e orgulho de nos mesmos. Nos momentos baixos temos a impressão de que o mundo esta desabando sobre nós como uma avalanche que não tem fim, a vida é repleta de diferenças. Afinal sem elas a vida não teria graça. A vida é o nosso viver, naturalmente tudo acontecer.

MAGIA DE POAMA


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/09/2012 15:31  Atualizado: 17/09/2012 15:31
 Re: a vida e eu...
Lindo querida Natália!

Já te falei que teus poemas falam... sinto as palavras que escreves como se falasses comigo.
Deve ser pela afinidade das lembranças que expressas, universais, que como emoções tocam a todos que vivem sentimentos semelhantes aos que descreves, nas imagens que crias com tanta maestria... e perfeição.

Tudo isso para , novamente, te dizer que adoro ler-te.

Parabéns e obrigada pelo deleite!

Bjs,

ALICE


Enviado por Tópico
BeatrizTrevisani
Publicado: 17/09/2012 15:52  Atualizado: 17/09/2012 15:52
Colaborador
Usuário desde: 10/06/2012
Localidade: Fortaleza-ce
Mensagens: 1480
 Re: a vida e eu...
De uma beleza maravilhosa esse poema
que retrata essa realidade crua que é a vida...
Sempre passamos por momentos que nos preenche
as vezes de alegria que nos deixa aquelas marcas e a saudade
e outras vezes a tristeza que amargura um pouco,
mais é isso que dá a graça da vida,
porque assim temos o doce sabor de lutar e
desejar a realização!
Adorei muito!
Um Grande Beijo Poetisa!


Enviado por Tópico
Affonso
Publicado: 17/09/2012 16:27  Atualizado: 17/09/2012 16:27
Colaborador
Usuário desde: 09/04/2011
Localidade:
Mensagens: 1145
 Re: a vida e eu...
Olá Rosafogo e Natália Nuno

se me permite a resposta.... segue abaixo. de resto só posso comentar que gostei muito do poema e trago este com uma visão poética um pouco diferente. meu abraço as autoras, Affonso


O tempo traz marcas
dos nossos sonhos
alguns alcançados
outros apenas ilusão

ao lembrar-nos
de tudo vivido
teremos olhos molhados
e nos confundimos
são lágrimas de alegria
ou desilusão

por tudo que realizamos
ou tudo que sonhamos
e escapou de nossas mãos
hoje saudade do que foi

jamais deixaremos de ser
o menino de ontem
a criança do amanhã
mas hoje talvez apenas
o homem perdido

mas nada de lamentar
a vida segue sempre
bobagem nossa achar
justiça ou injustiça


afinal o sol ainda se levanta
a cada dia renascemos
este sim é um milagre
o resto é brincadeira
deve ser apenas
Deus jogando seus dados


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/09/2012 19:04  Atualizado: 17/09/2012 19:04
 Re: a vida e eu...
Teus versos sempre belos!


Enviado por Tópico
AnaMartins
Publicado: 17/09/2012 19:12  Atualizado: 17/09/2012 19:12
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 2221
 Re: a vida e eu...
Sempre tão belo, apesar da tristeza da saudade.

E por falar nisso, beijinho com saudades!


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 18/09/2012 05:05  Atualizado: 18/09/2012 05:05
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: a vida e eu...
A vida em meio a arte, afrescos e versos.
É o que nnos oferece sempre. bj querida

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/09/2012 18:01  Atualizado: 18/09/2012 18:01
 Re: a vida e eu...
*Natalia amada amiga, sempre que leio-te eu saio do teu cantinho com algo bom acrescentado no peito.
Tu versas com uma transparência, com uma verdade. Eu te sinto e sinto teus sentires.
Tua escrita é reluzente e lição de VIDA PLENA para mim.
Beijo-te com muito carinho e admiração
Karinna*

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 28/10/2012 16:14  Atualizado: 28/10/2012 16:14
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8715
 Re: a vida e eu...
Boa tarde Rosa, sua personagem vivencia com muita intensidade, a plenitude desta nossa dualidade dialética, parabéns pelo seu contundente poema, um grande abraço, MJ.

Enviado por Tópico
Angela.Rolim
Publicado: 28/10/2012 16:44  Atualizado: 28/10/2012 16:44
Colaborador
Usuário desde: 11/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1162
 Re: a vida e eu...
Antes de tudo deixes que te diga da honra da tua presença em minha página, pela qual agradeço! Sabes, porque já te disse e me repito, que muito aprecio os teus poemas, sempre tão intensos e vindos da alma e este não é diferente, encanta pela arrebatadora força emotiva que carrega aliada a uma lindo bordado de palavras! Deixo-te um abraço com minha estima e admiração!