https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Longe, mas tão Perto.

 
Quando se ama o distante,
vive-se a morrer por esperar.
Longe, mas tão perto, a eternidade está em cada instante,
na expectativa da troca de um olhar.
Deseja-se todas as palavras não ouvidas,
e o passar de todas as vidas em que o amor
reside na realidade do sonhar.
No ecoar do tempo, o querer maior resiste,
certeza plena da alma a confiar.
Em mim o teu lugar existe, todos os caminhos te levam a me encontrar.
Mais um passo apenas, então a alegria suprema,
ao nosso alcance o verdadeiro amar.

 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
479
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/08/2015 19:59  Atualizado: 11/08/2015 19:59
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Longe, mas tão Perto.
Sentimentos que vem dos olhos, enfurecendo os sentidos de nosso ser, que o amor se veste dos nosso corpos, se amam.

Um poema apaixonante