https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

LOBO SOLITARIO

 
Oh... como sou sonhador!
Sonhei que era pastor
Lá no alto das montanhas.
Sonhei que afagava a Lua
Que a Via-Láctea era a rua
De felicidades tamanhas.

Mas sonhar é irrealidade
E para dizer a verdade
Passo dias de amargura.
Pela vida tenho respeito
E continuo sem direito
A uns momentos de ternura.

Bem longe vão os tempos
Em que na minha solidão
Tanto sonhava de amor.
Ficaram os sentimentos
Verdadeiros momentos
De grande esplendor.

Caminho em outra margens
De uma ribeira fantasma
Sem canoas e sem água.
Serei lobo solitário
Calarei meu calvário
E minhas grandes mágoas.

Procuro na madrugada
Uma rua sem morada
Para o meu amor abrigar.
Sem portas nem janelas,
Telhado feito de estrêlas
E uma mulher para amar.

E encontrar nos meus passos
O mais belo dos regaços
Onde pudesse divagar.
Nesse momento de ternura
Poder encontrar a ventura
Que continuo a procurar.

A. da fonseca





SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
5115
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 10/12/2007 18:13  Atualizado: 10/12/2007 18:13
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: LOBO SOLITARIO
Deu para ouvir os uivos deste lobo solitário
em busca do amor, fascinante teu poema!


Enviado por Tópico
marilda
Publicado: 30/01/2008 19:18  Atualizado: 30/01/2008 19:18
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2007
Localidade: Campinas /S.Paulo_Brasil
Mensagens: 138
 Re: LOBO SOLITARIO
Gostei muito desse seu modo de versejar.Intuitivo e sensível.Abraços...