https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Abutres

 
Porque se escondem os abutres?
Comem-nos a carne e os olhos
Depois seguem como se fossem andorinhas
Voando em céu azul
Sem milho, vestidas de renda branca
Porque se trajam?
Se nós morremos a cada dia
Nos cheiros nauseabundos dos centros de saúde
E dos hospitais públicos.
Amontoando-nos nos corredores da morte como pombos nos jardins da solidão sem guita para os remédios.
Vamos embalando já cegos os que abalam sem nada
Somos mofo de uma sociedade hipócrita
Com medo de nós mesmos e das palavras.
Pensamos que consumimos e somos consumidos
Pensamos que falamos e somos mudos
O corpo é de quem se oferece à morte sem retribuição e luz.

Como dizia o poeta…
Eles comem tudo
Eles comem tudo


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1845
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
8
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Xavier_Zarco
Publicado: 01/05/2013 11:03  Atualizado: 01/05/2013 11:03
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2008
Localidade:
Mensagens: 2253
 Re: Abutres
Cara Mim,
A este não podia resistir. Apesar de ter prometido a mim mesmo não comentar no Luso, quebro a promessa perante este teu trabalho. Gostei do ritmo que me fez lembrar a estruturação de alguns autores da geração beat, sobretudo Ginsberg, bem como de poetas sul-americanos da actualidade, como, por exemplo, o argentino Carlos Alberto Roldan, desta feita ao nível dos temas abordados. Muito bom ao nível da gestão do conteúdo e, sobretudo, o final, com o recurso ao intertexto, trazendo a voz de Zeca Afonso, o que cantou também temáticas que neste poema são mencionadas.
Tem força e, por isso, muito bom.
Um beijo
Xavier Zarco

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/05/2013 14:00  Atualizado: 01/05/2013 14:00
 Re: Abutres
Aplausos,Mim!

Teu poema tem força e realidade! Contagiante este clamor por justiça!

Favoritei!

Bj

Angelmar

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 01/05/2013 16:07  Atualizado: 01/05/2013 16:07
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: Abutres
Fantástico poema, de imagens fortes e mensagem clara. Gostei muito!

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 01/05/2013 16:42  Atualizado: 01/05/2013 16:42
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Abutres
Pois eu também gostei, me lembrei de Ary
e do Zeca,um poema de força... no entanto
eu acho que temos de renovar energias e lutar,
lutar sempre, olhar sempre em frente e ter aspirações
ainda que no-las queiram tirar.

Beijoca

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 01/05/2013 19:26  Atualizado: 01/05/2013 19:26
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Abutres
Mim,
Os abutres estão em toda parte.
Aqui no Brasil a realidade é a mesma
relada com maestria em teu pungente poema.
Bj

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 01/05/2013 20:25  Atualizado: 01/05/2013 20:25
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16127
 Re: Abutres
Poeta
Bela crítica!
Parabéns!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 01/05/2013 23:53  Atualizado: 01/05/2013 23:53
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Abutres
Interessante e bem montado!Aplaudindo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/10/2014 02:03  Atualizado: 22/10/2014 02:03
 Re: Abutres
«Somos mofo de uma sociedade hipócrita
Com medo de nós mesmos e das palavras.
Pensamos que consumimos e somos consumidos
Pensamos que falamos e somos mudos»


Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=246903#ixzz3GpatfKPm

n posso dizer ao contrário pq penso da mesma forma q vc, mas temos realmente q lutar,sempre!