https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cidade cinza

 
Tags:  homem    triste    cidade  
 
Cidade cinza

A aurora ja vem embassada pela fumaça
Nuvens cinzas encobrem o azul do ceu que lentamente se escassa
Os passaros migram em silencio de luto
Pelo ar funebre que jaz em acordo mutuo
Com a evoluçao que trabalha a todo vapor
O cinza agrega o interior do coraçao que nao reside o amor
O tempo anda junto com a ganancia que traz apatia no olhar da criança
Que vive no deserto de arranhaceus sufocando o verde da esperança
A terra seca folhas caem sem o sabor da brisa
E a prova que o homem conseguiu se igualar ao tom funebre da cidade cinza

 
Autor
vandin99
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2124
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
6
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 07/01/2015 20:09  Atualizado: 07/01/2015 20:09
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5321
 Re: cidade cinza
há quem consegue imprimir suas máculas em tudo o que toca. o homem possui essa caracteristica destruidora. gostei de ler.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/01/2015 21:07  Atualizado: 07/01/2015 21:07
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: cidade cinza
Se o ser homem não ter em sua inteligencia o verdadeiro olhar racional, se assim continuar destruindo o seu próprio habitar, de si não sobrará nem cinza.

Um poema inteligente de muita reflexão


Enviado por Tópico
marciocorrea
Publicado: 10/01/2015 05:22  Atualizado: 10/01/2015 05:22
Da casa!
Usuário desde: 30/10/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 374
 Re: cidade cinza
Me desculpe se lhe ofendo em lhe chamar assim, mas muleque, que texto lindo, e que leitura maravilhosa acabei de ter, espero que existam mais seres humanos feito você, se não houverem por favor os ensine que somos um todo dormindo em camas separadas,e a natureza faz parte de nós assim como fazemos dela. continue a escrever, gostei muito, parabéns pela mente evoluída e pelo texto magnífico.