https://www.poetris.com/
 
Trovas : 

Trova de Amor

 
Tags:  trova  
 
Trova de Amor

Ah! Minha senhor distante,
Bela donzela do aquém,
me calunia de tratante,
de triste, um "zé-ninguém"!

Ah! Minha bela senhor,
dama de todos meus sonhos,
Quando ditará amor,
de seus lábios risonhos?

Ah! Minha doce senhor,
Amada de coração,
Porque me dizeis traidor.
E me negais tanta paixão?


Triste Poet@
(João Loureiro)

Open in new window

Nota: No tempo do trovadorismo, não existia o feminino de "senhor"; era formado pelos pronomes adjuntos possessivos.
 
Autor
Triste.Poeta
 
Texto
Data
Leituras
1234
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
2
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 12/08/2015 12:32  Atualizado: 12/08/2015 12:32
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6839
 Re: Trova de Amor
Palavras rimadas lindas, que se completa nesse belo poema

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 24/03/2016 09:34  Atualizado: 24/03/2016 09:34
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3985
 Re: Trova de Amor

Belíssimo, poeta!
Parabéns!
Um beijinho!

*-*