https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amor de tarde clara

 
.

Open in new window






Amor de tarde clara
sob enramadas de estio.

Sandálias nos pés.
Teus cabelos cheirando a alecrim.

O cano da fonte.
Água que nasce de uma boca de bronze.
A sede se apaga.

Mas esta sede de ti!

Sede dos olhos que amam teus olhos.
Sede das mãos que enlaçam tuas mãos
Sede dos lábios que os teus procuram...

Sopra uma brisa perfumando o momento
e a água da fonte foge pelo canal.
 
Autor
Juanito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
384
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
6
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 14/02/2017 10:36  Atualizado: 14/02/2017 10:36
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Amor de tarde clara
Um amor que plena os mais belos sentimentos, simplesmente lindo


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 14/02/2017 12:48  Atualizado: 14/02/2017 12:49
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Amor de tarde clara/ Para Juanito
Quando estamos amando , a vida ao nosso redor nos lembra o ser amado. Como tão bem disse em teu poema, a água que a sede apaga, nos faz lembrar da sede que temos da pessoa amada.

Mas que o amor permaneça e não se vá como vão as águas em seu curso natural...rsrsrs

Amei poeta, você é o máximo!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/02/2017 21:06  Atualizado: 17/02/2017 21:06
 Re: Amor de tarde clara
*um refrigério ler uma escrita amorosa...
Aqui senti o frescor passional da paixão.
Abraçoka*