Poemas : 

Terra Amada

 
Tags:  alentejo    terra amada  
 
Terra amada

Quando vou ao Alentejo
Levo nas minhas bagagens
Um coração com desejo
De estar nessas paragens )Bis
Onde fui nascer um dia
De ver as lindas paisagens
Meu pensamento extasia

Tão longe eu estou de ti
Mas sempre a te recordar
Fico feliz por aí
Quando te vou visitar )Bis
Pisar essa terra amada
E tenho de te cantar
Até estar de abalada

Recordo o tempo passado
Dessa minha mocidade
Fico emocionado
Com uma grande saudade )Bis
Que me aperta o coração
E agora aqui na cidade
Recordo essa tradição

Não foi fácil te deixar
Com vinte anos de idade
Minha vida quis mudar
Tive essa oportunidade )Bis
Não pude então mais ficar
Tinha onde trabalhar
Me trouxe felicidade

José Matos 02.03.17
( Composto para cantar pelo seu autor )


José Matos


 
Autor
Josematos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1762
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.