https://www.poetris.com/
 
Contos -> Tristeza : 

Anjo do mal

 
Tags:  medo    desespero    cotidiano    pedofilia    indefeso  
 
Anjo do mal!

Num belo dia, em algum
Lugar o que era alegria
Tornou-se pesadelo sua
Alma começou a fenecer
Foi um louco que deixou
Cair sua máscara de bom
Moço trazendo desgosto
Profundo confundindo seu
Mundo infantil; sem saber
O que fazer entender por que
Aquilo estava acontecendo
Com ela; quantos sonhos
De cinderelas e príncipes.
Mas por ali passou um algoz
Mais veloz que um cometa
Rompendo rasgando suas
Vestes descobrindo –lhe
Sua nudez preservada...
Enchendo de vergonha,
Medo e dor. Sem entender
Aquele desabar! Agora
Vive ausente olhar distante
Lágrimas tantas sem saber
Nada a respeito de um
Inconsequente- Anjo do mal!


Mary Jun
08/4/17
Guarulhos,SP



Mary Jun

Um tema tão asqueroso na expectativa de dias melhores, que esses doentes tenham discernimento e deixe de fazer o mal para pessoas indefesas tão pequeninas. É um direito.Paz, alegria, brincadeira etc.
 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
883
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
14
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/04/2017 19:49  Atualizado: 09/04/2017 19:49
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: Anjo do mal
Um poema que se veste de sentimentos amargos onde os sentidos se procuram nos arredores onde tudo aconteceu


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 10/04/2017 01:04  Atualizado: 10/04/2017 01:04
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 7174
 Re: Anjo do mal
O mal nasce segundo os nossos atos e uma vez nata pode desmoronar a nossa felicidade e a dos outros.

Este belo poema exige a reflexão pra o bem estar social.

Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 10/04/2017 02:22  Atualizado: 10/04/2017 02:22
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9822
 Re: Anjo do mal
Boa noite Mary, nesta natureza dos humanos, pessoas mudam de procedimento como vento muda de sentido, e certamente nos afetam em certa medida com tais procedimentos dissonantes do que esperamos delas, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 10/04/2017 13:55  Atualizado: 10/04/2017 13:55
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Anjo do mal PARA MARY JUN
Sim, um tema asqueroso, porém, tão verdadeiro, realidade do sub mundo que precisa ser sanado do mundo em que vivemos destroçando tudo o que de bom a alma infantil possui.

Poema triste e necessário para a leitura.
Parabéns Mary Jun pela coragem em vivenciar essa dolorosa emoção ao escrever tal sofrimento da vida de muita gente. Se ao ler me emocionei, imagino você, que escreveu.

Bjinhos de esperança e paz!


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 10/04/2017 14:48  Atualizado: 10/04/2017 14:48
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 625
 Re: Anjo do mal
É preciso alertar, orientar, denunciar...é este o nosso papel!...
Quem fere ANJOS; fere ao SENHOR...Ninguém deveria atrever-se!...Minha cara poetisa...Amei!...Aplausos e beijos fraternos.


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 10/04/2017 21:05  Atualizado: 10/04/2017 21:05
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 3101
 Re: Anjo do mal
Estimada amiga, por vezes, infelizmente, passam esse anjo do mal por nossas vidas.

Meus parabéns pelo poema.

Um abraço.


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 13/04/2017 13:48  Atualizado: 13/04/2017 13:48
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4293
 Re: Anjo do mal P/Mary
Bom dia Mary,

Minha querida amiga, o que nos trazes aqui em versos, para mim, é algo de total imoralidade e só nos deverá merecer a inequívoca revolta e vontade no auxiliio para acabar com o crime de pedofilia.

Por mim, e sei que vou chocar outros ao dizê-lo frontalmente, uma pessoa capaz de conspurcar a inocência de uma criança, não merece viver.
É só pensar no poder de uma decisão da sociedade, se e quando a cada crime dessa natureza se aplicasse a pena de morte.
Sim, crimes prepertuados em crianças, principalmente de cariz sexual, devem ser punidos com a morte. Essas pessoas não devem viver, se não têm o critério necessário para não fazer mal a uma criança. As crianças são o futuro da Vida, são seres inocentes e ninguém tem o direito de lhes tocar.
Muitas crianças tornam-se adultos disfuncionais, pois nunca conseguiram ultrapassar a vergonha do que lhes fizeram, muitos chegam a sentir-se culpados por aquilo que o pedófilo lhes fez. Repensar, é indispensável repensar, muito seriamente, na solução para esse infame crime.

A tua partilha é muito valiosa, eu dou-te os parabéns pelo poema tão bem escrito.
Beijos
Eureka