https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Líquida Esmeralda

 
Levam-me as águas balsâmicas
Por mares nunca dantes navegados;
Em velocidades um tanto titânicas
Rumo ao meu amor do outro lado.

Singro águas volumosas e atlânticas
Com meu coração norteando o leste.
Vão e vem vagas gigantes e mecânicas
O sol lembra-me o anel que tu me deste.

Vejo o céu reverberando a esfera celeste
Ou o mar refletindo a azulina atmosfera
Não importa-me mais o que foi, é ou será.
Adiante eu vou e nada fará com que regresse.

E a quilha da nau vai rasgando o outro mundo
Mais desconhecido que o lado escuro da lua.
Descompassado, meu peito bate de saudades tua.
No mar parece que vejo tua face refletida no fundo.

A ânsia da espera me machuca e fere. Então choro.
Lágrimas salgadas minhas acrescem mágoas marítimas.
Assim deixo descobertas minhas verdades mais íntimas.
Peço que ao bom Deus que minha viagem termine... Logo.


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
293
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
14
5
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 29/07/2017 08:56  Atualizado: 29/07/2017 08:56
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1576
 Re: Líquida Esmeralda
Foi bem conseguido o teu poema.
Foste ligando cada quadra com a repetição de uma rima.
O tema da saudade, especialmente se associado ao amor, é comum. Mas tem de ser bem trabalhado.
Conseguiste-o com vocabulário rico, com linguagem clara, quase descritiva.
Gostei.

Abraço irmão.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 29/07/2017 11:56  Atualizado: 29/07/2017 11:56
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12405
 Re: Líquida Esmeralda P/Gyl
Líquida esmeralda que se bebe num fôlego rico de aroma
que deixa saudade, muito bonito! Abraço Vó


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 29/07/2017 13:44  Atualizado: 29/07/2017 13:44
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Líquida Esmeralda/ PARA GYL
Gyl, meu querido poeta e amigo, o teu poema a partir do título, é desses que embalam a leitura da gente, por conter palavras altamente poéticas, que raramente vemos nos poemas de hoje em dia.

Convencionou-se um certo despojamento aos versos atuais, que inclusive , gosto muito, mas sinto saudade e falta desses poemas que somente os grandes poetas são capazes.
Está visível nesse território das palavras, uma poesia que se ufana, entre mares "nunca dantes navegados" , lembrando a lírica iluminada dos portugueses, e as lágrimas, patrimônio universal dos que sentem e se emocionam.

Amei ...amei...amei...
Beijos de paixão


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/07/2017 13:54  Atualizado: 29/07/2017 13:54
 Re: Líquida Esmeralda
Bom dia!

Uau!
Lendo teus versos, quase senti a presença do "Gigante Adamastor"... e toda a tormenta de um mar bravio...
Foi muito bom passar por aqui...
Surpreendente!
Bjo


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 30/07/2017 20:53  Atualizado: 31/07/2017 10:42
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1358
 Re: Líquida Esmeralda
Poema de sentir: amor, distância e saudade. Em cada verso há amor. Em cada verso se vai em direcção ao amor e em cada verso uma distância que se ama em saudade. Tudo "rasga" tudo "navega" e na "esfera celeste" se busca...busca, viagem e encontro. No mar, se é barco e ilhéu, amor com distância. Aí um Deus, os astros e o coração nos dão a " Líquida Esmeralda". A chegada com o fortúnio do amor.
Poema de traço amoroso-navegante! Gostei de como exploras o mar e o amor. Belissimo poema. Parabéns.
Um abraço de "Líquida Esmeralda"


Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 02/08/2017 17:11  Atualizado: 02/08/2017 17:11
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 710
 Re: Líquida Esmeralda
O seu poema sugere uma narrativa, uma viagem em que imaginamos uma mulher a atravessar o oceano para se unir ao homem que ama. Poderia esgotar-se aqui o exercício de interpretação, não fossem as qualidades plásticas na apresentação do retrato da personagem e do espaço em que se encontra, visualmente muito apelativas e de grande delicadeza. Gostei muito.
Já agora, utilizou uma palavra de que muito gosto: "reverberar". É um verbo que sugere que algo existe no presente, mas apenas como reflexo de algo que passou. É um ótimo símbolo para tantas coisas que sentimos... E também é a tradução do nome de uma banda dinamarquesa de que gosto muito. Deixo aqui o vídeo de uma das minhas canções preferidas:


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/08/2017 14:49  Atualizado: 07/08/2017 14:49
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29136
 Re: Líquida Esmeralda
Os encanto que prolifera em teus maravilhosos poemas, lindo