https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eles nunca quiseram saber, mãe

 
Tags:  amor    dor  
 
Passaste fome, frio
E sabe-se lá mais o quê…
A roupa que lavaste no rio,
No rio Cávado, não era tua.
Eras uma criança carente de tudo;

Mas eles mãe…
…eles não quiseram saber.

Eras (só), mais uma daquelas crianças
Que nunca souberam
o que é ser-se criança;

mas eles mãe…
…eles não quiseram saber.

Nunca quiseram saber
se tinhas fome ou frio;
as palavras eram simples vocábulos
e o teu nome não constava da lista
da comarca;

mas eles mãe…
…eles nunca quiseram saber.

Hoje não passas de uma velha,
De uma idosa incapaz
A quem dão uma esmola
E falam de ti e, de outros como tu,
De boca cheia sem nada saberem
Mas eles mãe…
…eles não querem saber

Conceição Bernardino


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=263406 © Luso-Poemas


A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.
Aristóteles

meu Blog - http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Blog da Lavra...Boletim de Poesia - http://lavraboletimdepoesia.blogspot.com/

@cartascemremetente

 
Autor
Conceição Bernardino
 
Texto
Data
Leituras
456
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
5
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 31/07/2017 00:51  Atualizado: 31/07/2017 00:51
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2674
 Re: Eles nunca quiseram saber, mãe
São milhares de homens e mulheres no mundo, que nada querem saber. Melhor é a vida e mais cloridos os sonhos quando há amor e solidariedade.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 31/07/2017 01:50  Atualizado: 31/07/2017 01:50
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Eles nunca quiseram saber, mãe / Para Conceição Bernardino
Conceição amiga, transponho do sarau para tua página o comentário que fiz ao teu magnífico poema!


Ai...ai...Conceição, não pude conter as lágrimas ao ler tão delicada quanto profunda poesia de vida!

Eu que venho de uma origem bem pobre, tendo uma mãezinha em igual descrição a essa mãe do poema, senti-me representada no papel da filha, e a minha amada mãe, hoje em outros planos de vida, nessa figura linda, que retrataste tão bem, através dos versos.

M A R A V I L H A , dos céus !

Esse sarau, anda me emocionando cada vez mais, pelo conteúdo poético de grande qualidade que tenho visto por aqui.

Grande beijo!

Ah, ainda temos mais dias pela frente, poderás publicar mais duas pérolas das ostras do seu coração!

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 31/07/2017 18:10  Atualizado: 31/07/2017 18:10
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15173
 Re: Eles nunca quiseram saber, mãe
Terno e tocante texto. Aqui no Brasil estão tratando os aposentados dessa forma, Conceição. Um chamou-os de vagabundos o outro querem que trabalhem até a morte. Desse jeito: Eles não querem nem saber. Saudades da tua graça por aqui. Beijos!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/07/2017 18:11  Atualizado: 31/07/2017 18:11
 Re: Eles nunca quiseram saber, mãe
*creio que a indiferença e o egoismo sao devastadores.
Tua escrita sempre abrindo olhos, coraçoes e mentes.
Beijoka* de super fã

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 01/08/2017 13:09  Atualizado: 01/08/2017 13:09
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Eles nunca quiseram saber, mãe
Gosto poetisa da tua poesia, mas...continuo à espera de novos poemas teus, ao tempo que não os fazes...

Beijinhos