https://www.poetris.com/
Poemas : 

Canto verde

 
Distrai a manhã cingida
Com mimos e apelos saudosos
No ar o risco que desmorona os muros
Pintura de beleza e viço.
Correntes do mar, águas salgadas
Avançando nas passagens.
Cobrem os pés dos descalços e desvalidos.
Homens de mente ruidosa,
Cometem fiscos.
Calada e cercada de abelhas,
Descanso entre as folhagens.




Diana Balis

 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
199
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.