https://www.poetris.com/
Poemas : 

Sou, fui e serei

 

Eu sou
Não, tenha paciência
Tudo passa, mas vou continuar sendo
E não é coincidência;

É, eu sei que é ruim
Eu fui e sou, não posso negar
Não posso falar de algo assim
Eu fui capaz de me cooptar;

E não, não deixarei
Sou, fui e serei
Desisti, desisto e desistirei
Cansado e calado eu cansei;

Eu escolhi
E tenho prazer
Desfiz, desfaço e refaço
Cansei de olhar e dizer.

É, não tive muita chance
Sou ele sim
Destrua essa utopia
Foque apenas em mim

Eu sou
Seria se refizesse a história
Eu fui
Aquele que em momento algum decide a vitória

Fui, aquele que sabe regredir
Serei aquele doente chato
Canso da vida amarga
Da próxima chance que tarda
Enquanto ele aguarda
A cansada na calada
Em noite fria permanece

Peço desculpas
Mas é quem sou
É quem eu tentei ser
E daí se você cansou?

Eu ainda vou perseguir
E tenho orgulho em tê-lo
Eu estou aqui
E sou meu pior pesadelo...









Poesia feita pelo poeta Silvandi Targino


Rafael Carneiro


 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.